Guia Completo: como fazer amigurumi para vender?

Já imaginou “colocar a mão na massa” e fazer amigurumi para vender? Se você é uma pessoa familiarizada com o universo do DIY (Do It Yourself), já deve saber que esta é uma das grandes tendências do momento

Queridinho em outros países, esse tipo de boneco chegou recentemente ao Brasil e, desde então, está conquistando pessoas de todos os estilos. Há, por exemplo, as versões excelentes para decorar os quartos de bebês, salas de maternidades e outros ambientes charmosos, repletos de sofisticação. Assim, este é um ótimo momento para que você se aprofunde nessa febre, pratique as suas habilidades de artesanato e conquiste um amplo público. 

Mas, para tanto, é necessário tomar algumas precauções, como conhecer o seu nicho e entender o passo a passo para confeccionar um amigurumi. E, a parte boa é que vamos te ajudar ao longo dessa trajetória. Neste post, explore tudo sobre esse segmento e aprenda como conquistar uma renda extra!

Afinal, o que é esse tal de amigurumi? 

Não tem jeito: toda pessoa que gosta de uma decoração fofa e delicada, certamente, se apaixona pela tendência dos amigurumis. Aliás, a confecção deste bonequinho, tão charmoso, tem sido uma ótima solução para quem deseja aprimorar as suas habilidades no artesanato e até garantir uma renda extra no fim do mês. 

Porém, antes de conferir o passo a passo para produzir o seu, é necessário mergulhar profundamente neste conceito. Para quem não sabe, o termo consiste na união de duas palavras japonesas. “Ami”, que significa tricô ou malha; e “nuigurumi”, que diz respeito aos bichinhos de pelúcia. Desse modo, ao juntar os termos temos uma espécie de boneco, só que feito em tricô ou malha. 

Com tal técnica, os artesãos conseguem criar os mais variados modelos decorativos, indo desde bichos delicados, até bonecas e imitações de personagens famosos. Dependendo de seu talento e facilidade na confecção, ainda há a possibilidade de desenvolver versões personalizadas, conforme o gosto e as necessidades de cada cliente. Bem interessante!

como fazer amigurumi

Qual a história do amigurumi? 

Quem vê os amigurumis hoje, não imagina que essa técnica é antiga. Isso mesmo! Ao que tudo indica, os primeiros bonequinhos produzidos seguindo esse conceito surgiram ainda nos anos 1980, no Japão. 

Naquela época, e com o desenvolvimento da cultura kawaii, diversas revistas populares começaram a publicar em suas edições variadas “receitas” de como fazer um amigurumi. 

Com isso, em um piscar de olhos o público teve conhecimento desse tipo de produção e, aos poucos, passou a aprendê-la detalhadamente. Hoje, existem vários modelos desse bonequinho — tão charmoso — por aí. Te contamos já quais são eles. 

  • Amigurumi para bebês: são versões extremamente fofas e desenvolvidas especialmente para acalmar os recém-nascidos. Elas podem ser feitas em vários modelos, dependendo das preferências dos pais; 

  • Amigurumi para colecionador: para os amantes dos desenhos em quadrinhos, filmes e séries de TV, também existem os bonecos que imitam certos personagens. Esse é o caso do Ursinho Pooh, do elenco de Star Wars e até do universo da Disney;

  • Amigurumi para decoração: como não poderia ser diferente, há também belíssimas opções para quem gosta de criar um décor caprichado. Aqui, estamos falando de bonequinhos que imitam bichos de estimação ou, até mesmo, membros da própria família. Um sucesso!

Quais são os benefícios de fazer amigurumi para vender?

Além de ser uma tendência no setor de decoração e artesanato, fazer amigurumi para vender é uma prática que oferecerá vários benefícios para o dia a dia do artesão. Vamos descobrir quais são eles!

amigurumi para vender

É uma boa opção para combater o estresse e a ansiedade 

Ao realizar a técnica de produção do amigurumi, você conseguirá promover um verdadeiro “detox mental”. Assim, será possível ficar com o corpo e a mente relaxados, longe dos problemas típicos do dia a dia. 

O artesanato ainda é conhecido por diminuir a pressão na corrente sanguínea e liberar diferentes hormônios no organismo. Entre eles, a dopamina e a serotonina — substâncias excelentes para garantir a sensação de bem-estar. 

