bolos-decorados-calcular-preco

Saiba como calcular o preço de um bolo decorado

Uma das maiores dificuldades de quem comercializa produtos ou serviços é saber como calcular o preço daquilo que se vende. No caso da Confeitaria, essa questão não é diferente! Pensando nisso, o cake designer Ramon Serpa, experiente no ramo desde 2008, preparou um material especial para ajudar quem, assim como ele, trabalha com bolos decorados. É o seu caso? Então, papel e caneta na mão para conferir já se os seus valores estão sendo feitos da forma correta.

Saiba como calcular o preço do seu produto de forma correta a garantir lucro para o seu negócio
Saiba como calcular o preço do seu produto de forma correta a garantir lucro para o seu negócio

>> Clique aqui e aprenda agora mesmo a fazer uma cobertura cremosa perfeita! Faça bolos incriveis!

Saiba como calcular o preço de um bolo decorado

Para cobrar um bolo, ou qualquer outro produto, a primeira coisa que se deve fazer é uma FICHA TÉCNICA para saber o quanto foi gasto para a produção.

  • Esse bolo que vamos tomar como base, tem 18×18 centímetros na base, com 12 centímetros de altura, sendo bolo de verdade.  O topo é um isopor de 14×14 centímetros, com 12 centímetros de altura também
  • Para fazer o bolo, usamos três massas de bolo tradicional para formas de 20 centímetros de diâmetro, porém, em uma forma quadrada
  • Abaixo vamos listar todo o material que foi gasto para essa produção
  • Todas as receitas estão no material complementar dos cursos de bolos ensinados por Ramon Serpa, na eduK
Ramon Serpa ensina, na eduK, como ser um confeiteiro completo!

 

  • Esse é o valor total de produtos utilizados, porém também é necessário cobrar luz, gás, água que foram utilizados, então, pode-se adicionar 5% do valor, que ficaria R$ 5,48, totalizando R$ 115,18.
  • Esse é o valor de produção, e, caso fosse um bolo sem decoração artística, em uma confeitaria tradicional, você poderia adicionar 200% em cima do valor para vender o bolo, totalizando R$ 329,10.
  • Porém, esse é um trabalho totalmente artístico, e sobre esse valor você pode cobrar a arte que colocou nele, adicionando valor sobre as horas que você gastou nessa produção. Por exemplo: o valor da sua hora de trabalho é de R$ 50,00 e você precisou de 4 horas para a produção desse bolo que tem flores e suculentas tão detalhadas. Além dos R$ 329,10 reais, você cobraria mais R$ 200,00, totalizando R$ 529,10.
  • Essa é uma ideia de como cobrar seu produto, mas você pode se adequar a demanda da região onde você trabalha.
  • Os valores dos produtos são baseados em pesquisas de mercados do sul do Brasil.
  • O valor da sua hora pode ser baseado na quantidade de cursos de especialização que você já fez, horas que você se dedica à confeitaria e qualidade do trabalho.

 

E como se calcula a hora do trabalho? Vamos lá!

Embora todos saibam que essa é uma tarefa extremamente necessária, muitas pessoas têm duvidas de como estipular esse valor. Mas, é super importante descobrir quanto custa a sua hora de trabalho. Afinal, como se deve fazer esse cálculo?

Em primeiro lugar, é preciso ter o seu tempo bem gerenciado, com uma rotina organizada, e horários de trabalho claros para você. Dessa forma, o cálculo fica mais simples, uma vez que você precisará definir quanto tempo pretende trabalhar para alcançar o salário que você deseja ter. Mas, atenção, seja realista!

Feito isso, basta dividir o valor do seu salário pelo número de horas que vai trabalhar. O resultado dessa conta representa o valor de sua hora de trabalho. Ou seja, esse é o valor que você deverá acrescentar no cálculo do preço final do seu bolo.

