Modelagem de cabeça 3D: saiba como fazer essa técnica

Os bonecos de feltro são lindos e têm um aspecto artesanal único, que diferencia a peça e atrai clientes de várias idades. Acontece que algumas crianças são bastante observadoras e percebem facilmente certos detalhes que costumam deixar o brinquedo menos semelhante ao corpo humano.

Foi o que aconteceu com o filho da expert de artesanato em feltro, Alinne Lemes Pimentel. Ele achava estranhas as cabeças dos bonecos, pelo fato de serem achatadas e não apresentarem, por exemplo, nariz ou orelhas. Mas aí a profissional teve a ideia de desenvolver a técnica de modelagem de cabeça 3D, inovando na arte do feltro.

Alinne conversou com a gente e nos contou todos os detalhes dessa estratégia, que se baseia no uso de uma simples bola de isopor para modelar o feltro. Que tal aprender e oferecer peças diferenciadas aos seus clientes? Confira!

A técnica de modelagem de cabeça 3D

O objetivo dessa técnica de modelagem, segundo Alinne, é fazer com que algumas peças em feltro adquiram formas arredondadas — e o melhor de tudo: sem costura. É uma forma inovadora de dar à cabeça de um boneco um aspecto mais profissional, abrindo possibilidades maiores de personalização.

Com o molde arredondado, o feltro pode receber mais detalhes no rosto, com destaque para o relevo do nariz, tom de pele, cor dos olhos, cabelos e por aí vai. Como a base se torna firme e mantém a superfície lisa, é só deixar a imaginação trabalhar e criar rostinhos lindos para os seus bonecos.

modelagem de cabeça 3d

Os materiais utilizados

Os materiais utilizados são basicamente os mesmos dos bonecos em feltro tradicionais. Ou seja, você vai precisar de feltro e manta ou fibra acrílica plumante. Alinne explica, no entanto, que também são necessários outros itens, como a bola de isopor, alfinetes de cabeça, fita de cetim, fita adesiva transparente e cola.

Para ensinar um passo a passo, o qual mostraremos adiante, utilizamos uma bola de 100 mm e um pedaço de feltro de 20 cm². Assim, você pode ter uma ideia das proporções ao confeccionar bonecas de tamanhos variados.

Sobre as cores dos materiais, lembre-se de escolher de acordo com a personalização desejada. “Geralmente faço a boneca personalizada, respeitando as preferências do cliente, e a partir daí desenvolvo as peças combinando as cores do feltro, a lã do cabelo e a pintura, para que o trabalho fique harmônico e delicado”, explica a especialista.

A preparação da bola de isopor

A essência da modelagem de cabeça 3D está na base de isopor, que deve ser preparada adequadamente. O primeiro passo é encontrar o seu centro, com a ajuda da própria marcação da circunferência que a divide ao meio. Essa marca servirá de partida para que você encontre o ponto exato, com a ajuda de uma fita métrica.

Feito isso, é hora de achatá-la um pouquinho, sobre uma superfície firme, de modo que fique um pouco menos redonda, criando um aspecto mais natural e oval. Ao finalizar essa etapa, pregue o nariz — que pode ser uma miçanga redonda — com um pouco de cola quente a 1,5 cm abaixo do centro demarcado.

Depois, você vai contornar a marca da circunferência da bola de isopor com uma fita de cetim bem fininha, preferencialmente de cor escura. Ela será o seu guia na hora de sobrepor o feltro. Essa fita deverá ser pregada também com cola quente ou cola de silicone líquida. Assim que terminar esse passo, será a vez de cobrir toda a superfície da sua bola com fita adesiva transparente.

Em relação às marcações, para fazê-las corretamente, você precisa de um gabarito específico, de acordo com o tamanho da bola de isopor. Ele também deve ser compatível com o molde do corpinho da boneca a ser confeccionada.