A sua concentração ficará muito melhor 

Certamente fazer amigurumi exigirá do artesão muito mais atenção e dedicação aos detalhes. Desse modo, a prática é ideal para pessoas agitadas demais e que precisam melhorar o foco em suas atividades. 

As articulações das mãos serão fortalecidas

Para alcançar um boneco perfeito, o artesão precisa fazer uma série de movimentos com as mãos. A longo prazo, esse exercício fará com que as ligações presentes entre os ossos permaneçam sempre lubrificadas. Consequentemente, as suas articulações também se tornarão mais fortes e será mais fácil se prevenir contra o envelhecimento precoce. 

É uma prática prazerosa e que rende bons lucros

Muito além de ser uma “modinha”, o amigurumi é um estilo de artesanato que veio para ficar. Daqui para frente, cada vez mais as pessoas estarão em busca de bichos e bonecos que sigam essa estética.

Em paralelo, você conseguirá criar itens belíssimos, cuidar da mente e, de quebra, colher bons lucros financeiros com as suas vendas. De acordo com o sucesso, ainda será possível considerar abrir um ateliê no futuro. Quem sabe?

fazer amigurumi pra vender

Quais são as informações necessárias para quem é iniciante?

Quem nunca experimentou fazer amigurumi para vender, pode acreditar que esse processo é difícil e extremamente trabalhoso. Porém, muita calma nessa hora! Com cuidados — e alguns truques — é possível tornar cada etapa mais fácil. Para isso, vamos te apresentar algumas informações básicas e que farão toda a diferença em seu desempenho. 

Conheça os pontos de crochê 

O amigurumi consiste em um bonequinho feito em crochê. Nesse caso, o ponto mais utilizado durante o trabalho é o conhecido como “correntinha” — uma técnica simples e que lembra bastante as tramas das tranças de cabelo. 

Durante a sua produção, ainda será possível optar por diferentes estilos de ponto, como aqueles mais abertos e outros fechadinhos. Tudo dependerá do tipo de agulha e linha utilizados. 

Tenha tranquilidade ao costurar

Não é raro encontrar pessoas que ficam inseguras na etapa da costura do amigurumi. Caso você seja uma delas, não se preocupe! Uma dica infalível para acertar nessa fase é prender, com a ajuda de alfinetes, todos os pontos da peça que deverão ser costurados. 

Isso te ajudará a ter uma ideia de como ficará o resultado depois de finalizado. O truque também é válido para que o artesão consiga posicionar bem as orelhas e bracinhos, sem que eles fiquem tortos.

Pratique diferentes receitas de amigurumi

Com o propósito de garantir produções bem certeiras, os artesãos mais especializados em fazer amigurumi para vender costumam utilizar “receitas” dessa técnica. De modo geral, são métodos prontos, que podem ser encontrados em vários canais da internet, como no próprio YouTube ou Pinterest. 

Para quem está começando, a recomendação é praticar bastante as opções disponibilizadas online e gratuitamente. Posteriormente, se sentir a necessidade, ainda é possível adquirir receitas em sites pagos. Esse é o caso das opções comercializadas no Etsy. 

Bônus! Boa parte dessas receitas pode ser encontrada em outras línguas. Inglês, espanhol e até russo ou japonês estão nessa lista. Detalhe que pode dificultar o entendimento do seu passo a passo. Para solucionar, considere utilizar plataformas próprias de tradução. Dentre as mais indicadas, o Google Tradutor está no topo do ranking. 

fazer amigurumi para vender

Como fazer amigurumi para vender? O passo a passo infalível!

Após conhecer os diferenciais dessa alternativa, você já deve estar se planejando para fazer amigurumi para vender. Porém, por onde começar? Quais são os materiais necessários ao longo do processo? É claro que vamos te auxiliar nessa tarefa. Confira as nossas recomendações especiais.

Materiais necessários para fazer os amigurumis

Todo artesão precisa contar com um conjunto completo de materiais para garantir um amigurumi esteticamente bonito e com um resultado profissional. A parte boa? São poucos os itens exigidos para esse trabalho. A seguir, contamos mais sobre eles.

Agulhas 

Para começar, é importante investir em boas agulhas. No mercado, existe uma infinidade de opções e a principal indicação é escolher o modelo mais confortável para a sua mão. 

Lembre-se: a técnica do crochê é demorada e você passará horas e horas manuseando a ferramenta. Todo cuidado nessa escolha é pouco! 

