materiais para artesanato em feltro

7 materiais essenciais para você fazer artesanato em feltro

Para desenvolver o lado empreendedor da sua paixão por arte, é preciso aprender a trabalhar de forma profissional. Por isso, se você for adepta à modalidade, merece saber quais são os materiais para artesanato em feltro mais adequados.

Com os produtos certos, suas peças em feltro terão um nível bem maior de qualidade e acabamento. E esses, por sinal, são aspectos cruciais para agregar valor às suas produções e garantir boas vendas e encomendas.

A seguir, você vai conferir os 7 principais materiais para fazer confecções com profissionalismo. Acompanhe!

 

>> Saiba a importância dos cursos ao vivo e online para sua carreira! Clique aqui!

1. Feltro

O material principal é o feltro, um Tecido Não Tecido (TNT) produzido por fibras, em um processo conhecido como calandragem. Antes, o produto era feito apenas com fibra de lã pura, mas, com os avanços tecnológicos, as alternativas sintéticas permitem uma variedade maior de espessuras e também de tonalidades.

Quando você for comprar o seu feltro, preste bastante atenção em três fatores especiais:

  • resistência: a qualidade varia muito de fabricante e é importante testar se o feltro é de fato resistente. Isso porque, se ele lacear muito, é mais propenso a deformar depois da peça pronta;
  • espessura: o feltro mais grosso costuma ser mais vantajoso para o trabalho e o resultado das peças artesanais, pois ele esconde melhor o enchimento ou o que está por trás, proporcionando melhor acabamento;
  • qualidade: independentemente do lado usado do feltro, sua face mais felpuda ou a mais lisa, o material precisa ser de qualidade para não comprometer a durabilidade das peças confeccionadas com ele.

Além das características físicas do material, você também pode escolher entre uma variedade de feltros que o mercado oferece:

  • feltro liso: geralmente tem uma gramatura mais lisa e é o mais usado e indicado para artesanato, desde a base das peças até seus detalhes e acabamentos;
  • feltro mesclado: mais exclusivo, esse é um feltro um pouco mais caro, mas que apresenta uma superfície diferenciada, com a mistura de fibras brancas e coloridas. Também é um pouco mais áspero e grosso e, dependendo da tonalidade, assemelha-se ao moletom mescla ou ao jeans;
  • feltro estampado: graças à tecnologia, hoje é possível encontrar feltros com estampas variadas, com listras, poás, bichinhos e outros temas. São ideais para compor peças com o feltro liso;
  • feltro com brilho: requer um pouco mais de investimento, mas é ideal para pequenos detalhes, uma vez que o glitter agrega valor ao acabamento final das peças.

2. Linhas

Por falar em acabamento, as linhas são parte importantíssima dos materiais para artesanato em feltro. Afinal, elas ficam expostas na maioria das peças, principalmente em sua costura externa. Logo, as mais recomendadas são as meadas e a pesponto — elas são mais finas e delicadas que a linha de crochê, mas igualmente firmes, deixando o trabalho mais delicado.

Powered by Rock Convert

Contudo, nada impede que você utilize também a linha de crochê, ou até mesmo o retrós de linha de costura normal. Se quiser um resultado mais discreto, vale apostar na linha simples e que segue a mesma cor do seu feltro.

3. Tesouras

Sem segredos, as tesouras usadas nesse tipo de artesanato são as comuns, já que o feltro é um material fácil de cortar. No entanto, é preciso ter cuidado, pois você não deve cortar o feltro junto ao molde — geralmente em papel —, porque isso pode cegar a lâmina mais rapidamente. Logo, o melhor a se fazer é, primeiro, riscar o feltro e, só depois, cortá-lo sozinho.

Para otimizar seu trabalho, é interessante ter tamanhos diferentes de tesoura, de acordo com a dimensão das suas peças. Assim, se você quiser cortar moldes menores, não vai ter dificuldade em realizar os contornos com mais precisão.

4. Agulhas

Outra ferramenta importante e que atinge diretamente o resultado final do seu artesanato em feltro é a agulha utilizada para fazer as junções das peças e dar acabamento. A ideia, aqui, é ter diferentes tamanhos, assim como no caso das tesouras. Dessa maneira, você trabalha com mais conforto de acordo com as dimensões dos moldes e não perde o alinhamento da costura.

5. Colas

Para ajudar no acabamento dos seus produtos em feltro, utilize a cola quente ou a cola universal. Elas são ótimas para dar junção a pequenos detalhes sem sujeira e sem demora. Lembre-se apenas de aplicar aos poucos e em pequenas quantidades para não danificar a peça ou borrar o feltro.

6. Termolina leitosa

Esse produto é um verniz utilizado para impermeabilizar tecido, comumente usado em técnicas de decupagem. Entretanto, ele também é um material bem-vindo para proteger as costuras e os bordados das suas peças em feltro.

Como o resultado após a secagem é incolor e ele é solúvel em água — também sai com a lavagem —, você otimiza seus trabalhos e entrega mais qualidade aos produtos. Porém, é bom lembrar que esse material altera o visual das peças, uma vez que retira o aspecto felpudo do feltro após sua aplicação.

7. Enchimentos

Para preencher as peças feitas com feltro, você vai precisar de enchimentos adequados. No mercado, o que mais se vê é o uso da fibra siliconada, pois ela não mofa e não oferece riscos à saúde — nem do artesão, nem do cliente. Porém, é possível investir em alternativas, dando mais versatilidade e variedade às propostas e acabamentos:

  • manta acrílica: é usada para revestir peças que precisam de um certo tipo de estofado, como guirlandas ou almofadas. Apresenta uma camada de resina que, ativada com o calor do ferro de passar, cola-se ao feltro. Existem as mantas R1, com um lado colante, e as mantas R2, em que é possível colar as duas faces;
  • manta pack: é mais usada em estofados internos, como em bolsas, mochilas, cases e estojos. Por ser mais estruturada, dá um efeito mais durinho e é ideal para fazer detalhes em 3D;
  • forrobel: esse tipo de manta é feito de poliéster, logo, é mais macio e estruturado, parecendo um feltro mais encorpado. Para conseguir diferentes resultados, é só variar na quantidade de camadas utilizadas;
  • E.V.A.: as folhas de E.V.A. (Etil Vinil Acetato, ou resina emborrachada termoplástica) também podem ser usadas como enchimento de feltro, substituindo mantas acrílicas e ferrobel de um jeito mais econômico. O material não dá um efeito estofado como as outras opções, mas é ideal para estruturar detalhes e peças menores.

Se você se dedicar ao trabalho e ter em mãos os materiais para artesanato em feltro adequados, com certeza vai conseguir ótimos resultados em suas peças. E isso, é claro, significa produtos de qualidade que atraem mais clientes! Além de optar por itens de qualidade na hora da confecção, também cuide de dominar as técnicas para otimizar constantemente suas artes.

Gostou do que aprendeu neste post? Não pare por aqui! Amplie seu leque de produtos e conheça mais tendências de artesanato!

Powered by Rock Convert

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!




    Fale o que você pensa

    O seu endereço de e-mail não será publicado.