Passo a passo: costura de estojo para crianças

Existe prazer maior do que ver as crianças felizes e brincando? Sim! Quando organizam seus brinquedos também! Por isso trazemos esse passo a passo básico, feito pela artesã e professora Simone Sant’Anna, onde mostra como se faz um estojo para crianças.

Simone explica como faz suas peças utilitárias no curso bolsas e utilitários em tecido
Simone explica como faz suas peças utilitárias no curso bolsas e utilitários em tecido

Como o artesanato entrou em sua vida e há quanto tempo trabalha na área?

Sou formada em Pedagogia e Biologia, trabalhei durante 14 anos como professora de educação infantil na minha cidade. Em 2010 estava gravida da minha filha caçula e encomendei algumas peças em patchwork. Quando as peças chegaram comecei a me interessar pelo assunto. Pesquisei muitos blogs, sites e referências, a partir daí não parei mais. Em 2011, nasceu o “Baú de Sonhos” e comecei a fazer minhas primeiras peças para venda, mas foi em 2012 que arrisquei novos horizontes de trabalho, deixei a sala de aula e passei a me dedicar exclusivamente ao patchwork e como gosto de dizer às “costurinhas com utilidades”. Hoje tenho o blog, páginas nas diversas redes sociais, lojinha virtual e parcerias em ateliês para workshop.

Como teve a ideia de desenvolver um estojo para crianças, ou neste caso uma peça para guardar carrinhos?

Como gosto de dizer, faço “costurinhas com utilidades“, peças que realmente servirão para nossa praticidade. Como sou mãe de duas crianças, sei das necessidades de tornar nosso dia a dia mais fácil com eles, ainda mais fora de casa. Quando vamos ao restaurante ou outro ambiente que exige dos pequenos maior controle é legal ter à mão brinquedos para distraí-los, por isso um estojo para crianças que, além de canetas e lápis de colorir, poderá servir como um porta-carrinhos é super bacana.

Neste PAP você vai ver como é fácil fazer a costura de utilitário para crianças guardarem seus brinquedos e lápices de colorir
Neste PAP você vai ver como é fácil fazer a costura de utilitário para crianças guardarem seus brinquedos e lápis de colorir

De onde busca ideias e inspiração para desenvolver suas peças?

Busco muitos sites e lojas virtuais de boa qualidade de outros países para aprender novas técnicas. No Brasil, hoje também é possível encontrar boas referências no assunto de costura criativa (esta nova linha de costura artesanal como utilitários em tecidos) e patchwork. O negócio é estar sempre atualizado e em busca de se reciclar o que já aprendeu. Também existem redes sociais que nos enchem de boas ideias como o Pinterest e o Instagram.

Por que vale a pena apostar nas peças utilitárias?

São peças rentáveis, pois hoje, necessitamos de ter à mão peças práticas para facilitar nosso dia a dia. Por exemplo, um “porta-travessas” em tecido para levar a uma reunião de família, além de prático, é bonito de oferecer a sua participação em um porta-travessas e não em sacolinhas plásticas. Outro exemplo: quem não gosta de ter a bolsa organizada com uma necessaire bonita, em que caiba tudo que precisamos?

Por que optou por trabalhar com costura?

Gosto de costurar desde menina, aos 12 anos participava de cursos de artesanato para crianças e depois com 14 anos fiz meu primeiro curso de corte e costura. Acredito que crescer tendo modelos no assunto (minha mãe costurava para mim quando era pequena) também ajudou, pois mesmo crescendo e escolhendo outras profissões, a identificação com a costura acabou vindo à tona, como se estivesse lá o tempo todo esperando apenas o momento certo. Tem que gostar e se identificar com o ofício, pois a rotina de costurar para vendas precisa de planejamento e organização, como tudo na vida.

Que tipos de peças têm mais apelo comercial e por quê?

Acredito que peças voltadas para crianças. Hoje, avaliando a situação financeira do país, podemos perceber claramente que as pessoas estão gastando menos e deixando para investir em peças mais indispensáveis, como utilitários e roupas para crianças.

Como uma artesã pode se diferenciar no mercado da costura?

Primeiro pesquise qual área se identifica mais (pois costura possibilita várias frentes de trabalho), depois invista em cursos, tutoriais e livros de boas referências. Pesquise seus concorrentes (como tendências, preços, etc.). Procure ter pelo menos uma das rede sociais para divulgar de forma transparente seu trabalho. Seja criativo, não tenha medo em tentar algo novo.

Para quem quer começar, qual o “kit básico” em que a pessoa deve investir?

