brigadeiro para vender

Saiba como calcular preço de venda de doces

Você começou ou quer dar início ao seu negócio de confeitaria, mas ainda não sabe como cobrar pelos seus produtos? Saiba que não está sozinha. É muito comum quem está começando ter dúvidas sobre como calcular preço de venda de doces.

Algumas pessoas costumam apenas multiplicar o valor dos ingredientes por dois ou três e estabelecer o resultado para precificar o item. Porém, essa maneira de calcular pode gerar prejuízos, já que não considera vários fatores importantes.

Neste post, vamos ajudar você a precificar os seus doces de forma adequada para obter lucro. Confira as dicas!

Levante os custos

brigadeiro para vender

Os custos da produção dos seus doces vão além dos ingredientes utilizados nas receitas e das embalagens. Tudo o que for necessário para fabricar o quitute deve ser incluído na conta, como:

  • luz;
  • água;
  • gasolina para comprar as mercadorias e para a entrega (se for o caso);
  • produtos de limpeza;
  • gás;
  • internet (se você anunciar e vender online);
  • aluguel do espaço para produzir e para vender (se for o caso).

Para calcular os custos de cada doce, some todos esses itens com os ingredientes e embalagens e divida pelo número de porções que consegue produzir em um mês. Por exemplo, se você produz 1000 palhas italianas mensalmente e tem um gasto total de 1000 reais, cada docinho tem o custo de 1 real.

Saiba o valor da sua mão de obra

Sua mão de obra vale muito e também deve constar nos cálculos. Considere não somente o tempo de cozinha, mas também de planejamento e de compra dos ingredientes. Ainda no exemplo da palha italiana, supondo que você trabalhe cinco horas por dia, cinco dias por semana e quatro semanas por mês, a média de fabricação é de 50 doces diariamente.

Se um confeiteiro contratado recebe 2000 reais para trabalhar 200 horas por mês, ele ganha 10 reais por hora. Esse é um bom salário para você? Então, some a quantidade de horas que você leva para produzir as palhas italianas em um dia e multiplique por 10. Vamos lá: 5 horas de trabalho x 10 reais por hora = 50 reais.

Sendo assim, para essa produção, sua mão de obra custaria 50 reais. Dividimos esse valor por 50 palhas italianas e chegamos ao custo de 1 real de mão de obra para cada doce. Vamos ao próximo passo.

Coloque o seu lucro

Até aqui, chegamos ao custo de 2 reais a palha italiana. Mas não é por esse valor que você vai vendê-la. Ainda precisamos incluir a margem de lucro, é claro. Afinal de contas, você é uma empreendedora, não somente a confeiteira.

Geralmente, os confeiteiros colocam uma lucratividade de 50% a 100% do valor total do custo do doce. Por exemplo, você poderia vender a sua palha italiana por 3 a 4 reais, certo? Entretanto, ainda tem mais um fator a considerar: o público-alvo.

Considere o público-alvo

O público-alvo é algo decisivo na hora de estabelecer a margem de lucro. Isso porque se você coloca um preço muito alto para vender à cliente que não tem tanto poder aquisitivo, os seus doces ficarão encalhados. Muitas vezes, vale mais ganhar pela quantidade de unidades vendidas.

Dessa maneira, pesquise qual é a sua clientela. Se é voltada para o consumo de doces finos, você pode cobrar mais por isso. Mas se é a que aprecia doces mais simples, o valor deve ser mais acessível. Em qualquer dos casos, há oportunidade para faturar.

Viu como calcular preço de venda de doces não é tão difícil? Depois de calculados os custos, fica mais simples pensar no lucro que você deseja obter e nos valores a serem agregados aos seus produtos. Desejamos boa sorte e sucesso!

Gostou do post? Se sim, siga-nos nas redes sociais e fique por dentro das nossas novidades! Estamos no Facebook, no Instagram, no Pinterest e no YouTube!

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitamente diretamente em seu e-mail!