Black Friday 2023

🔥 Descontão de 67% off!
Apenas 12x de R$ 9,90

Dias
Horas
Minutos
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Como lucrar na Páscoa: Planejamento e produção para vender muito!

Se você não está se preparando para lucrar na Páscoa, está perdendo dinheiro! Essa data é a 4º mais lucrativa do ano para comércio.

PEGUE AQUI UM CURSO GRÁTIS PARA COMEÇAR AGORA

Temos um presente para você sair deste post com todo o conhecimento que precisa: liberamos acesso gratuito ao curso Páscoa colorida em feltro: embalagens e decoração, com a especialista Taty Freitas! Ou seja, você já sabe como se planejar e também já vai saber quais produtos pode vender aproveitando as festividades.

Basta prencher o formulário abaixo que nós vamos te enviar o link do curso pra você. Não precisa pagar nada para assistir o curso, só fazer esse cadastro. Você também vai receber no seu e-mail uma senha para acessar a eduK e poder aproveitar o curso. Aproveite!

Você trabalha ou deseja começar a trabalhar com faça e venda, especialmente nos ramos como Artesanato e Gastronomia? Então atenção: Se você não está se preparando para lucrar na Páscoa, está perdendo dinheiro! Essa data é a 4º mais lucrativa do ano para comércio e, só em 2023, movimentou R$ 2,5 bilhões, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (Abip).

Se você precisa de uma alternativa para ganhar dinheiro ou quer incrementar as vendas do seu negócio, então precisa investir na Páscoa para lucrar. Mas atenção: para conseguir faturar o máximo, é necessário se organizar de forma adequada. 

Para te ajudar nesse caminho, vamos apresentar alguns pontos importantes que separamos com ajuda das nossas especialistas Roberta Abud e Daniela Vergara, que têm curso na eduK sobre Negócios de Páscoa!

Planejamento do seu projeto para lucrar na Páscoa

Para ter a melhor chance de sucesso no seu negócio, levando em consideração que o objetivo final é que você faça muitas vendas, é preciso considerar uma tríade fundamental. Ou seja, três pilares que levam ao resultado: 

Planejamento

Produção

Marketing

Cada um dos pilares dessa tríade não vive sem o outro. Isso significa que, se dermos pouca importância a algum deles, provavelmente, não obteremos o resultado que desejamos, seja lucrar na Páscoa ou em qualquer outra época do ano.

O objetivo do planejamento é saber:

• Para quem e o que você vai vender?
• Por que você quer fazer isso?
• Quanto espera vender?
• Como e em quanto tempo vai produzir?
• Como vai divulgar seu produto?

Quando conseguir responder essas perguntas, você conhecerá muito bem o que vende, entenderá quem é seu público e, principalmente, saberá o que fazer para que ele perceba valor no que você oferece. Ou seja, o seu cliente vai querer o que você vende e a sua produção vai gerar o lucro tão sonhado!

Para facilitar a resposta a essas perguntas, podemos separar o planejamento em etapas: pesquisadefinição da sua seleção de produtos e criação de testes. Vamos abordar resumidamente essas etapas a seguir.

1) Pesquisa para o seu projeto de Páscoa 

A melhor forma de garantir que você vai ter o produto certo e encontrar as pessoas certas é realizando pesquisas. Há várias formas de fazer isso, desde fazer buscas na internet ou conversar com pessoas que poderiam comprar de você. Anote o que aprender, para ter ideias e perceber informações úteis.

Considerando seus clientes, pense:

• Para quem você vende mais ou, se ainda não vende, com quem você se relaciona no seu dia a dia? Podem ser Amigos da faculdade, vizinhos, amigos da academia, mães dos amiguinhos dos seus filhos, salão de cabeleireiro que você costuma ir, cursos, clínicas, amigos do local religioso que você frequenta, seus seguidores… quem mais?

• Quais são os desejos e necessidades dos seus clientes? Por que o que você oferece pode ser uma solução para essas pessoas? Pode ser, por exemplo, presentes e lembrancinhas de Páscoa para colegas de trabalho, professoras e amigos dos filhos, ou uma sobremesa gostosa para o almoço do Domingo de Páscoa.

