trabalhar com chocolate

Mostramos aqui as melhores estratégias para trabalhar com chocolate

O segmento de confeitaria conta como uma grande gama de possibilidades, e uma delas é trabalhar com chocolate. Esse ingrediente é coadjuvante em diversas receitas de massas, sobremesas e bebidas, assim como protagonista de coberturas, recheios e caldas.

Vamos combinar: é muito difícil encontrar alguém que não aprecie essa maravilha derivada do cacau. Como as prateleiras estão cheias dele, os consumidores se tornam cada vez mais exigentes e partem em busca de comodidade e praticidade. Assim, é preciso driblar a concorrência sendo criativo ao escolher um nicho de atuação, ao criar suas receitas e ao apresentar comercialmente seus produtos.

Para ter uma doceria de sucesso com esse segmento e ainda cativar a preferência da clientela, confira as melhores estratégias que separamos para você. Acompanhe a leitura!

Quais as vantagens de trabalhar com chocolate

A seguir, separamos as principais vantagens que você obterá ao vender iguarias feitas com chocolate. Confira!

trabalhar com chocolate
São inúmeras as vantagens de se trabalhar com chocolate.

Diversidade de produtos

A variedade de opções de produtos é a primeira vantagem de trabalhar com chocolate artesanal. Escolha um destes tipos ou selecione um para se especializar:

  • trufa: uma mistura de chocolate derretido com creme de leite (ganache) que, após endurecida, é moldada e coberta com chocolate em estado líquido e passado no cacau em pó;
  • barra: são barras retangulares ou quadradas, personalizadas no tamanho, espessura, recheio e, claro, no sabor;
  • ovo de Páscoa: clássico chocolate específico para essa data comemorativa, pode ser feito no modelo tradicional, trufado ou coberto com outros docinhos em seu interior (vendido por banda);
  • brigadeiro: esse doce dispensa comentários, pois faz sucesso com a receita original, assim como as que mixam sabores de outros ingredientes;
  • doces finos: iguarias especiais para ocasiões mais formais, como casamentos e grandes festas. São bombons diferenciados com decorações mais requintadas, com embalagens especialmente belas.

Baixo investimento para iniciar

Trabalhar com chocolate não exige investimentos altos para iniciar no ramo. Comece focando em um único bom produto, com o qual você tenha mais afinidade e que não exija ingredientes caros, difíceis de serem encontrados ou manipulados.

Mostre seu produto para seus contatos — vizinhança, familiares, amigos e grupos sociais — e venda para eles. Com o dinheiro recebido dessas vendas, pague as despesas associadas às vendas, use o restante para reinvestir no negócio e ampliar as possibilidades de divulgação.

Alto consumo em datas comemorativas

As ocasiões festivas e as datas comemorativas ajudam as pessoas que querem trabalhar com chocolate a ter demanda o ano todo. As datas tradicionais do calendário brasileiro e as variáveis de cunho pessoal abrem brechas para adoçar esses momentos. Olha só quantas possibilidades para vender chocolate:

  • Páscoa;
  • Dia das Mães;
  • Dia dos Namorados;
  • Dia dos Pais;
  • Dia das Crianças;
  • Natal;
  • aniversários;
  • formaturas;
  • noivados e casamentos;
  • cerimônias;
  • boas-vindas;
  • despedidas;
  • chás (de fralda, casa nova, etc);
  • lembrancinhas comestíveis.

Como se destacar no mercado

Dificilmente o mercado estará saturado para quem busca se profissionalizar com frequência e anda de mãos dadas com a inovação. Tome nota das principais orientações para se destacar no ramo!

trabalhar com chocolate

Utilize produtos de boa qualidade

Se quer trabalhar com chocolate e ganhar dinheiro vendendo doces, saiba que um produto saboroso e bem preparado faz toda a diferença. Na maiorias das vezes, o que faz a publicidade boca a boca de um negócio é a satisfação do cliente com a compra obtida — ele pedirá mais e provavelmente recomendará para outras pessoas.

Então, dê importância à matéria-prima da sua produção e coloque nas suas receitas produtos de qualidade reconhecida. Você pode utilizar dessa informação como diferencial e até citar alguma marca, se isso for muito apreciado pelo público.

trabalhar com chocolate
Trabalhar com chocolate requer produtos de boa qualidade.

Trace estratégias para o ano todo

Para ter demandas frequentes, é preciso despertar o desejo do consumidor o ano inteiro. Planeje suas vendas baseando-se na diversificação dos tipos de produtos, nas datas comemorativas e quais ações promocionais serão realizadas periodicamente para gerar mais receitas.

Lembre-se de usar o lucro para aprimorar suas aptidões técnicas e reinvestir no próprio negócio, ok? Com uma cartela variada de produtos, você consegue vender para públicos distintos sem precisar produzi-los de uma vez só e fazendo uma comunicação específica e estratégica para cada ocasião.

Valorize o feedback dos clientes

Receba com atenção todo retorno que os seus clientes passarem para você, tanto as mensagens positivas quanto as negativas. A opinião sincera de um cliente que teve alguma experiência ruim com os seus chocolates pode ser uma oportunidade de melhoria em um ponto em que você não havia percebido.

Já os bons depoimentos, além de servirem como prova social para serem mostrados como “atestado de qualidade comprovada”, podem apresentar oportunidades escondidas.

Acompanhe as tendências de mercado

O ramo alimentício passa por constantes mudanças, sejam nas receitas que são aprimoradas, seja no comportamento do consumidor que atualiza suas preferências. Portanto, fique de olho nas tendências da área de confeitaria.

A busca por mais qualidade de vida e bem-estar, por exemplo, tem feito com que muitas pessoas escolham se alimentar com equilíbrio. Então, inserir receitas de doces saudáveis ou doces diet em seu portfólio é uma ótima oportunidade para conquistar esse público.

Use o marketing digital na divulgação

O marketing digital compreende as estratégias feitas em mídias digitais para promover um produto ou serviço no ambiente virtual. Ou seja, são ações realizadas nos canais de comunicação online, para relacionar-se com o público que está na internet e, consequentemente, vender. Com essa ferramenta, é possível:

  • criar um site para ser sua vitrine;
  • utilizar o marketing de conteúdo;
  • participar das redes sociais para interagir com o público;
  • fazer vendas pelo WhatsApp;
  • divulgar anúncios pagos para alcançar mais pessoas;
  • cadastrar seu negócio no Google Meu Negócio.

Como visto acima, trabalhar com chocolate é uma opção da confeitaria ideal para quem deseja adoçar a vida de outras pessoas com as suas habilidades culinárias.

Independentemente do nível de sua habilidade, manter-se atualizado e qualificar-se nas técnicas, nos processos e nos diferentes produtos utilizados na fabricação desse doce é essencial. Portanto, busque por especializações, seja em cursos ao vivo ou gravados, que abranjam conteúdos atuais, com aplicabilidade rápida.

Quer uma sugestão para aprimorar os seus conhecimentos assim que sair deste post? Faça o curso “Chocolates: para fazer e vender” na nossa plataforma online e bons estudos!

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!