Exemplo do cálculo

Que tal deixar essa conta mais fácil de entender? Por exemplo, vamos supor que você decida trabalhar 5 horas por dia e 5 dias por semana. Afinal, para quem trabalha por conta própria, é muito importante não esquecer dos dias de descanso!

5 horas por dia x 20 dias em um mês = 100 horas por mês

Para calcular o valor de cada hora, basta pegar o valor que você pretende ganhar (vamos supor que a sua meta seja ganhar 5000 reais por mês) e dividir pelo total de horas do mês (100).

5000 ÷ 100 = 50,00

O valor da sua hora de trabalho, nesse caso, é de 50,00.

Do clássico ao contemporâneo: o preço tem que ser justo para quem vende e para quem compra!
Do clássico ao contemporâneo: o preço tem que ser justo para quem vende e para quem compra!

 

Ficou fácil? Não se esqueça que o preço deve, necessariamente, trazer lucro para o seu negócio mas também tem que ser justo para quem paga por ele. Afinal, o seu cliente precisa sempre estar satisfeito para continuar comprando os seus produtos. Além disso, os produtos artesanais podem ter valor agregado e variar conforme o seu público alvo e área de atuação.

Como ter ajuda no seu negócio

Se você trabalha com gastronomia ou confeitaria, além de muito amor pela profissão, também é necessário estar sempre atualizado com as tendências do mercado e aprender novas receitas, certo? A eduK é uma plataforma de cursos online altamente reconhecida por ter aulas com chefs incríveis que ensinam as mais diversas receitas, das mais simples àquelas super sofisticadas e autorais. Porém, para realmente viver da sua paixão – com o padrão de vida que você deseja – é preciso ir além da mão na massa!

Assim, a padronização das receitas, a organização das preparações, o controle de custos e a definição do preço de venda são essenciais para o sucesso do seu empreendimento. É para esses fins que a ficha técnica é fundamental e, para desmistificar a ideia de que montar as fichas técnicas é algo complicado e enfadonho, Adriana Furquim, consultora em Gestão de Negócios na área de alimentação, preparou toda a assessoria necessária para te capacitar por completo nessa parte tão importante da gestão do seu negócio.

No curso, é utilizado como principal material de apoio uma planilha modelo de ficha técnica e, a partir dela, destrinchamos item por item, destacando o uso, a aplicação e a importância de cada parte da ficha. Com linguagem descomplicada e aulas dinâmicas, você verá que montar fichas técnicas pode ser simples e que elas são a principal base para a construção de melhores resultados no seu negócio. Abaixo, no vídeo, você confere um pouco mais sobre precificação.

Boas vendas e siga nosso instagram e youtube para mais dicas!

Powered by Rock Convert

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!




5 Comentários

    Olá gostaria de saber qto devo cobrar para um bolo confeitado ,porém sem recheio so chantilly por fora para ensaio fotográfico

    Boa noite! Gostaria de uma ajuda por favor.
    Gostaria de saber, como faço pra calcular uma arte no bolo de pasta americana de 15 anos…
    Exemplo: um bolo com detalhes dourados , com rosas e coroas tudo de pasta?
    Como faço pra calcular a arte de um bolo de 8 kilos por favor??
    Agradeço desde já…

      Oi, Jake! Tudo bem?
      Que pergunta difícil… Mas acho que eu sei bem como te ajudar!
      Dá uma olhadinha no nosso curso de ficha técnica de alimentos! Nele, temos um guia completo pra te ajudar a precificar suas criações 😉

      Se precisar de mais ajuda, pra assistir ou assinar nossos conteúdos, manda um e-mail para meajuda@eduk.com.br ou vem por aqui, ó: https://assinatura.eduk.com.br/

    Gostaria de saber como calcular o valor por quilo, se possível.

    Obrigada!

    olá, gostaria de saber o peso final do bolo do Ramon Serpa para cálculo do valor sugerido, grata Sueli.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.