Pensando no seu produto, o que você pode fazer para vender e lucrar na Páscoa, faça uma pesquisa de tendências na internet e nas lojas para descobrir formas de  apresentação e embalagem. 

No ramo de Artesanato, procure peças, decorações e presentes de Páscoa no Instagram, TikTok, Kwai e no Pinterest, usando hashtags desse universo para pesquisar, como por exemplo:

#decoracaodepascoa #coelhodapascoa #lembrancadepascoa #ovodepascoa #felizpascoa #vempascoa #presentedepascoa #mesadepascoa #pascoaemfamilia

Observe também os preços médios dos produtos das lojas convencionais e de outros profissionais que já vendem na Páscoa, na sua região.

2) Sua seleção de produtos para a Páscoa

Qualidade acima de quantidade. Tenha em mente que o melhor é trabalhar com um número menor de produtos. 

Se for variar, faça isso no formato, no acabamento e nas embalagens. Ou seja, na escolha dos seus produtos para lucrar na Páscoa, considere a similaridade deles para otimizar a produção. Assim, você poderá realizar mais em menos tempo.

O que não pode faltar em seus produtos será o seu produto nº 1 de vendas com temática de Páscoa. Precisa ser um produto que já está mais do que aprovado pelos seus clientes.

Se você já trabalha com artesanato, anote o top 3 dos seus produtos mais vendidos e analise os processos de produção deles. Eles têm processos parecidos? Você consegue produzi-los em sequência?

Se sim, planeje o seu top 3 com “roupagem” de Páscoa. Se não, escolha aquele que você consegue aumentar a produção e ter uma melhor rentabilidade.

Exemplos: bonecos, decorações em biscuit, embalagens, ecobags, peças decoradas, toalhas, bordados ou jogos de mesa

3) Criar testes para a Páscoa

Agora que você já definiu os produtos que vai vender, é hora de testar. Produza um teste para cada produto de Páscoa, exatamente como você irá vender.

Registre toda a sua preparação: fotografe todas as etapas de produção, da confecção dos testes aos produtos postos no lugar, em vários ângulos (dentro e fora da embalagem, detalhes). Essas fotos serão muito úteis para o seu catálogo de produtos e a divulgação, entre outras coisas para as quais julgar necessárias. 

Definindo o preços dos seus produtos de Páscoa

Para elaborar uma precificação lucrativa, considere estes 4 passos:

 

    • Custo dos materiais

 

    • Mão de obra (quanto vale seu tempo e esforço, também o custo de ajudantes)

 

    • Despesas fixas (luz, internet, embalagem, transporte…)

 

    • Quanto você pretende lucrar, descontando as despesas

Anote tudo: quanto gasta de cada material, embalagem e etiqueta, e quanto tempo você leva do início ao fim da produção. Essas informações serão importantes para definir o preço e para o planejamento do trabalho.

Organizando a Páscoa e a produção

Quem trabalha sob encomenda tem um grande desafio: a produção do final de semana!

Para o crescimento do seu negócio, é fundamental que você entenda a sua capacidade de produção por minuto/hora e se utilize dos recursos adequados para antecipar ao máximo as encomendas do final de semana.

1) Agilizando a produção

O primeiro passo é fazer uma ficha técnica de cada uma das suas peças. Essa é uma ferramenta fundamental para quem quer padronizar os resultados e os processos, conhecer os custos operacionais e evitar o desperdício de tempo e dinheiro. 

Planeje-se! Defina, na sua agenda semanal, o que você vai fazer em cada dia. É muito importante fazer uma boa gestão da sua produção, de modo que você saiba quando fará as compras e a separação de materiais e acabamentos, por exemplo.

2) Atenção às embalagens das vendas de Páscoa

Quando utilizadas de forma estratégica, as embalagens agregam valor e podem aumentar a sua lucratividade sobre a venda dos doces. Use e abuse das embalagens customizadas, de fitas com cores temáticas, como verde, laranja, marrom, quadriculada, entre outras.

