Black Friday 2023

🔥 Descontão de 67% off!
Apenas 12x de R$ 9,90

Dias
Horas
Minutos
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Saiba como calcular o preço de um bolo decorado

Uma das maiores dificuldades de quem comercializa doces e bolos é saber como calcular o preço de um bolo decorado. Na verdade, o cálculo de produtos e serviços já costuma ser um assunto complexo. E quando envolve um trabalho artístico como a decoração de bolos? Mais difícil ainda, certo?

Mas calma. Aqui no blog da eduK a gente está empenhado em tornar esse assunto um pouco mais fácil. No entanto, vale lembrar que não existem fórmulas mágicas. Se você pretende ser uma confeiteira profissional e viver do seu trabalho, não dá para fugir de uma correta precificação. Caso contrário, você poderá afugentar os seus clientes ou, pior ainda, ficar no prejuízo!

Pensando nisso, pegamos umas dicas com o cake designer Ramon Serpa, experiente no ramo desde 2008. Junto com ele, a eduK preparou um material especial para ajudar quem, assim como ele, trabalha com bolos decorados. É o seu caso? Então, papel e caneta na mão para conferir já se os seus valores estão sendo feitos da forma correta.

como calcular preço de bolo, bolo de noiva quadrado em dois andares, cinza com flores rosas

>> Clique aqui e aprenda agora mesmo a fazer uma cobertura cremosa perfeita! Faça bolos incriveis!

Saiba como calcular o preço de um bolo decorado

Para cobrar um bolo, ou qualquer outro produto, a primeira coisa que se deve fazer é uma FICHA TÉCNICA para saber o quanto foi gasto para a produção. Se você já prepara e vende doces, sabe que a padronização das receitas é essencial para um negócio profissional. Além de garantir a padronização, as fichas técnicas também são essenciais para um preparo organizado, o controle de custos e, por consequência, a definição do preço de venda.

A verdde é que montar uma ficha técnica para cada receita, dá trabalho sim. Porém, só precisa ser feito uma única vez e, depois, agiliza todo o proceso. Aqui na eduK, a expert Adriana Furquim, consultora em Gestão de Negócios na área de alimentação, dá toda a assessoria necessária para te capacitar a fazer uma ficha técnica impecável e o material complementar do curso inclui a planilha modelo. Você só precisa preencher com a sua receita! Assim fica mais fácil, né?

Aqui para nosso exemplo, temos um bolo que vamos tomar como base. Ele tem 18×18 centímetros na base, com 12 centímetros de altura, sendo bolo de verdade. O topo é um isopor de 14×14 centímetros, com 12 centímetros de altura também

Para fazer o bolo, usamos três massas de bolo tradicional para formas de 20 centímetros de diâmetro, porém, em uma forma quadrada. Abaixo, vamos listar todo o material que foi gasto para essa produção, para você entender exatamente como foi calculado aqui.

como calcular preço de bolo decorado, ramon serpa finalizando o topo de um bolo de casamento com flores

 

como calcular preço de bolo decorado, planilha com lista de materiais e preços

Quais são os outros custos?

Na tabela acima, temos o valor total de produtos utilizados, porém também é necessário cobrar luz, gás, água, internet que foram utilizados. Esse valor em conjunto, que são aquelas contas que não variam muito de mês a mês, são os chamados “custos fixos” e devem ser considerados. Se você trabalha em casa, por exemplo, a dica é dividir essas contas mensais por 2, para se aproximar de um valor que corresponda ao seu negócio, sem tanta interferência do consumo da sua família.

Além dos custos dos ingredientes e do custo fixo, outros custos podem entrar no seu cálculo: pense bem se você vai usar embalagem ou fazer anúncios pagos nas redes sociais, por exemplo. Não esqueça de incluir esses valores no seu cálculo, sempre de forma proporcional à uma unidade (1 bolo decorado). Para conhecer esse  cálculo com mais detalhes, leia nosso blogpost Como calcular o custo e o preço de produtos alimentícios, onde a gente explica os passos desde a etapa mais básica.

Agora, adicione o custo da sua mão de obra. Sim! Você precisa colocar no custo de sua produção o valor do seu trabalho. No tópico abaixo, vamos explicar com exemplo, para ficar bem simples. O importante é você saber quanto vale a sua mão de obra por hora, e quantas horas leva para fazer e decorar o bolo. Por exemplo: se o valor da sua hora de trabalho é de R$ 50,00 e você precisou de 4 horas para a produção desse bolo, adicione 200 reais. O que você deve prestar atenção ao determinar o valor da sua remuneração? Ele pode ser baseado na quantidade de cursos de especialização que você já fez e na qualidade do trabalho, por exemplo. Nesse exemplo, um bolo que tem flores e suculentas tão detalhadas, só pode ser feito por um confeiteiro com experiência.

