Redes sociais para artesãs: descubra como usá-las para vender mais!

As redes sociais para artesãs são espaços supervaliosos para promover seu trabalho manual, mostrar a cara da sua marca e aumentar as suas vendas. Mas você sabe como usar cada uma delas?

Para tirar o máximo de proveito das ferramentas disponíveis no universo do marketing digital, as artesãs empreendedoras precisam aprender sobre as características das redes e como elas podem ajudam na divulgação do negócio.

Isso porque não se trata de simplesmente vender artesanato.

Você deve mostrar a personalidade da sua marca para provocar uma identificação do público com o que você tem para oferecer.

A seguir, a gente vai mostrar como você pode usar as principais redes sociais do momento:

  • Instagram;
  • Facebook;
  • Pinterest;
  • e YouTube.

Vamos lá?

redes sociais para artesas mulher com simbolo de curtir na cabeca

Conheça as diferentes redes sociais para artesãs e como usá-las a favor do seu negócio

1. Instagram

O Instagram é uma das redes sociais queridinhas no mundo do artesanato. Isso porque ela é bastante visual e conta com diversos recursos para aumentar o engajamento dos usuários com as marcas.

Ainda, consegue se diferenciar das outras redes porque permite mostrar a personalidade das marcas por meio da sua história, de uma aparência homogênea da conta e de publicações consistentes.

Além ser interativo e dinâmico, o Instagram é fácil de usar. A rede também se preocupa em sempre criar novos recursos e melhorar suas ferramentas para diversificar a atuação das marcas.

redes sociais para artesas instagram

Crie um perfil comercial

Se você ainda não tem uma conta para o seu negócio, fique sabendo que o certo é fazer parte da rede com um perfil comercial (específico para empresas, marcas e celebridades).

É possível tanto criar um novo perfil comercial quanto transformar um perfil pessoal em um comercial, que pode estar associado à página da marca no Facebook.

Aqui, vale a pena ressaltar alguns pontos de atenção:

  • crie um nome de usuário único e fácil de achar, ou seja, que não seja parecido com o de outras contas;
  • insira uma descrição clara e direta do seu negócio na bio, mostrando o que a marca faz;
  • defina uma categoria para o negócio;
  • escolha uma foto de perfil, que pode ser o seu logotipo;
  • adicione informações de contato, como telefone, e-mail e endereço;
  • se quiser, insira um link para o seu site, loja virtual ou marketplace.

Explore os diversos formatos de conteúdo

Embora o Instagram ofereça diversos recursos para a geração de conteúdo, nem todas as artesãs sabem como usar os formatos disponíveis da melhor maneira.

A expert Júlia Soares explica que:

“Cada uma delas deve ser usada de maneira estratégica para cativar seu público, informando e estimulando interações, sempre com os objetivos do negócio em mente”.

Por isso, é importante que você entenda as características e vantagens de cada formato:

Feed

Os posts do feed são aqueles que aparecem no seu perfil e na timeline dos seguidores da conta. É onde você consegue publicar imagens, fotografias e vídeos curtos com legendas.

Ainda, é possível editar as fotos, aplicar filtros, marcar outros perfis e produtos da sua loja, adicionar localização e criar posts chamados de “carrossel” (com até 10 fotos).

Stories

Os stories também suportam imagens, fotografias e vídeos, mas em formato vertical. A diferença é que eles ficam disponíveis apenas por 24 horas e ocupam a tela inteira do celular, o que ajuda a prender a atenção do usuário.

Mas qual a diferença entre os posts do feed e os stories? Uma dica é usar os stories para mostrar os bastidores do seu trabalho e provocar interações com o seu público. Você consegue criar uma sensação de proximidade ao compartilhar, por exemplo:

  • o dia a dia da produção;
  • inspirações;
  • seu processo criativo;
  • contar histórias sobre a marca.
IGTV

Já o formato IGTV é perfeito para as postagens de vídeos mais longos que os do feed ou dos stories. Eles ocupam a tela inteira, ficam disponíveis no seu perfil e podem ser curtidos, comentados e compartilhados. Assim como nos stories, no IGTV é possível adicionar links “clicáveis”, enquanto no feed não. 

