plano de negócios

Como realizar estrategicamente um plano de negócios para sua empresa

Realizar um plano de negócios pode ser tudo o que sua empresa está precisando nesse momento para garantir o sucesso. Essa estratégia é importante para qualquer empreendimento, desde o que está começando, até aquele com mais tempo no mercado.

Acontece que, sem um planejamento, é bem mais complicado direcionar as suas ações para que as metas e os objetivos traçados sejam realmente alcançados. Além disso, a ausência de um plano é um dos principais fatores que conduzem um negócio à falência.

Por esse motivo, neste post, vamos explicar a importância desse documento e mostrar como você pode realizá-lo. Acompanhe e descubra!

O que é um plano de negócios?

Um plano de negócios nada mais é que um documento no qual são detalhados todos os componentes importantes para a sua empresa, tal como os seus objetivos, metas, visão, missão, valores, entre outros.

Ele é importante pois permite identificar os pontos positivos e negativos de um empreendimento, o que é extremamente útil para se prevenir de futuros problemas que colocariam em risco o seu negócio.

Sendo assim, ao realizar um plano, você exibe todo o potencial da empresa, assim como os gargalos operacionais que prejudicam algum setor. Além disso, é possível estabelecer com mais clareza o que é necessário para oferecer o seu serviço ou produto com mais qualidade e excelência.

Como realizar um plano de negócios eficiente?

Sabendo do que se trata esse documento e entendendo a sua importância no ambiente corporativo, conheça as informações que precisam constar no seu plano. A seguir, veja o passo a passo para montar um plano de negócios para a sua empresa!

Monte um sumário executivo

Um dos primeiros passos para escrever esse documento é a definição de sua empresa. Por meio do sumário executivo, você pode resumir todo o seu plano de negócios de maneira objetiva. Isso é útil para reunir as informações mais importantes do empreendimento e facilitar a visualização de seus pontos mais fortes.

Você pode acrescentar diversas informações, desde que sejam sucintas e despertem a atenção de um leitor. Contudo, no geral, um sumário executivo apresenta dados como:

  • sócios;
  • segmento de atuação da empresa;
  • missão — razão pela qual esse negócio existe, como surgiu a ideia, qual a sua proposta, entre outras questões que definem as ações de uma empresa;
  • capital social;
  • parceiros e investidores.

Faça uma análise de mercado

A análise de mercado é outra estratégia imprescindível para a organização e direção das ações de um negócio. Pesquisas para entender o comportamento dos clientes, avaliar o desempenho da concorrência e identificar posição de sua empresa no mercado são necessárias para aprimorar as suas metas e objetivos.

Para isso, comece a observar quais são as maiores necessidades dos seus consumidores, quais são as suas preferências e como a sua empresa pode ajudar na solução de seus problemas. Para fazer um levantamento mais preciso, vale a pena oferecer questionários no final de uma compra ou até mesmo solicitar avaliações e feedbacks dos clientes após terem contato com o seu produto ou serviço.

Além disso, entenda como os seus concorrentes trabalham e defina um diferencial para a sua empresa, a fim de que ela seja mais relevante para o seu público-alvo — seja um atendimento personalizado, serviços mais específicos, tecnologias inovadoras, entre outras opções. Isso também ajuda a entender o seu posicionamento no mercado e saber o que pode ser feito para mantê-lo em evolução.

Não se esqueça também de contar com fornecedores de confiança, que oferecem materiais de qualidade, cumprem estritamente os prazos, proporcionam serviços pós-venda e apresentam um bom custo-benefício ao seu negócio.

Realize um plano operacional

Um plano operacional diz respeito à rotina de sua empresa. Para fazer uma estratégia eficiente, é importante definir:

  • objetivos — estipular o que o seu negócio deve e pretende produzir em um determinado período de tempo para, assim, identificar o que é necessário providenciar, como materiais, colaboradores, investimentos, entre outros;
  • equipe qualificada — criar um time funcional, com profissionais aptos para realizar as suas funções, é fundamental para alcançar os objetivos traçados e oferecer um bom serviço ou produto aos seus clientes;
  • estrutura física — o espaço disponível para realizar o trabalho em sua empresa também precisa ser levado em conta, assim como os seus custos fixos e variáveis (aluguel, contas de luz e água, fornecedores etc.);
  • prazos — realizar os seus serviços dentro do prazo determinado é uma maneira de reforçar o comprometimento de toda a organização e otimizar as atividades de todos os setores do negócio.

Monte um planejamento financeiro

Ter um planejamento financeiro bem definido é essencial para realizar um controle de todas as áreas da empresa, verificar a viabilidade de novos investimentos ou implementações, estimar a possibilidade de expansão, entre outros benefícios.

Nessa fase, exponha detalhadamente os principais aspectos financeiros, como:

  • investimento inicial;
  • capital de giro — recursos financeiros para lidar com os custos, sejam eles fixos ou variáveis;
  • fluxo de caixa — as entradas e saídas do setor das finanças;
  • estimativas de faturamento, custos com mão de obra e matéria-prima;
  • lucratividade;
  • rentabilidade.

Faça uma análise estratégica

Para fazer uma análise estratégica do desempenho de seu negócio, é interessante adotar uma ferramenta prática. Um exemplo é a análise SWOT (ou FOFA), que consiste em reunir fatores externos e internos de um empreendimento, como:

  • forças (strenght) — pontos positivos que a empresa já apresenta ou tem potencial para implementar;
  • fraquezas (weakness) — aquilo que ainda não é bem executado dentro do negócio e precisa de melhorias;
  • oportunidades (opportunities) — fatores externos que podem beneficiar a empresa;
  • ameaças (threats) — também de caráter externo, porém, que pode prejudicar os objetivos e metas traçados pela organização.

Identifique as melhores estratégias de marketing

O marketing também não deve ser deixado de lado durante a realização de seu plano de negócios. Afinal, ele nada mais é que um conjunto de ações que fazem com que o seu negócio alcance um maior público e atenda às expectativas dos clientes.

Nesse caso, é importante descrever os serviços ou produtos oferecidos, definir o preço de cada um deles, estipular métodos de promoção e divulgação, além de estruturar o ponto (seja ele físico ou virtual) onde a empresa vai atuar.

Avalie todo o plano

Por fim, cabe ao gestor avaliar o resultado do plano de negócios. A partir disso, é possível compreender se o negócio está apto para abrir (caso o projeto ainda esteja em sua fase inicial), manter-se no mercado ou, até mesmo, expandir.

Como você pôde ver, um plano de negócios é um documento estratégico que reúne todas as informações necessárias para definir os próximos passos de uma empresa. Por isso, utilize essa ferramenta para aprimorar os pontos negativos e reforçar os positivos de seu empreendimento.

Para saber mais sobre este assunto, confira este vídeo com mais dicas de como elaborar um plano de negócios vencedor!

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!




    Fale o que você pensa

    O seu endereço de e-mail não será publicado.