Coluna do Hélvio: scrap 2D na decoração de festas

“Antes de falar dessa técnica que anda ganhando cada dia mais espaço e valor no mundo da decoração de festas infantis, quero primeiro relembrar a importância de entender o que realmente gira em torno da tendência: o scrapfesta. Essa arte de decorar e construir festas usando materiais do scrapbook virou tendência fixa dentro desse mercado tão promissor – veio para ficar! Pensando nas milhões de possibilidades e ferramentas que o scrap oferece hoje, conseguimos criar e desenvolver qualquer peça funcional ou decorativa para compor uma mesa de festa independentemente de sua funcionalidade.

O scrap 2D é uma técnica muito significativa e representativa do scrapbook. Sua principal característica é trabalhar a dimensão, destacando o volume e a profundidade na peça para conceber efeitos lúdicos e imaginários, através de materiais apropriados do scrap que contribuem para isso.

Peças desenvolvidas por Hélvio com o tema de Alice no País das Maravilhas
Peças desenvolvidas por Hélvio com o tema de Alice no País das Maravilhas

O que mais quero ressaltar neste post é o valor que dessa técnica dentro das criações de artistas/artesãos que trabalham com decoração de festas infantis. O scrap 2D está ganhando força quando comparado a impressões gráficas ou digitais presentes nas embalagens, ou seja, hoje essas impressões são consideradas muito comuns e tradicionais, despertando a necessidade de criar uma nova ‘leitura’ referente às imagens no geral (fotos, desenhos, personagens, etc.). Exemplificando melhor, o lance agora é pegar imagens de personagens de uma determinada história ou tema e reconstruí-las usando recortes em papéis: através das linhas do desenho presentes na imagem, você desmembra em partes desenvolvendo um novo desenho para cortar nos papéis correspondentes, montando assim a personagem.

Exemplo de como se inspirar! (crédito da foto: rabiscopop)
Exemplo de como se inspirar! (crédito da foto: rabiscopop)

Esse exemplo mostra bem como é a transformação de uma imagem em um trabalho de composição em scrap 2D. Ao ver assim de primeira pode assustar ou pensar no ‘trabalhão’ que isso pode dar para fazer, mas hoje existem no mercado máquinas e plotters que ajudam e facilitam muito a desenvolver essa técnica, desde a criação (desenho) à execução (cortes), então, não se assuste ou desanime. Se fosse impossível ou muito complexo, não estaria ganhando força dentro das atividades feitas à mão. Inclusive é um dos destaques da Feira Expo Parques e Festas 2016. 

Cursos da eduk que abordam a técnica scrap:

Esculturas de papel: festa e decoração infantil

Scrapfesta nos contos de fadas 2

Scrapfesta nos contos de fadas

Lembrancinhas de bebê em papel

Essa nova tendência de desenvolver os personagens mais famosos das histórias infantis é sem dúvida um grande campo para você explorar e ganhar seu espaço no quesito ‘personalizados’. Se pretende mesmo adquirir um novo conceito e roupagem para sua arte em papel, está aí uma oportunidade de criar sua própria releitura sobre os temas mais pedidos e concorridos do mercado. E acredite, é possível sim fazer em série/produção. Uma dica minha para você é colocar sua identidade artística nos personagens. Pense nisso!”

Um grande beijo,

Hélvio Mendonça

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitamente diretamente em seu e-mail!

2 Comentários

    Sempre achei a técnica fantástica devido às inúmeras possibilidades de criação. E vendo, agora, a comparação com uma gravura simples ficou ainda mais apaixonante. É de enlouquecer!!!!!

    Amooooo! Tecnica incrivel, que faz toda a diferença.. Parabens, Helvio <3

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.