como vender brownies receita

8 coisas que você precisa saber para começar a vender brownies

Amado por muitos, o brownie é praticamente unanimidade entre quem gosta de doce. Por isso, vender brownies é uma boa opção para quem quer começar na confeitaria.

Além de ser um doce bem democrático, o brownie não é difícil de fazer. E é também uma receita rápida: a massa não exige descanso, e o tempo de forno é curto.

como vender brownie

Animou? Quer começar a vender brownies?

Vamos ajudar! Neste post, elencamos oito coisas fundamentais que você precisa saber, desde abrir o seu negócio até a apresentação do brownie.

Confira!

A origem do brownie

O brownie surgiu nos Estados Unidos e, assim como os cookies, é bastante popular no país.

O nome já dá a dica: o brownie tem cor marrom escura, devido às quantidades generosas de chocolate na massa. 

Pode-se dizer que ele é um tipo de bolo, mas há diferenças cruciais: o brownie não cresce (pode dispensar o fermento!); tem uma massa densa e não areada (por isso, esqueça o fuet, o batedor de arame, e prefira uma espátula para misturar a massa); é bem molhadinho por dentro e tem uma casquinha crocante por fora.

Estima-se que o brownie tenha surgido no início do século XX (o livro Larrousse Gastonomique indica que ele pode ter nascido em 1896), muito provavelmente na região de New England, nos Estados Unidos. Há muitas lendas que contam a origem do doce. A mais famosa delas diz que, ao tentar fazer bolo, uma senhora se esqueceu do fermento. Mas ela resolveu servir o bolo do jeito que ele saiu do forno: em fatias planas.

Dicas para começar a vender brownie

O mercado de bolos hoje

Não importa o tipo de bolo que você escolha vender: tanto os bolos tradicionais quanto as receitas que provêm deles – como é o caso do brownie – tem um bom mercado, devido à alta popularidade dos doces e às receitas que podem remeter a memórias de família, entre outras razões.

O fato é que a aceitação desse produto no mercado nacional já faz parte da cultura dos brasileiros. As pessoas já estão familiarizadas com os bolos por meio de receitas caseiras antigas.

O mercado de bolos vem crescendo bastante no Brasil. A previsão do mercado global de confeitaria e doces é que sejam movimentados US$ 2,5 bilhões em receitas até 2025. Nada mal investir em uma área com essas perspectivas, não é?

Como abrir um negócio para vender brownie

Abrir um negócio pode ser bem mais fácil do que se imagina. Se você for começar com uma produção pequena – como a grande maioria dos iniciantes faz -, basta ter uma MEI, uma empresa para Micro Empreendedor Individual para já começar de forma profissionalizada. 

Com a MEI, é possível obter dispensa de alvará. Você pode fazer os brownie mesmo na cozinha da sua casa, respeitando, é claro, as exigências e recomendações da vigilância sanitária.

Após abrir a MEI, você terá um CNPJ. Com ele, é possível fazer compras com fornecedores que abastecem restaurantes, padarias e outros estabelecimentos alimentícios. Assim, você pode ter acesso a bons insumos e ainda economizar nas suas compras! 

Como vender brownies

Como a receita de brownie é rápida (confira mais abaixo), o doce é uma boa opção para quem quer vender no esquema “pronta entrega”. As vendas pela internet, por exemplo, podem ficar mais fáceis dessa forma. Use e abuse do Instagram e do Whatsapp Bussinnes, que são ferramentas gratuitas que rendem bons resultados, quando bem usadas.

Outra opção é se afiliar a aplicativos de entrega – tendo o CNPJ e a MEI, é possível. Essa forma de venda é mais cara (em média, os aplicativos cobram comissão de 25% sobre as vendas), mas, por outro lado, o confeiteiro não precisa se preocupar com questões de logística, como entregas e meios de pagamento, e pode se concentrar apenas na cozinha.

Quer vender os brownies presencialmente? A boa notícia é que não é preciso necessariamente abrir um estabelecimento para isso. É possível procurar parcerias com padarias, lojas e supermercados, que podem disponibilizar os brownies aos clientes nos caixas. Outra opção é fornecer para restaurantes que não tenham cozinha de confeitaria.

Dicas para vender brownie

Como deixar o brownie denso e molhadinho por dentro

Um dos maiores chamarizes do brownie é sua consistência densa e bem úmida por dentro, com uma casquinha crocante por fora. Para atingir esse resultado, é preciso prestar atenção em alguns passos da receita.

