Coluna do Hélvio: precisamos falar sobre precificação no artesanato

Para você que faz arte, vende ou pretende vender, com certeza enfrenta dificuldades na hora de relacionar os itens, calcular os gastos e colocar o preço final em suas peças. Um dos grandes terrores do artesão é colocar na ponta do lápis tudo que diz respeito ao seu produto. Mas a correta precificação no artesanato é fundamental para garantir o lucro e dar valor ao trabalho. Pensando nisso, vou compartilhar aqui com vocês o “método” caseiro e intuitivo que desenvolvi para usar no meu dia a dia. Com ele fica mais fácil visualizar os gastos com materiais para construção da peça e, no final, calcular o preço do pró-labore e do lucro, chegando ao preço de venda.

Precificação no artesanato

cifrão_feito_de_lâ_e_agulha

Para um melhor e organizado entendimento, criei uma planilha contendo os seguintes itens: Materiais / Proporção / Preço Total / Preço Unitário / Quantidade / Total Geral, (exatamente nessa ordem). Esses itens nos ajudam a localizar os principais pontos na criação das nossas peças, ou seja, a planilha quando preenchida corretamente, com as respectivas informações, nos dá uma visão geral que ajuda na hora do cálculo e precificação do artesanato.

Materiais: nesse item você vai colocar os nomes dos produtos que você usou na peça. Exemplo: Papel scrap 180g azul petróleo, Tricoline poá rosa bebê, Adesivos decorativos, etc.

Proporção: aqui você coloca a quantidade que o material permite você usar, ou seja, em um metro de tecido quantas peças você faz, na folha A3 quantos do mesmo molde você corta, e assim por diante.

Preço Total: é o valor por quanto você comprou aquele tecido todo, a folha inteira, ou o pacote de um produto. Exemplo: 01 metro de tecido é R$40,00. Valor do varejo ou atacado.

Preço Unitário: aqui você vai dividir o valor do produto inteiro (Preço Total) pela quantidade que consegue fazer (Proporção). Exemplo: Tecido (1 metro) R$40,00 *dividido* por 50 unidades = R$0,80 (preço unitário).

Quantidade: nesse item você coloca a quantidade do mesmo item que vai usar. Exemplo: em uma peça vou usar 3 pedaços iguais do tecido Y.

Total: aqui você preenche com o cálculo total. Exemplo: 03 (unidades) X 0,80(preço unitário) = R$2,40.

Use a tabela para organizar os valores e calcular o preço final
Use a tabela para organizar os valores e calcular o preço final

No final da planilha totalmente preenchida com todos os itens/produtos que você usou na construção de uma peça, e seus respectivos cálculos unitários, você conseguirá somar todos eles e anotar no item GASTOS. Posteriormente, para ter o preço final no item VENDA, basta somar com os cálculos dos seus gastos fixos, pró-labore e lucro (caso tenha), ou então, você pode fazer aquela famosa “regrinha de três” já que agora você tem o total conhecimento do valor que gastou de materiais.

mão_forma_imagem_de_uma_arvore_com_moedas

Ficou com dúvidas? No meu curso ScrapFesta nos Contos de Fadas, da eduK, você encontra uma Aula BÔNUS onde abordo exatamente esse tema e ainda ensino como preencher essa minha planilha, detalhando a função, a importância e os cálculos.   E aqui você também encontra o link para baixar e imprimir a sua prontinha para ser preenchida. Então não perca tempo! Comece agora a criar esse hábito de usar uma planilha para cada peça criada, que, com certeza será uma preocupação a menos quando alguém lhe perguntar quanto custa… (rs).

Um grande beijo,

Hélvio Mendonça

 

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitamente diretamente em seu e-mail!

2 Comentários

    Hélvio muito obrigada pelas dicas,um grande abraço chegou na hora certa

    Amei,super me ajudou. Obrigada Hélvio,vc é mil mesmo!

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.