Reels

O reels é um dos formatos mais recentes do Instagram. Mais do que apenas compartilhar vídeos curtos, o reels conta com recursos para edição, como cortes, efeitos e áudios. Tem um uso similar ao TikTok.

Podem aparecer tanto nos stories quanto no feed dos seus seguidores, receber curtidas e comentários e ser compartilhados. É uma forma de explorar a criatividade para oferecer conteúdos mais dinâmicos, imersivos e divertidos.

Lives

As lives nada mais são do transmissões em vídeo feitas em tempo real. É como se os usuários estivessem assistindo a um canal ao vivo da sua marca. Funciona muito bem para aumentar a interação com aqueles que se interessam pelo seu trabalho.

Além disso, é uma oportunidade de ser descoberto por outras pessoas, pois você pode fazer parcerias com outras marcas para conversar sobre temas relevantes e promover interações entre os públicos do seu e de outros perfis.

Explore as ferramentas de interação e engajamento

Para vender mais pelo Instagram, você não depende apenas da quantidade de seguidores ou do alcance das suas publicações, mas sobretudo das interações e do grau de engajamento dos usuários com a sua marca.

Ao falar sobre os formatos de conteúdo, a gente deu uma pincelada sobre como eles colaboram com essas trocas. Mas saiba que você pode explorar outras ferramentas disponíveis.

Direct Message (DM)

A mensagem direta é ótima para você tirar dúvidas individuais dos seguidores e trocar ideias em particular, funcionando como um canal de atendimento da sua marca. Pelo DM, também é possível enviar links direto para a pessoa com quem está conversando.

Por isso, sempre responda o mais rápido possível, seja educada e simpática para conquistar o público e aumentar as chances de venda. Isso é algo que vale para todas as redes sociais para artesãs.

Use recursos dos stories

Nos stories, é possível instigar as pessoas a interagir com as publicações por meio de recursos que você já deve ter visto, como, por exemplo:

  • contagens regressivas;
  • convites para mandar uma DM;
  • perguntas;
  • testes de múltipla escolha;
  • e enquetes.

Loja

O Instagram também se diferencia das outras redes sociais para artesãs quando o assunto é venda, por conta do recurso Loja, que permite que as artesãs forneçam informações detalhadas sobre seus produtos, incluindo valores e formas de comprá-los.

Tanto nas publicações do feed quanto dos stories, você pode incluir tags dos produtos. Ao clicar nas tags, a pessoa encontra as informações que procura, consegue acessar a página da sua loja virtual dentro do aplicativo e comprar os produtos.

Ou seja, traz mais praticidade para o processo de compra, já que o cliente não precisa enviar uma mensagem ou migrar para outro lugar.

Para usar o recurso, você precisa configurá-lo por meio da página da sua marca no Facebook. Além disso, é necessário ter uma página de venda online, que pode ser sua própria loja ou um marketplace.

Também é preciso garantir que as contas das suas redes sociais estejam sintonizadas e respeitem as políticas. Depois de tudo isso, o perfil de compras precisa ser aprovado pelo Instagram para começar a funcionar.

2. Facebook

O Facebook é uma das redes sociais que os brasileiros mais usam. Embora muitos usuários estejam deixando de usá-la – dando preferência para o Instagram –, ela ainda é uma das redes sociais para artesãs mais importantes.

E sabe por quê?

Porque ela reforça o sentido das comunidades, espaços em que as pessoas se unem em torno de interesses comuns. Mas vamos explicar isso melhor mais adiante!

redes sociais para instagram facebook

Configure sua fanpage

O primeiro passo é criar uma página comercial, também chamada de fanpage. Assim, você consegue se conectar a quantas pessoas quiser, fazer anúncios pagos e personalizar a página com as informações sobre o seu negócio.

Use os diversos formatos de post

Faça publicações de diferentes tipos para apresentar a história da marca, produtos, promoções e conteúdos que sejam interessantes para o seu público. Elas podem ser feitas nos seguintes formatos:

  • status: um texto corrido sem imagens;
  • imagem ou fotografia com legenda;
  • vídeo com legenda;
  • enquete;
  • link;
  • e story.

