Coluna do Hélvio: Furadores ou Silhouette? Qual comprar?

Com o mercado sempre em expansão, as empresas especializadas no ramo de artesanato também estão atentas a atender todas as nossas necessidades, afinal, ambos caminham juntos e precisam um do outro. Conforme as necessidades vão aparecendo, vão surgindo também as oportunidades de poder agregar e crescer naquilo que se propôs fazer. E é isso que venho levantar aqui neste post. Primeiramente, já há algum tempo, tenho recebido muitas perguntas de forma geral sobre quais ferramentais ideais para adquirir – pensando na variedade e acesso fácil que temos hoje das empresas que investem nisso – assim, as perguntas mais frequentes são: “Qual devo comprar para iniciar? ”, ou “Você prefere esse ou o outro? ”, enfim, especificando melhor, a pergunta aqui em questão é: “Furadores ou Silhouette? ”, “Quando comprar? ”. Você já se fez essa pergunta? Já se questionou em relação ao melhor custo benefício? É claro que se você trabalha nesse mercado de papel, é impossível não ter passado pela sua cabeça questões que envolvem investimentos, afinal, é de dinheiro que estamos falando. Pensando nisso, estou aqui para dar minhas dicas pessoais em relação a esse assunto prevendo que poderá lhe ajudar muito, esclarecendo algumas dúvidas e contribuindo para seu sucesso profissional.

Diferentes modelos de furadores/ fonte: tkcrie.blogspot.com.br
A máquina Silhouette/ fonte blog.silhoettebrasil.com.br
A máquina Silhouette/ fonte: blog.silhoettebrasil.com.br

Na verdade, começo levantando que esses dois produtos têm características e funções diferentes. Os furadores, por mais que existem milhares de modelos e tamanhos variados, restringem de certa forma nossa capacidade de criar, mas, atenção, não estou difamando o produto, apenas estou abrindo minha realidade com vocês. Eu amo de paixão essas “maquininhas” que tenho vontade de comprar todas (rs), aliás, em relação ao custo benefício, é MARAVILHOSO viu? Vale o investimento, pois são baratas e se bem cuidadas duram muuuuuitos anos (#FicaADica). Já a Silhouette, vem com outro propósito, dar a liberdade do artista criar seu próprio desenho e cortá-lo em seguida. Ela possui um software chamado STUDIO que lhe permite desenvolver qualquer desenho, e, em apenas um clique, enviar para a mini plotter (Silhouette) que por sua vez, cortará tudo automaticamente. Em meu Curso “Workshop: Silhouette para Leigos”, eu também levanto essa questão. Então vamos lá!

O lance é o seguinte: se você é iniciante ou quer entrar para essa técnica, primeiramente eu já vou lhe avisando que precisam estar cientes e convencidas do possível investimento inicial necessário. Ou seja, nem todos os materiais provenientes dessa arte conseguimos improvisar com outros que temos em casa, então, fique tranquila, não é para sair por aí comprando tudo que vê.

Em relação aos furadores, o ideal é investir no INÍCIO em modelos “coringas”: como o coração, tags, quadrados, círculos, flores básicas e escalopes. Aí vão alguns exemplos:

Hélvio_imagens coluna 05.08

Uma dica legal é comprar aos poucos conforme sua necessidade ou situações que vão aparecendo no dia a dia. Chegar a adquirir pelo menos três tamanhos diferentes de cada modelo acima já é de grande valia. Eu já dei vários cursos na eduK cortando tudo à mão e com furadores sem máquinas de corte como a Silhouette, então, se você ainda não tem condições financeiras para adquirir uma – pensando no valor alto que tem – não se desespere ou desanime, é possível fazer tudo sem ela. O momento ideal para adquiri-la é quando o volume de sua produção começa a crescer, mas caso você tenha já de inicio a oportunidade de tê-la, não perca tempo! Ela requer práticas e técnicas para ser usada, mas hoje no site da eduK você encontra vários cursos sobre o tema. Para finalizar, um resumo geral: Os furadores quebram um “galhão” pensando nas formas tradicionais mais usadas na arte do papel. Nunca abandone ou pare de investir em furadores. Sempre que possível, adquira e colecione quantos puder durante sua carreira. A Silhouette, a meu ver, já é uma ferramenta de trabalho insubstituível até hoje! (Rs). Então, quando puder, invista sim já que vai te trazer somente benefícios quando bem usada. Afinal, ela corta o que você QUISER. Diferente dos furadores!

Um grande beijo,

Hélvio Mendonça

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitamente diretamente em seu e-mail!

2 Comentários

    Parabéns td lindo!!!

    Adorei as dicas!
    Sou enlouquecida por furadores e tenho quatro caixas organizadoras cheinhas deles e sempre que posso e principalmente, que preciso, compro. Pra mim, o custo beneficio é mais válido devido a minha produção não ser tão grande.
    Sucesso sempre, Hélvio!!

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.