Um detalhe valioso: o tamanho da agulha selecionada também determinará as dimensões do seu amigurumi. Isso acontece porque os acessórios maiores ajudam a desenvolver peças de grande volume. 

Linhas

Outro cuidado fundamental ao fazer amigurumi para vender é escolher muito bem as linhas. Para quem ainda é “marinheira de primeira viagem” nessa técnica, o melhor caminho é utilizar uma linha de espessura maior.

Isso tornará o seu trabalho mais fácil e prático. Nessa categoria, invista ainda nas versões de algodão, como também, nos barbantes. Ambas as alternativas são confortáveis e excelentes para a produção dos famosos “pontos baixos”. 

E mais! A tonalidade da linha também é um diferencial. No começo de sua trajetória como artesã de amigurumi, prefira utilizar os modelos de cor clara, como o branco, o bege, o lilás, o amarelo e o rosa bebê. Esse detalhe permitirá que os pontos sejam visualizados com assertividade e eficiência.

Enchimentos

Para ter aquele visual charmoso, leve e fofinho, o amigurumi precisa de um bom enchimento. Para obter esse efeito, a fibra siliconada é a opção mais indicada. De aspecto macio e soltinho, esse material fará com que o boneco ganhe forma e, logo, seja mais atrativo aos clientes. 

Fora isso, outra possibilidade é substituir a fibra siliconada pela lã. No entanto, você deverá utilizar uma quantidade maior desse componente para conseguir preencher a peça completamente. 

Detalhes para o acabamento

Quem nunca ouviu por aí que “os detalhes fazem toda a diferença”? Pois saiba, que em se tratando de fazer amigurumi para vender, essa frase faz muito sentido. 

Ainda que o acabamento seja algo bastante pessoal, ele é imprescindível e deve ser pensado com carinho. Para que a sua criação tenha vida e encante o público, não deixe de incluir olhinhos, nariz, boca e outros elementos capazes de se destacar. 

Tais detalhes podem ser integrados na peça de várias maneiras: utilizando materiais próprios do artesanato, ou então, com outros objetos. As pérolas de base reta cumprem bem essa função. 

fazer amigurumi para vender

O passo a passo para confeccionar um amigurumi perfeito

Existem várias receitas de amigurumi por aí. Umas, complexas e supertrabalhosas; enquanto outras, são ideias para os iniciantes. Seja como for, para começar o seu trabalho será necessário saber como fazer o ponto de crochê “correntinha”. A partir dessa etapa, você já conseguirá “pegar o jeito” e desenvolver o restante da peça. Espia só!

  • Passo 1: estique bem a ponta da linha e faça uma volta; 

  • Passo 2: transpasse dois dedos pela parte de dentro da linha. Depois, dê um puxão. Esse movimento é excelente para criar um nó; 

  • Passo 3: posicione a agulha dentro da sua volta. Puxe a linha até a sua extremidade. A ideia é fazer com que o nó fique bem perto da agulha; 

  • Passo 4: para iniciar o formato de correntinha, segure a ponta da linha que ficou solta. Com a outra mão, comece a fazer os movimentos com a agulha de crochê;

  • Passo 5: coloque o gancho da agulha na sua frente. Simultaneamente, segure a linha com os seus dedos. Passe a agulha por baixo e dê a volta com a linha, puxando o nó para a parte de dentro;

  • Passo 6: assim que aprender esse ponto, você poderá continuar o restante do trabalho. 

Para entender melhor, veja o vídeo do YouTube que separamos para você:

https://youtube.com/watch?v=QxrJACWjWK4

Entre no mundo do artesanato com a eduK!

Como vimos neste Guia Completo, fazer amigurumi para vender é uma solução incrível. E o melhor: qualquer pessoa pode começar a realizar essa atividade — por hobby ou como uma maneira de começar um novo negócio. 

Agora que você já se aprofundou no assunto, o que acha de começar a se especializar? Na eduK, é possível encontrar diversos cursos exclusivos sobre amigurumi para que o aluno aprenda essa técnica japonesa do zero. 

São aulas práticas, ricas em conteúdo e que podem ser feitas 100% online, de onde você estiver. Aproveite! Acesse agora mesmo a nossa plataforma, faça o seu cadastro e explore essa oportunidade. Temos certeza de que os resultados serão fantásticos!

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!




    Fale o que você pensa

    O seu endereço de e-mail não será publicado.