mercado de beleza

Conheça as 8 principais tendências do mercado de beleza

Enquanto diversos setores da economia seguem enfrentando uma crise de faturamento, o mercado de beleza permanece pleno — e em franco crescimento. Para o ano de 2020, as expectativas são de 14% de crescimento. Só no primeiro trimestre de 2019, essa evolução ficou em 10,64% a mais que no ano anterior. E pode apostar que o motivo para isso vai muito além da conhecida vaidade dos brasileiros.

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria da Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosmética (ABIHPEC), o Brasil é o quarto maior consumidor de itens de beleza do mundo, além de ser o terceiro país que mais investe em novidades e o primeiro quando se refere à publicidade no setor. Na prática, há mais ofertas de emprego na área e mais opções para o consumo.

Com tantos investimentos em produtos e serviços, o mercado de beleza hoje está cada vez mais inclusivo, com criações para os mais diversos tipos de beleza, deixando de invocar padrões e valorizando o que é real. Além disso, as indústrias têm olhado mais para as preocupações com o mundo na hora de fazer seus lançamentos. Fique com a gente para saber de todas as novidades!

Quais as últimas tendências para o mercado de beleza?

Tecnologia, inclusão, sustentabilidade e veganismo. Esses quatro pilares têm dado o tom das últimas tendências para o mercado de beleza. A seguir, listamos as principais novidades que merecem sua atenção e podem ser boa fonte de faturamento para 2020. Vamos lá?

1. Foco em sustentabilidade

Você já parou para pensar nos materiais altamente poluentes que fazem parte da composição de shampoos, cremes e sabonetes? Se ainda não pensou, saiba que muita gente já.

Por isso, existe muita movimentação nessa indústria para produtos livres de parabenos, petrolatos e sulfato, como os shampoos em barra e produtos low e no poo. Além disso, existe a preocupação em reduzir o tempo no banho, para consumir menos água e energia, com cremes com ação mais rápida, por exemplo. 

A indústria verde, que preza pela sustentabilidade, luta contra preços mais caros e também contra o greenwashing, prática de produtos que se dizem sustentáveis, mas não fazem nada de fato pelo meio ambiente.

2. Produtos inclusivos

Desde que a internet deu voz a todos, não faz mais sentido seguir padrões de beleza. Há um forte movimento de autoaceitação, seja quanto a cabelo, peso ou cor da pele. Os profissionais especializados em cabelos crespos se multiplicaram, aperfeiçoando cada vez mais os cortes. Também inúmeros itens de maquiagem para os mais diversos tons de pele surgiram e seguem cada vez mais fortes no mercado.

3. Beleza unissex

Homens têm todo o direito de serem tão vaidosos quanto as mulheres. E por que não partilhar dos mesmos produtos? A ideia dos produtos unissex é deixar de lado questões de gênero para celebrar a vida de uma maneira mais ampla.

Atualmente, já existem diversos perfumes que podem ser compartilhados, com marcas que fazem maquiagem pensando no homem e na mulher, como um corretivo capaz de cobrir uma espinha ou um machucado de barba.

4. Transição capilar

Há pouco tempo, muitas mulheres com cabelos afro ou cacheados se submetiam a alisamentos e progressivas para ostentar um cabelo liso — e padrão. Com a autoaceitação sendo ressignificada, ser o mais natural possível virou o novo padrão. 

Desde então, muitas dessas mulheres estão em transição capilar, que é o período de tempo em que o cabelo vai perdendo a química e voltando a ser como sempre foi. Nessa fase, é preciso investir em hidratações, cortes e produtos para modelar os fios. Uma vez que o movimento da transição ganhou muitas adeptas, o mercado de beleza também se beneficiou.

5. Realidade aumentada

Chegar em uma loja e experimentar diversos batons ou sombras é um jeito antigo de se testar maquiagem. Para quem compra online ou mesmo quer chegar à loja física com mais certeza, pode baixar um app que ajuda na decisão ou fazer isso em totens na própria loja, como a Sephora disponibiliza o aplicativo Visual Artist.

6. Telas interativas

Muitas lojas têm apostado na experiência do cliente com telas interativas, na qual você mesmo descobre mais sobre o produto sem precisar dar satisfação a um atendente. A rede de lojas Macy’s desenvolveu um display no qual o cliente sente o cheiro do perfume e a tela já mostra informações sobre o produto.

7. Cosméticos personalizados

O motivo pelo qual você tem acne, por exemplo, é algo pessoal, que não se repete com mais pessoas, seja por questões hormonais, alimentação ou estresse. Nesse sentido, seria mais vantajoso usar um cosmético personalizado, certo?

A ideia é customizar produtos únicos, muitas vezes mais naturais do que os industrializados, que atendam a real necessidade do cliente.

8. Veganismo

Assim como na alimentação, são cada vez mais frequentes os cosméticos feitos a partir de ingredientes naturais, sem nada de origem animal na composição e, claro, sem testes feitos em bichos. A tendência aqui é sempre alertar a população sobre os abusos cometidos contra animais, focando em um comércio mais consciente.

E quanto aos produtos inusitados?

Com certeza as tendências citadas já fazem parte da sua realidade ou, pelo menos, você já as conhece um pouco. Mas ainda há novidades bem inusitadas, que prometem resolver problemas que muita gente desconhece. É o mercado de beleza se reinventando de novo. Confira!

Creme anti-wifi

Nossa pele pode ficar mais sensibilizada por conta das ondas do wifi, conhecida como poluição eletromagnética. Por isso, já existe o creme anti-wifi para proteger a pele.

Perfume hidratante e antipoluição

Já está sendo desenvolvido um perfume em espuma que hidrata e protege a pele contra a poluição — cosméticos multifuncionais para perdermos menos tempo nos cuidados diários.

Spray para dormir bem

Todo mundo sabe que o sono é restaurador e uma necessidade para acordar bem no dia seguinte. Assim, foi desenvolvido um spray (para o lençol ou para o ambiente) que facilita o relaxamento para noites bem dormidas.

Chip capilar

Problemas capilares nem sempre são simples de resolver. Por isso, foi desenvolvido um chip para testes genéticos, que traz resultados acertados sobre queda de cabelo, caspa, calvície, etc.

Com investimentos em inovação e publicidade, o mercado de beleza não para de se reinventar e trazer novidades que resolvem problemas que, pouco a pouco, estamos conhecendo. Se você trabalha no setor, é essencial entender o que está chegando e trazer parte das novidades ao dia a dia dos seus clientes.

Gostou de saber sobre este mercado tão incrível? Continue em nosso blog e conheça ideias criativas de como ganhar dinheiro!

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!




Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.