Participe de grupos

Os grupos são ótimos espaços para quem trabalha com artesanato. Eles podem reunir pessoas interessadas em discussões, pesquisas ou alguma personalidade. Mas o que mais interessa para a gente aqui são os grupos de compra e venda!

Você pode fazer uma busca para encontrar os grupos onde seus potenciais clientes podem estar e onde seja permitido divulgar seu negócio. A expert Júlia Soares tem uma excelente dica:

“Lembre-se de que os grupos são compostos por pessoas com interesses em comum, mas que não querem ver propagandas; querem se conectar com histórias. Portanto, apresente seu negócio de forma pessoal para gerar conexão”.

Use o Messenger

Por meio do Messenger, você consegue trocar mensagens individuais e privadas com os seus clientes. Portanto, é uma ótima ferramenta para se aproximar deles, tirar dúvidas e apresentar seus produtos de forma mais pessoal.

Crie catálogos de produtos

Você também pode ter uma loja dentro da fanpage do seu negócio no Facebook. Se você tiver um e-commerce e a plataforma usada permitir, é possível configurá-la como fonte de dados dos seus produtos. Do contrário, eles devem ser configurados “manualmente”.

3. Pinterest

Para quem trabalha em áreas criativas, o Pinterest é apaixonante! Isso porque ele está recheado de fontes de inspiração vindas do mundo inteiro. É justamente por isso que ele se diferencia das outras redes sociais para artesãs.

Você pode fazer pesquisas por meio de palavras-chave relacionadas ao seu tema de interesse. Além de conhecer produtos de outras marcas, a busca coloca você em contato com, por exemplo, combinações de cores, estampas, estilos de decoração, temas de festas infantis e muito mais!

redes sociais para artesas pinterest

Saiba que é possível salvar os pins que você gostou em pastas que podem ser consultadas a qualquer momento. Essas pastas podem tanto ser públicas – todos podem ver – quanto secretas – só você tem acesso.

Portanto, o Pinterest funciona como um espaço de aprendizado para que você consiga evoluir cada vez mais no artesanato. Isso porque contribui com novas ideias e, ao mesmo tempo, ajuda você a criar um estilo próprio com base nas maiores tendências do momento.

Divulgar seus artesanatos no Pinterest por meio de uma conta business é outra possibilidade oferecida pela rede social. E, a partir de abril de 2021, também se tornou possível fazer anúncios no Brasil. Você pode explorar mais essa ferramenta para vendas. 

Uma opção legal é criar pastas apenas para os seus produtos. Ainda, você pode usar os rich pins, também chamados de “pins avançados de produto”, nos quais você pode adicionar informações atualizadas sobre as suas peças, preços e disponibilidade.

4. YouTube

Comparado às outras redes sociais para artesãs, o YouTube talvez ainda seja pouco explorado pela maioria. Apesar de não ser, necessariamente, uma ferramenta para venda, ele ajuda você a promover o seu negócio de um jeito diferente.

Você pode, por exemplo, produzir vídeos mostrando o passo a passo de como fazer uma peça artesanal.

redes sociais para artesas passo a passo youtube

Conteúdos desse tipo são excelentes para fazer com que tanto você quanto a sua marca se torne referência em um determinado tipo de artesanato.

Quem sabe, a partir do interesse do público nesses tutoriais, você não possa começar a vender cursos pela internet? É mais uma maneira de aumentar o faturamento do seu negócio.

Pronta para usar as redes sociais para artesãs?

O objetivo deste artigo foi deixar claro para você quais são as melhores formas de usar cada uma dessas redes para promover sua marca. Afinal de contas, embora elas ofereçam formatos semelhantes de conteúdo, os propósitos são diferentes.

É aí que mora a grande sacada!

Conhecendo as características do Instagram, Facebook, Pinterest e YouTube, você se torna capaz de aproveitar ao máximo as vantagens que as redes sociais para artesãs oferecem.

O que acha de aprofundar os seus conhecimentos para vender mais? No curso “Instagram: como usar e alavancar suas vendas on-line”, você tira todas as suas dúvidas e fica por dentro dos principais segredos para promover o seu pequeno negócio! 

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!




    Fale o que você pensa

    O seu endereço de e-mail não será publicado.