O passo a passo para fazer a modelagem de cabeça 3D

Agora que você aprendeu a preparar a bola de isopor, pode partir para a modelagem da cabeça de feltro, utilizando uma peça quadrada que cubra pelo menos grande parte da esfera achatada.

O segredo aqui está nos alfinetes com a ponta de pérola, que são mais fáceis de manusear. Com a ajuda deles, é só centralizar o feltro na extremidade onde está situado o nariz e esticar bastante todos os seus lados, prendendo o material na marcação feita com a fita escura de cetim.

O mais importante é que os alfinetes fiquem firmes no isopor e sejam fixados depois da marcação. Quando não houver nem mais uma curvinha sequer no feltro e toda a circunferência estiver repleta de alfinetes, você vai cortar o excesso do feltro. O nariz merece atenção especial: a parte superior deve ser afundada com cinco alfinetes, para que fique contornado.

Com tudo pronto, você vai preparar uma mistura de meia quantidade de água para meia quantidade de cola branca PVA. Misture até ficar homogêneo e cubra toda a cabeça, principalmente na região do nariz. Espalhe bem, de maneira generosa, até que o feltro fique realmente molhado.

Depois de secar, comece retirando os alfinetes do nariz. Para remover as marcas, é só umedecer um pouquinho a área com água e, com a pontinha de uma agulha ou do próprio alfinete, voltar com a fibra do feltro para o lugar. O restante dos alfinetes ao redor da bola de isopor também deve ser retirado.

A fita será seu guia novamente, pois agora você terá de recortar a parte furadinha do feltro. Feito isso, é só descolar a bola. É como se o rostinho formasse uma casquinha. Pelo lado de dentro, é possível notar o brilho da cola, mas a parte externa fica impecável, com a real textura do feltro.

Pronto! Com duas partes prontas, é só unir, preencher, pintar o rostinho, colocar o cabelo e fazer o penteado. Sua cabeça 3D estará pronta para ser adicionada ao corpo da boneca, que pode ser feito de forma tradicional ou articulada.

Técnica de cabeça 3D em bonecos de feltro em vídeo

Neste vídeo, Alinne Pimentel, expert do curso Feltro com pintura e modelagem: João e Maria, ensina de forma super simples e direta a preparar a bola de isopor para fazer uma cabeça 3D em feltro. Você não pode deixar de aprender esta técnica inovadora. Confira:

Por que fazer um curso?

Após nos explicar a técnica da modelagem de cabeça 3D, Alinne Pimentel também salientou a importância de fazer o curso de feltro com pintura e modelagem. “Assim, você visualiza todos os detalhes da confecção da peça, que a princípio pode parecer um pouco complicada de se desenvolver, mas é superfácil. Eu explico todos os detalhes, além de outros ‘pulos do gato'”.

Ela ainda alerta que podem surgir algumas dificuldades, como a quantidade ideal da mistura de cola sobre o feltro, o tempo de secagem e o posicionamento correto do nariz. Esses e outros aspectos, como a aplicação de cabelo, orelhas e gabarito para pintura, são todos ensinados com mais riqueza durante as aulas.

O interessante do curso, além da inovadora técnica de modelagem de cabeça 3D, é que o nível vai subindo com o passar das aulas e você desvenda vários segredos, aprimorando seu trabalho. “Quando preparei o curso, pensei muito nas pessoas que estão começando e não têm muitas ferramentas em mãos, tanto que começo com uma técnica bem básica de feltro”, afirma a especialista.

A própria Alinne foi aluna da eduK e aprendeu muito com os demais experts de várias áreas. “Acredito que a facilidade em poder assistir aos cursos em qualquer horário e local nos aproxima de profissionais que, até então, eram distantes do nosso alcance”, diz a criadora da técnica de modelagem de cabeça 3D.

E aí, gostou da técnica? Tem algum amigo que amaria aprender também? Compartilhe este post em suas redes sociais e espalhe essa ideia!

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitamente diretamente em seu e-mail!