Também é possível cobrar por esse diferencial (decoração artística) por meio da margem de lucro. Por exemplo, caso fosse um bolo sem decoração artística, em uma confeitaria tradicional, você poderia adicionar sua margem de lucro em cima do valor para vender o bolo conforme o padrão na confeitaria, que costuma variar entre 30% e 50%. Porém, como dissemos, esse é um trabalho totalmente artístico e, por isso, você pode aumentar o valor da sua hora de trabalho ou aumentar a sua margem de lucro. Para entender melhor essas variáveis, a gente preparou um texto super completo aqui no blog que explica a relação entre fase do negócio, margem de lucro e remuneração. Recomendamos a leitura!

E aí, ficou mais simples? Essa é uma ideia de como cobrar seu produto. Mas, você também precisa olhar para o mercado, para a concorrência e se adequar a demanda da região onde você trabalha.

E como se calcula a hora do trabalho? Vamos lá!

Embora todos saibam que essa é uma tarefa extremamente necessária, muitas pessoas têm duvidas de como estipular esse valor. Mas, é super importante descobrir quanto custa a sua hora de trabalho. Afinal, como se deve fazer esse cálculo?

Em primeiro lugar, é preciso ter o seu tempo bem gerenciado, com uma rotina organizada, e horários de trabalho claros para você. Dessa forma, o cálculo fica mais simples, uma vez que você precisará definir quanto tempo pretende trabalhar para alcançar o salário que você deseja ter. Mas, atenção, seja realista!

Feito isso, basta dividir o valor do seu salário pelo número de horas que vai trabalhar. O resultado dessa conta representa o valor de sua hora de trabalho. Ou seja, esse é o valor que você deverá acrescentar no cálculo do preço final do seu bolo.

Exemplo do cálculo:

Que tal deixar essa conta mais fácil de entender? Por exemplo, vamos supor que você decida trabalhar 5 horas por dia e 5 dias por semana. Afinal, para quem trabalha por conta própria, é muito importante não esquecer dos dias de descanso!

5 horas por dia x 20 dias em um mês = 100 horas por mês

Para calcular o valor de cada hora, basta pegar o valor que você pretende ganhar (vamos supor que a sua meta seja ganhar 5000 reais por mês) e dividir pelo total de horas do mês (100).

5000 ÷ 100 = 50,00

O valor da sua hora de trabalho, nesse caso, é de 50,00.

como calcular o preço de bolo decorado, bolo de casamento com três andares, base dourada e flores enfeitando

Ficou fácil? Não se esqueça que o preço deve, necessariamente, trazer lucro para o seu negócio mas também tem que ser justo para quem paga por ele. Afinal, o seu cliente precisa sempre estar satisfeito para continuar comprando os seus produtos. Além disso, os produtos artesanais podem ter valor agregado e variar conforme o seu público alvo e área de atuação.

Como ter ajuda no seu negócio

Se você trabalha com gastronomia ou confeitaria, além de muito amor pela profissão, também é necessário estar sempre atualizado com as tendências do mercado e aprender novas receitas, certo? A eduK é uma plataforma de cursos online altamente reconhecida por ter aulas com chefs incríveis que ensinam as mais diversas receitas, das mais simples àquelas super sofisticadas e autorais. Porém, para realmente viver da sua paixão – com o padrão de vida que você deseja – é preciso ir além da mão na massa! Saber, no detalhe, como calcular o preço de um bolo é fundamental para evitar prejuízos.

Assim, a padronização das receitas, a organização das preparações, o controle de custos e a definição do preço de venda são essenciais para o sucesso do seu empreendimento.

Como dissemos, é para esses fins que a ficha técnica é fundamental, o seu primeiro passo. Para desmistificar a ideia de que montar as fichas técnicas é algo complicado e enfadonho, Adriana Furquim pode capacitar você por completo nessa parte tão importante da gestão do seu negócio. Ainda não ficou convencido?

Assista a um trechinho desse curso no vídeo abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=YOGyWQsrWCc

Nesse curso, é utilizado como principal material de apoio uma planilha modelo de ficha técnica e, a partir dela, destrinchamos item por item, destacando o uso, a aplicação e a importância de cada parte da ficha. Com linguagem descomplicada e aulas dinâmicas, você verá que montar fichas técnicas pode ser simples e que elas são a principal base para a construção de melhores resultados no seu negócio.

Que tal dar o primeiro passo para, de uma vez por todas, acertar na precificação? A gente te espera aqui na eduK com o curso Ficha técnica de alimentos: guia passo a passo. 

[rock-convert-cta id=”27216″]

Comentários

5 respostas

  1. Boa noite! Gostaria de uma ajuda por favor.
    Gostaria de saber, como faço pra calcular uma arte no bolo de pasta americana de 15 anos…
    Exemplo: um bolo com detalhes dourados , com rosas e coroas tudo de pasta?
    Como faço pra calcular a arte de um bolo de 8 kilos por favor??
    Agradeço desde já…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Fique por dentro

Preencha os campos abaixo e não perca as nossas novidades!