Receita para o sucesso com cupcakes: de publicitária a confeiteira

Luciana Trafani descobriu a confeitaria por acaso. “Organizava as festinhas do meu filho Arthur, fiz alguns cupcakes decorados e todo mundo amou”, conta. A publicitária viu ali uma oportunidade de viver do que ama e ainda de ter mais tempo com a família. Virou confeiteira e está construindo sua história de sucesso com a venda de bolos e cupcakes decorados. Sua marca Luck Cupcake está crescendo e Lu sonha alto.

Cupcakes decorados: uma especialidade de Lu Trafani, da Luck Cupcake
Cupcakes decorados: uma especialidade de Lu Trafani, da Luck Cupcake

“Eu trabalhava na Editora Abril há 14 anos e levava meus bolos para os aniversários de colegas na empresa. As pessoas gostavam e eu passei a aceitar encomendas. Até que teve um momento em que não conseguia mais dar conta de fazer os pedidos e decidi sair para viver de confeitaria”, conta Luciana.

Algumas pessoas me acharam louca, outras se inspiraram em mim e também foram seguir seus sonhos

Detalhe dos cupcakes decorados: jardim de suculentas e cactos. Incrível!
Detalhe dos cupcakes decorados feitos por Lu: jardim de suculentas e cactos. Incrível!

Para Luciana, a maior dificuldade foi a financeira. “Não só de recursos, mas também de não saber direito no início quanto cobrar pelo meu trabalho, como calcular valor de custos fixos, variáveis, enfim. Quando a gente trabalha fazendo as coisas com amor, é difícil colocar um valor no produto”, desabafa. Essa realmente é uma das maiores dificuldades de quem trabalha com confeitaria, não é mesmo? Afinal, há muito mais no valor de um bolo do que apenas o custo da farinha, do açúcar, dos ovos. “Tem muito mais coisas envolvidas na formação de preço”, explica.

Uma das criações de Lu. A dica para trabalhar com pasta americana ela aprendeu na eduK
Uma das criações de Lu. A dica para trabalhar com pasta americana ela aprendeu na eduK

Hoje, a empresa dá lucro e Lu comemora e se emociona com mais essa vitória.

Hoje sim tenho lucro e consigo ajudar a pagar as contas da casa, consigo comprar roupas para o meu filho. Sinto uma sensação de independência muito grande. Uma sensação de que estou sendo reconhecida, valorizada

E não é que foi um dos cursos de Ramon Serpa que mudou a vida de Luciana? Pelo menos é assim que ela explica: “A eduK mudou a minha vida! Foi num dos cursos do Ramon Serpa que aprendi uma forma muito boa de trabalhar com a pasta americana e isso fez uma diferença gigante para o meu trabalho. Ganhei agilidade. E o mais surpreendente é que tudo isso aconteceu numa dessas situações complicadas, sabe? Que você acaba descobrindo coisas que se tivesse na zona de conforto, não descobriria”, revela.

Mesmo que me peçam algo que eu não saiba, eu digo que sim, posso fazer, e vou aprender. E vou entregar perfeito! É assim que eu cresço. Não ter medo te faz crescer e assim ainda aumento meu leque de produtos

O sonho dessa publicitária que virou confeiteira é abrir uma loja para vender cupcakes decorados, bolos e outras delícias. Alguém aí duvida que ela vai conseguir?

 

Trabalho impecável!
Trabalho impecável!

E você, qual o seu sonho? Quais foram as suas dificuldades quando passou a trabalhar com confeitaria? Conte sua história pra gente!

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitamente diretamente em seu e-mail!

3 Comentários

    Além do talento a Luciana deposita muito emprenho em tudo que faz, sou cliente e indico seu trabalho sem medo de errar. Parabéns Lu, você está colhendo os frutos de muito trabalho, noites sem dormir e muitos outros sacrifícios que você transforma em prazer. O mundo da confeitaria ganhou mais uma profissional de ponta !!!!

    Sou uma de suas clientes, e admiradora da Luciana tive uma grande oportunidade de ter essas obras de artes que são realizadas com muito carinho pela Lu em uma pequena comemoração da festa de 2 anos da minha filha. E digo com toda certeza, dedicação e profissionalismo é sua marca além de ser uma doçura de pessoa… Parabéns pelo seu grandioso trabalho!!!

    Conheci a Lu enquanto gravávamos um episódio para TV… Percebi que ela era muito talentosa e desde então nos tornamos amigas e trocamos experiências diariamente!!! Parabéns eduk por reconhecer o trabalho da Lu e pela bela reportagem!!! Lu, o céu é o limite!!!

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.