Artesanato se destaca em feiras de design e decoração

Feiras são sempre lugares interessantes para buscar tendências e inspiração. Visitamos dois grandes eventos em São Paulo, a Paralela Gift e a Craft Design, que são referência em design e decoração. Descobrimos os temas que são tendência e criamos um verdadeiro mural de ideias, especialmente para você. Entre tantos trabalhos lindos, uma coisa ficou clara: o artesanato dominou a cena.

Design de Silvia Strass
Design de Silvia Strass

Cerâmica, porcelana, bordados, crochê, tecido, encadernação, quadros em bastidor, aplicação de caligrafia, presentes criativos foram alguns dos trabalhos que chamaram a atenção. Tudo com um toque supermoderninho e atual, um mix perfeito de passado e futuro.

Entre os temas que são tendência, estão em voga a valorização de tudo que é brasileiro, a mistura de materiais nobres com materiais simples, a personalização e peças sustentáveis.

Estampas da Ana Morelli
Estampas da Ana Morelli

O artesanato está muito valorizado no universo da decoração. As peças artesanais ganham status de produtos de design e esse pode ser um mercado bem interessante a ser explorado pelos artesãos. Vale a pena investir em capacitação e no acabamento perfeito, buscar parcerias nesse meio e soltar a imaginação.

Artesanato contemporâneo

Da observação da vida urbana são criados os quadros em bastidor do designer de bordado Ivan Kochulinsky, da Greghi Design. Ivan era analista de sistemas e, depois de perder o emprego e de superar um câncer, percebeu que precisava se reconstruir — ponto a ponto. A metáfora é perfeita para explicar a entrada do bordado em sua vida.

Hoje ele se dedica a desenvolver, a partir de seus próprios desenhos, peças artesanais com bordado. A tendência da brasilidade e da mistura de materiais é bem marcante no trabalho de Ivan.

Ivan posa orgulhoso ao lado de suas peças. Criatividade e trabalho artesanal
Ivan posa orgulhoso ao lado de suas peças. Criatividade e trabalho artesanal (crédito das fotos: Karina Díaz)
Quadros em bastidor com pegada moderninha e atual. Vida urbana traduzida em tecido e bordado
Quadros em bastidor de Ivan Kochulinsky, da Greghi Design, têm pegada moderninha e atual. Vida urbana traduzida em tecido e bordado. No lado esquerdo, o trabalho em pratos de cerâmica
Detalhe da peça de Ivan. O linho utilizado é fácil de trabalhar e dá ideia de tela
Detalhe da peça de Ivan. O linho utilizado é fácil de trabalhar e dá ideia de tela

Criatividade

Balão desenvolvido por Silvia Strass carrega mensagem especial: feito pra sorrir
Balão desenvolvido por Silvia Strass carrega mensagem especial: feito pra sorrir

“Vocês querem um balão?”, diz a moça de sorriso largo e de boa prosa. Silvia Strass é uma inventora de soluções criativas.

Ela estudou publicidade e trabalhou com moda e design, mas o artesanal, o feito à mão, a levaram para um outro caminho: o de desenvolver presentes criativos para pessoas de verdade. “Meus produtos têm uma história para contar”, explica.

As criações de Silvia, em papelaria, cerâmica, caixas e outros materiais, são extremamente originais e delicadas. Ao dar novos significados para as palavras, ela fala de amor, de encontro, de sorriso, de afeto e transporta seu universo lúdico para os objetos que faz.

Silvia Strass mostra um de seus trabalhos, com caligrafia. Produtos que contam histórias
Silvia Strass mostra um de seus trabalhos, com caligrafia. Produtos que contam histórias
Essa caixa de memórias é um dos presentes criativos desenvolvidos por Silvia. Dentro, ela inclui objetos especiais
Essa caixa de memórias é um dos presentes criativos desenvolvidos por Silvia. Dentro, ela inclui objetos especiais
Detalhe dos cadernos artesanais de Silvia. Na capa, as palavras ganham novos significados
Detalhe dos cadernos artesanais de Silvia. Na capa, as palavras ganham novos significados

Artesanato divertido

A designer Joana de Paula
A designer Joana de Paula

A designer Joana de Paula é carioca, mas foi para o Ceará para trabalhar com artesanato. Lá se encantou pelo trabalho de uma crocheteira e resolveu imprimir um toque de design naquelas criações. “O trabalho é todo feito à mão e queria trazer um acabamento mais legal”, explica Joana.

As peças carregam um conceito de brincar com os fios, com a trama do crochê. Para as bolsas, são usados fios acetinados, romi, que é uma fibra natural, tecidos foscos.

Bolsinha de melancia da Jô de Paula
Bolsinha de melancia da Jô de Paula
Bolsinha em crochê da Jô de Paula
Bolsinha em crochê da Jô de Paula

O lado divertido da designer está bem marcado na coleção de verão, com criações de bolsas em formato de melancia, abacaxi e caju. “O brasileiro tem esses espírito divertido. E, nesse momento de crise, é quando a gente deve ser ainda mais criativo”, defende Joana.

Bonecas do bem

A designer Tania Piloto e a arquiteta e ilustradora Emika Takaki
A designer e arteterapeuta Tania Piloto e a arquiteta e ilustradora Emika Takaki

Era o ano de 2011. A marca Com Lola já existia no mercado, mas a designer e arteterapeuta Tania Piloto e a arquiteta e ilustradora Emika Takaki queriam mais do que sucesso comercial. Queriam encontrar propósito. “A gente queria fazer a diferença no mundo”, explica Tania.

Baseadas na ideia de doar uma peça para cada vendida, conceito já aplicado por algumas empresas no mundo, uma luzinha se acendeu. Se abria ali o novo caminho da Com Lola. As meninas haviam encontrado seu propósito. Nova missão: ressignificar a vida das pessoas.

Bonecos da marca Com Lola
Bonecos O que realmente importa da marca Com Lola

A partir daí, a cada boneca vendida, uma é doada. A doação dos bonecos de tecido é feita cuidadosamente, com metodologia de arteterapia. Há contação de histórias e as crianças ficam livres para colorir os bonecos como quiserem. “Espontâneo é a palavra para descrever esse momento”, diz Tania.

Bonecos da marca Com Lola
Bonecos feitos com carimbos da marca Com Lola

A Com Lola cria bonecos em tecido de algodão cru e preenchimento de fibra siliconada. A Lola e o Dôdu, os personagens principais criados pela marca, ganham, a cada coleção, novos companheiros, que podem ser desde a Chapeuzinho Vermelho até bichinhos que acreditam que a vida é muito curta para deixar a sobremesa para depois. E eles têm total razão, não é verdade?

[su_slider source=”media: 3564,3565,3568,3563,3562,3561,2653,2658,2655,2662,2665,2633,2621,2620,2616,2605,2595,2591,2590,2577,2572,2564,2551,2445,2431,2434,2425,2427″ limit=”100″ width=”560″ height=”280″ title=”no” pages=”no”]

E você, se inspirou com esses trabalhos? Teve a oportunidade de visitar essas feiras? Conta pra gente nos comentários!

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitamente diretamente em seu e-mail!

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.