Na internet, você encontra uma variedade de embalagens, mas é preciso se antecipar para garantir o seu estoque e a compra pelo melhor preço. As lojas possuem estoques limitados dessas embalagens sazonais. Por isso, antecipe-se!

3) Compras para os seus produtos de Páscoa

É hora de falarmos sobre como planejar e realizar compras com eficácia. 

Quanto comprar?

Compre, em média, 20% a mais em relação à sua meta de venda de cada produto. Lembre-se dos “atrasadinhos”, aqueles que encomendam na última hora. Se você deixar para comprar materiais e embalagens depois, seu custo de produção pode acabar encarecendo, o que pode impactar na sua lucratividade.

Importante: Lembre-se de que suas embalagens já devem estar preparadas, antes mesmo de produzir as peças.

4) Catálogo para lucrar na Páscoa

Como usar o catálogo para gerar valor e vender mais?

Bom, agora que você já tem os seus protótipos e já fez a precificação das suas peças de Páscoa, é hora de se diferenciar no mercado e gerar ainda mais valor para seus produtos. Faça um catálogo (edição limitada) bonito e objetivo com o que você irá comercializar.

DICA: Utilize o Canva para montar o seu catálogo. Nesse aplicativo, você consegue usar modelos de catálogos já existentes e personalizá-los com suas fotos e informações sobre seus produtos.

Meta de venda x capacidade de produção x tempo de dedicação

Defina um objetivo claro para a Páscoa. Sonhar é simples, mas nem todo mundo pensa no que é preciso fazer para transformar esse ideal em realidade.

Um empreendedor artesão, além de sonhar, precisa definir metas de longo, médio e curto prazo — elas, além de desejadas, devem ter um significado pessoal e ser realistas, claras, específicas, executáveis, desafiadoras, temporais e mensuráveis. Para lucrar na Páscoa, trabalharemos as metas de curto prazo. Vamos elencar cada um desses itens, para que você saiba como estabelecer as suas metas.

Significado pessoal: o seu porquê

Antes de qualquer coisa, você deve ter em mente o seu porquê. Qual é a sua razão para fazer isso acontecer? Ter uma renda extra, realizar uma viagem com a família, garantir mais clientes ou conquistar mais recursos para investir no seu negócio?

Refletir sobre essa questão vai fazer com que você tenha mais consciência sobre o que precisa realizar e, certamente, lhe dará mais forças para conquistar esse resultado.

Então, reflita e anote:

Eu quero ter um negócio de Páscoa porque ____________________________________

Definindo o tempo de dedicação e a meta de venda

A seguir, confira diversos tipos de metas:

REALISTA. Deve ser traçada de acordo com os recursos que você já tem ou que sabe que pode alcançar: tempo, dinheiro, habilidades, pessoas e equipamentos, entre outros.

ESPECÍFICA. A meta deve ser clara e alinhada à realidade: tem que ter uma data! Exemplo: dobrar as vendas que realizei na Páscoa de 2023, totalizando R$ XXX,00.

DESAFIADORA. A meta deve representar um desafio e uma recompensa. Estabeleça uma recompensa pelo esforço que foi feito para alcançá-la. Pode ser uma comemoração, viagem ou compra de um objeto de desejo, por exemplo.

EXECUTÁVEL. A meta precisa ser desafiadora e ao mesmo tempo possível, calculada com base em dados concretos.

TEMPORAL. Prazo limite para realização. Exemplo: vender R$ 7.000,00 do dia xx até o dia 12/04/2024.

MENSURÁVEL. O resultado da meta deve ser concreto e mensurável. Exemplo: vender x ovos trufados.

Quais indicadores você vai utilizar para ter certeza que atingiu o seu objetivo? Pense nisso!

CURSO GRÁTIS PARA VOCÊ!

Receba o curso Páscoa colorida em feltro: embalagens e decoração, para assistir sem pagar nada e ainda ter certificado!

Comentários

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Pegue seu curso grátis!

Cadastre-se para receber o link do curso Páscoa colorida em feltro: embalagens e decoração