Mulher trabalhando em sua confeitaria feita em casa.

Confeitaria em casa: passo a passo para abrir a sua

Montar uma confeitaria em casa pode ser um bom negócio para quem deseja empreender ou fazer uma grana extra usando as habilidades culinárias. O ramo de doces, bolos e tortas exige um investimento de baixo custo. Além disso, você terá autonomia e poderá iniciar com poucos produtos, os quais rendem ótimos ganhos financeiros.

Você já sabe cozinhar e faz isso muito bem-feito, certo? Mas, preparar pratos deliciosos no conforto do seu lar não é sinônimo de empreendimento lucrativo. O preparo de alimentos para vender requer um processo minucioso de gestão, com conhecimentos técnicos do produto e noções de vendas, marketing e logística.

A palavra-chave para começar a ter uma doceria de sucesso é planejamento. Neste post, vamos mostrar o passo a passo para você abrir a sua. Confira!

Faça um planejamento preciso

Quem almeja ganhar dinheiro vendendo doces precisa colocar os sonhos no papel, esboçar as ideias, definir aonde quer chegar e listar o que precisará fazer para alcançar objetivos e metas. Logo, o planejamento é a primeira etapa para criar uma confeitaria em casa.

Alguns pontos que devem ser analisados são:

  • público-alvo — para quem vender, quais características demográficas e comportamentais dessas pessoas;
  • nicho de mercado — segmento específico em que se encaixa o seu produto;
  • escolha de produtos e serviços — os tipos e as receitas de cada um, o custo médio da matéria-prima, diferenciais;
  • precificação — determinação dos valores de venda dos produtos para alcançar a rentabilidade do negócio.

Compre os materiais necessários

Planejado o que será preciso para iniciar a sua confeitaria em casa, é hora de listar os materiais necessários para elaborar as primeiras receitas. Alguns ingredientes e instrumentos da confeitaria são fundamentais para a maioria dos preparos. Por isso, anote os itens abaixo na sua lista:

  • açúcar;
  • manteiga;
  • farinha;
  • ovos;
  • leite;
  • chocolate;
  • balança;
  • bandejas e formas de alumínio;
  • forminhas de papel;
  • batedeira;
  • espátulas;
  • tigelas;
  • utensílios de corte e de decoração.

Cuide da parte burocrática e normativa

Ao pensar em ter uma confeitaria em casa ou vender qualquer tipo de comida, será necessário seguir as normas da Anvisa para legalizar o negócio. O local de preparo deve ser mantido limpo e organizado para não contaminar os alimentos. Reserve espaços para armazenar os estoques, preparar os produtos e embalá-los para entrega.

Atente para a temperatura do ambiente, do refrigerador e do fogão, a fim de que tudo seja feito para preservar a saúde e o bem-estar de quem consumirá seus produtos. Além disso, utilize touca na cabeça, máscara facial, luvas e avental.

Outro ponto importante é cadastrar-se nos órgãos legais para ter um CNPJ, obter o alvará de autorização de funcionamento, poder emitir nota fiscal e pagar os impostos obrigatórios. A formalização transmite credibilidade e contribui para gerar a confiança dos clientes.

Capriche na escolha das embalagens

Escolher a embalagem é fundamental para garantir a conservação do produto, a segurança durante o transporte e o acolhimento do item na hora do recebimento. Convenhamos, o cliente adora adquirir uma mercadoria bem apresentável.

Por isso, o envoltório externo deve:

  • permitir a montagem dos pedidos com agilidade;
  • assegurar a acomodação do alimento corretamente;
  • conter elementos da marca, como identidade visual, informativo sobre catálogo de produtos, dados para contato;
  • incentivar novas compras com o envio de imã de geladeira, cartão fidelidade, cupons de desconto;
  • solicitar o feedback da experiência do cliente.

Para caprichar na embalagem, veja algumas sugestões de materiais para adquirir:

  • caixas de papel, plástico ou isopor;
  • fitas;
  • sacolas e sacos;
  • adesivos autocolantes;
  • etiquetas com a sua marca;
  • papel chumbo, alumínio, celofane e manteiga.

Foque em produtos rentáveis

Sua confeitaria em casa pode oferecer um único produto e vender bastante. O segredo está em escolher produtos que sejam amplamente desejados pelo público. Afinal de contas, para gerarem lucro e serem rentáveis, eles precisam ser comprados com frequência.

Quando for escolher o que vai produzir, foque no que está fazendo sucesso e abuse da criatividade para inovar e estabelecer-se no mercado. Veja, a seguir, as opções que têm atraído o paladar das pessoas ávidas por novidades:

Use o marketing digital na divulgação

Comunicar seu trabalho para as pessoas mais próximas, como amigos, familiares e vizinhos, é um bom começo. Assim, você utiliza seus contatos para serem os seus primeiros clientes e ainda pode pedir uma forcinha para ajudarem na divulgação boca a boca. Inclusive, isso pode ser feito com o uso de ferramentas de marketing digital.

Uma dica é divulgar o trabalho na internet com ferramentas gratuitas como as redes sociais, os aplicativos de mensagens, os grupos online ou em sites criados em plataformas gratuitas. Cuide do visual das suas peças, utilizando fotos de comida nítidas e apetitosas, além de produzir textos cativantes e gramaticalmente corretos.

Cadastre sua confeitaria em aplicativos de entrega

Tudo planejado e preparado para oferecer as suas iguarias, é hora de fazer com que elas cheguem até a clientela. Felizmente, vivemos na era da tecnologia, o que possibilita realizar vendas pelo WhatsApp e vários outros canais, como e-mail, site, redes sociais e aplicativos de entrega.

Aliás, os aplicativos de delivery apresentam três grandes vantagens: providenciar entregadores, facilitar as formas de pagamento para os clientes e expor a sua marca para toda a região que você atende. Antes de se cadastrar neles, analise o funcionamento da plataforma, as taxas cobradas, a região coberta e se o seu público tem o costume de utilizá-lo.

Não existe “receita de bolo” para abrir uma confeitaria em casa. Porém, você pode começar seguindo os passos citados ao longo deste post. Com certeza, eles serão bastante úteis. Além disso, aconselhamos que se mantenha atualizado sobre as novidades do mercado, acompanhe as tendências da área de confeitaria e as mudanças do comportamento do consumidor e inove nas receitas, a fim de aumentar as chances de crescimento e sucesso do negócio.

E então, ajudamos você? Que tal disseminar o conteúdo a mais pessoas? Compartilhe este post nas redes sociais para que seus contatos também fiquem a par das nossas dicas!

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!