culinária panc

O que é culinária panc e como começar a trabalhar?

A culinária PANC vem crescendo nos últimos anos. Isso porque o resgate das raízes das cozinhas regionais está em alta e muitos já as consideram o alimento do futuro. Mas afinal, você sabe o que é? Plantas Alimentícias Não Convencionais — esse é o significado a sigla referente a essa gastronomia.

Batata, cenoura, alface, rúcula e tantos outros vegetais que encontramos em qualquer mercado: estamos acostumados com eles no dia a dia. No entanto, você já ouviu falar em taioba, almeirão, peixinho e bertalha? Esses são alguns dos exemplos de PANC’s que não são achadas para comprar com facilidade.

Entretanto, em muitas hortas e terrenos, elas estão presentes sem ao menos serem semeadas ou cultivadas. O que é considerado por muitos como “mato”, é um tesouro nas mãos de quem sabe cozinhar. Além disso, explorar as PANC’s pode garantir uma dieta mais equilibrada e diversificada referente ao valor nutricional.

Já pensou em tirar proveito delas e trabalhar na culinária PANC? Neste post, falamos como você pode usá-las para ganhar dinheiro. Vamos lá?

culinaria-panc-salada

Conheça as PANCs

O que é uma PANC em uma região pode não ser em outra. Por exemplo, em algumas localidades de Minas Gerais, a ora-pro-nóbis é uma planta muito consumida, assim como o couve ou outra a qual o restante do país esteja habituado a comer. Sendo assim, ela é considerada convencional naquela área.

Dito isso, se você deseja trabalhar com culinária PANC, é preciso conhecer essas plantas. Estude-as, saiba como é feito o modo de preparo, com quais outros alimentos elas combinam, entre outros fatores. Até porque algumas podem ser confundidas com ervas tóxicas ou precisam ter um cozimento específico para retirar sua toxicidade.

Há também quem utilize o termo para a parte dos vegetais que não são usados convencionalmente, como coração de bananeira, manga verde, cascas e talos. Essa é também é uma maneira de aproveitar integralmente os alimentos, reduzindo o desperdício e aderindo à sustentabilidade.

culinaria-panc

Não tenha medo de experimentar

Você é do tipo de pessoa que come de tudo ou tem receio de experimentar alimentos novos? Para trabalhar na culinária PANC é preciso deixar o preconceito de lado e não ter medo de saborear essas plantas, afinal, elas podem surpreender nos sabores e aromas.

Além de testar as receitas, que podem ser encontradas com facilidade na internet, é interessante colocar sua criatividade na cozinha e recriar pratos. Depois de experimentar e entender os sabores, tente substituir os vegetais usados tradicionalmente por alguma PANC. Assim, você pode ter um repertório em seu cardápio que seja atrativo e encante seus clientes.

culinaria-panc-coracao-bananeira

Procure por cursos especializados

Antes de sair por aí anunciando seus pratos feitos com PANCs, busque se especializar para ter o conhecimento suficiente para trabalhar com esse tipo de alimento. Sabemos que as pessoas não estão acostumadas a consumir esses vegetais, então é preciso saber como utilizá-los de maneira a chamar a atenção de seus clientes. Porém, o seu consumo é uma tendência que vem ganhando cada vez mais espaço, e é preciso estar preparado para atender a essa nova demanda.

Gostou da ideia de trabalhar com culinária PANC? Na eduK você encontra um curso supercompleto sobre o assunto, em que você aprende a base dessa gastronomia e algumas receitas imperdíveis para começar seu negócio. Além disso, há conteúdo ensinando como embalar e conservar os produtos corretamente.

Alguns exemplos de pratos são caponata, feita com coração de bananeira e geleia de flores; caracense, jiló recheado com costela suína e Panc’s; e caixotinho da piedade, angu escondido em folha de capuchinha.

Quer aprender mais com a eduK? Então aproveite que está por aqui, acesse a página do curso “Culinária PANC: bases e receitas” e faça já sua inscrição!

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!




Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.