confeccionando máscara de tecido para vender.

Vai fazer máscara de tecido para vender? Veja quais cuidados tomar

A máscara individual é um equipamento de proteção essencial no combate ao novo coronavírus. Como as descartáveis são destinadas prioritariamente aos profissionais da saúde, o jeito é utilizar máscara de tecido no dia a dia. Devido à alta procura, inclusive, esse é um produto que tem gerado ótimas oportunidades de vendas.

Temos visto muita gente fazendo máscaras caseiras por aí e várias pessoas estão confeccionando versões para comercializar. Acontece que essa produção requer certos cuidados, fundamentais na efetividade da peça e na luta contra a COVID-19, é claro.

Veja, a seguir, quais são as principais medidas a serem tomadas ao confeccionar máscara de tecido!

Limpe a superfície de trabalho

Os seus clientes vão comprar sua máscara para proteção, logo, confiam no seu produto e esperam que ele seja seguro. Nesse sentido, ao confeccionar as peças, tenha cuidado redobrado com a limpeza do seu ambiente de trabalho.

A superfície da mesa, principalmente, deve ser limpa com algum produto de desinfecção, como o álcool 70%. Se possível, também é importante que a máscara de tecido seja lavada com água e sabão e passada a ferro quente antes da venda. Isso minimiza riscos de alergias e oferece mais segurança no uso.

Utilize materiais resistentes

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde recomendam a máscara de tecido. Contudo, os materiais com eficácia na filtragem de partículas virais são:

  • algodão;
  • cotton (composto de poliéster e algodão);
  • tecido antimicrobiano, usado em fronhas e lençóis;
  • tecido de saco de aspirador.

A Universidade de São Paulo (USP) desenvolveu testes que apontam o TNT como boa alternativa de proteção, porém, ele não deve ser reutilizado — já que repele água e não pode ser lavado. As máscaras de algodão, em contrapartida, conseguem ser reaproveitadas após uma lavagem adequada.

Pesquisas da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, também analisaram a capacidade de filtragem de tecidos e aprovaram a combinação de algodão com seda natural ou chiffon (aquele utilizado em vestidos de festa). Aliás, independentemente do material, a recomendação é colocar duas camadas, para ampliar o grau de proteção.

Faça uma máscara que cubra nariz e boca

A modelagem da máscara também é outro cuidado fundamental, uma vez que ela deve cobrir corretamente todo o nariz e a boca do usuário. Dessa forma, é interessante confeccionar tamanhos diferentes, que atendam crianças e adultos.

Essa medida ainda abre margem para que você personalize seus produtos, criando versões femininas, masculinas e infantis ou até mesmo kits para toda a família. Também é possível variar no estilo, mas sempre respeitando a dimensão adequada para cobertura da face.

Atente ao tamanho das tiras da orelha

Além da cobertura em tecido, outro detalhe importante é a tira da máscara, que garante sua fixação segura no rosto. As tiras de orelha em elástico são muito práticas, desde que o material não agrida a pele do usuário. Também dá para confeccionar modelagens de amarração traseira, promovendo mais conforto a quem necessita do uso diário.

De qualquer maneira, cuide para que as tiras sejam sempre delicadas e confortáveis sem deixar de serem firmes. Assim, as pessoas evitam colocar as mãos na superfície da máscara, a fim de ajustá-la ao rosto a todo momento.

Escolha as embalagens de entrega certas

Máscaras prontas, é hora de realizar as entregas. Nesse momento, também é essencial ter cuidado com a embalagem, já que o produto deve chegar ao cliente sem nenhuma contaminação.

Vale a pena, então, apostar em materiais descartáveis, que protejam a peça e que possam ser jogados fora assim que a pessoa a receber o produto. Outra ideia bacana e que agrega valor é a informação. Logo, coloque na embalagem um tutorial de como lavar a peça, do que ela foi feita e como deve ser usada, por exemplo.

Para que suas vendas sejam um sucesso, também vale investir em capacitação. Portanto, não deixe de fazer cursos para aprender a confeccionar máscaras de qualidade e seguras, realmente eficazes no combate ao novo coronavírus. A eduK ajuda nesse contexto com os seus cursos de máscara de tecido e também com um e-book completinho sobre seu uso e confecção.

Gostou? Agora, aproveite a visita para entrar em contato conosco e conhecer a variedade de cursos que oferecemos. Quem sabe essa não é a oportunidade de aprimorar seus conhecimentos ou aprender uma nova habilidade para gerar renda, hein?

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!