Uma boa máquina de costura, não necessariamente uma com mil e um acessórios e pontos, mas uma que de fácil manuseio, com os pontos básicos e pelo menos uns três pontos decorativos para começar a brincadeira. Para quem for misturar costura com patchwork irá precisar de uma placa de corte, uma régua específica e um cortador circular. Irá precisar de uma boa tesoura exclusiva para tecidos (esta é melhor deixar guardada a sete chaves, pois se for utilizada para outros fins prejudica o corte do tecido),Também alfinetes de boa qualidade (existem vários tipos no mercado, mas gosto mais daquele com cabecinha de vidro e do mais longo e fininho com uma florzinha na ponta, próprio para o patchwork). Desmanchador de costura (nosso fiel escudeiro). Lápis 6B para traçar moldes nos tecidos e caneta que apaga com o calor do ferro (ela ajuda muito). Bom ferro de passar (não precisa ser a vapor). Existem muitos materiais no mercado, uns realmente muito úteis e outros nem tanto, por isso, ao sair às compras, pense se realmente irá utilizá-los para não investir inadequadamente.

Qual a sua “dica de ouro” para quem quer trabalhar com costura?

Priorizar um bom acabamento, ter prazer com o seu ofício e acreditar no seus sonhos. Afinal, “somos do tamanho de nossos sonhos” como escreveu Fernando Pessoa.

Passo a passo:

Lista de materiais:

Materiais necessários para a criação do utilitário para crianças
Materiais necessários para a criação do utilitário para crianças
  • 2 retângulos de 13 cm x 22 cm de tecido (tricoline) para o lado externo
  • 2 retângulos de 13 cm x 22 cm de tecido (tricoline) para o lado interno (forro)
  • 1 retângulo de  18 cm x 22 cm de tecido (tricoline) para o bolso interno
  • 2 retângulos de cm 15 x 24 cm de manta acrílica R1 (manta com resina apenas em um lado)
  • 1 zíper de 28 cm
  • lápis grafite
  • placa de corte e régua
  • linha de costura, alfinetes e agulha de mão
  • tesoura para tecido e para manta acrílica
  • fita métrica
  • 1 lata de cola spray temporária
  • caneta ou giz temporário (que apaga com o calor do ferro)
  • ferro de passar
  • máquina de costura e calcadores para costura reta e para zíper

Preparando o lado externo do estojo para crianças:

1. Pegar os 2 retângulos que serão usados no lado externo
2. Colocar os dois sobre a manta R1 (utilize a cola spray temporária)
3. Com o giz que apaga com ferro e com a ajuda de uma régua, risque na diagonal linhas paralelas com uma distância de 5 cm entre elas. Veja o exemplo no vídeo
4. Depois de fazer o quilt, corte o excesso de manta das laterais

Costurando o bolso interno:

  1. Dobre e sobreponha o retângulo ao meio para fazer o bolso interno sobre uma das partes do tecido interno com o lado direito para cima, veja no vídeo o exemplo
  2. Alfinete e trace com o giz as divisórias para os carrinhos com as seguintes divisórias: 6 cm / 5 cm / 5 cm / 6 cm*

*Lembre que as divisões das extremidades estarão com 6 cm já com o acréscimo das margens de costura.

Para fazer o zíper:

  1. Coloque o ziper com o lado do avesso para cima sobre o lado direito do tecido externo
  2. Faça uma costura em zique zague na extremidade do tecido
  3. Em seguida sobreponha o tecido interno (forro) com o avesso para cima, formando um sanduíche: tecido externo + ziper + tecido interno (forro)
  4. Faça uma costura reta utilizando o calcador para zíper
  5. Repita o procedimento anterior do outro lado do zíper
  6. Passe a ferro para abrir as costuras
  7. Faça uma costura de pesponto próximo ao zíper (nos dois lados)
  8. Corte o excesso de zíper das laterais.

Finalizando o estojo para crianças:

  1. Deixe o zíper aberto até um pouco mais da metade
  2. Una com alfinetes os tecidos externos, direito com direito de um lado do zíper e os tecidos internos (forro) direito com direito do outro lado do zíper
  3. Faça uma costura em toda volta deixando apenas uma abertura central no forro (suficiente para virar a peça)
  4. Corte os cantinhos e em seguida vire a peça pela abertura
  5. Feche a abertura com ponto invisível ou com uma costura reta à máquina.

Ao finalizar a costura do estojo para crianças você vai ter um utilitário de medidas aproximadas a 11 cm x 20 cm. Nele cabem 4 carrinhos pequenos + canetas e lápis de colorir. Simone também sugere um valor comercial ao redor dos R$28,00! Imagina uma versão sua deste produto! Conte para a gente nos comentários.


baixe-molde

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitamente diretamente em seu e-mail!

6 Comentários

    show!.

    Simone, adoro seu jeito de ensinar, precisamos de mais cursos na Eduk.

    A Simone ensina muito bem e tive o prazer de comprar o curso dela da Eduk quando ainda nem existia o plano de assinaturas. Agora, a Eduk ficou ainda melhor! Adorei o PAP, continuem fazendo este trabalho, o blog está lindo e muito legal! Bjos à todos da Eduk.

      Oi Amanda, muito obrigada, sua mensagem nos deixa muito feliz! Quantos elogios! Que bom que gostou do PAP, já fez o estojinho? Conta pra gente!

    Adorei o passo a passo.

      Olinda, você é demais. Obrigada por estar sempre aqui com a gente. E aí, já se arriscou a costurar o estojinho?

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.