Já mencionamos o utensílio correto para misturar a massa: uma espátula, seja de silicone, de madeira ou de plástico. Se for bater a massa na batedeira, use a raquete para a mistura de massas de densidade média.

O fuet, ou batedor de arame, é indicado para misturar, por exemplo, os ovos, o açúcar e a manteiga. Mas deixo-o de lado na hora de misturar a farinha! O fuet costuma deixar a massa bem areada, como um bolo tradicional – e essa não é a consistência correta do brownie.

Para que o interior fique bem úmido, sempre derreta a manteiga (e espere que esfrie, antes de adicionar à receita!). Outra opção é também usar chocolate derretido, além do chocolate em pó.

Misturar bem a massa, até que fique bem homogênea, é fundamental para criar aquela casquinha crocante e deliciosa por fora.

E atenção ao forno! Para que o brownie não fique seco por dentro, é necessário que o forno esteja em temperatura baixa (entre 160ºC e 180ºC) e que não ultrapasse o tempo recomendado (no geral, as receitas recomendam de 15 a 30 minutos de forno).

Ouse nas receitas e combinações

É verdade que todo mundo adora o brownie tradicional, aquele com bastante chocolate! Mas é possível incrementar o doce (que tal adicionar uma crocância, com nozes ou castanhas?) e até criar sabores totalmente inovadores.

como vender brownies receita

Em seu curso de brownies, o chef confeiteiro Lucas Corazza ensina receitas bem criativas. Confira uma delas abaixo e inspire-se!

Monkeybrownie (Brownie de chocolate ao leite com banana ganache)

Ingredientes:

  • 300 g de manteiga sem sal
  • 160 g de açúcar refinado
  • 180 g de açúcar mascavo
  • 5 ovos
  • 140 g de farinha de trigo
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher (chá) de noz-moscada ou canela
  • 240 g de chocolate ao leite
  • 400 g de banana maduras

Ganache de chocolate:

  • 1 fava de baunilha
  • 200 g de creme de leite fresco
  • 30 g de açúcar líquido invertido
  • 35 g de manteiga sem sal
  • 200 g de chocolate 70% cacau

Modo de preparo:

  • Numa batedeira com a raquete, bata a manteiga com os dois açúcares (refinado e mascavo)
  • Adicione os ovos em temperatura ambiente um a um
  • Peneire a farinha de trigo e misture com o sal e a noz-moscada
  • Misture à manteiga
  • Adicione o chocolate ao leite derretido e bata até ficar homogêneo
  • Despeje a massa em uma assadeira com papel manteiga e depois espalhe a banana em fatias por cima da massa
  • Leve ao forno pré-aquecido a 160 graus por aproximadamente 20/30 minutos
  • Reserve e corte em formato circular

Ganache de chocolate:

  • Coloque a fava de baunilha aberta e raspada no creme de leite fresco junto com o açúcar líquido invertido e leve ao fogo alto até que levante fervura
  • Remova do fogo, agregue a manteiga derretida e cubra com um filme plástico. Deixe descansar fechado por 10 minutos 
  • Aqueça novamente e despeje sobre o chocolate 70% cacau
  • Com um bico estrela, faça rosas sobre os brownies para decorá-los.

Capriche nas embalagens e na decoração

Primeiro, come-se com os olhos, certo? Por isso, é muito importante caprichar na embalagem e na decoração do seu brownie. 

Dependendo da receita, pode ser que o doce fique bem mole – é o caso do brownie com doce de leite, do chef Lucas Corazza. Por isso, é preciso pensar bem em qual embalagem valoriza o seu produto, além de ser bonita. Corazza recomenda, por exemplo, servir os brownies mais moles em marmitas, que podem ficar super charmosas!

Para os brownies mais firmes, há a opção de caixinhas decoradas. Se você quiser deixar o doce bem à vista – o que também é bastante convidativo para os consumidores – embale-o em plástico transparente e amarre caprichosamente com uma fita ou cordão bonitos.

Aproveite feriados e datas especiais

A vantagem do brownie é que ele é um doce versátil e cai bem em qualquer data especial!

A Páscoa, por exemplo, é uma ótima oportunidade para aumentar as vendas – já pensou em fazer brownies recheados ou até ovo de Páscoa no sabor brownie? Animou? Confira esse curso de planejamento e produção para negócios de Páscoa, de Roberta Abud, que traz receita de brownie.

Dia das Crianças e Natal são outras datas que podem alavancar suas vendas. E lembre-se de, além de inovar nas receitas, caprichar bem nas embalagens, para evocar a alegria desses feriados!

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!