Boneca russa: passo a passo para fazer e vender

Quem conhece esse tipo de artesanato sabe que o fascínio pela boneca russa é um caminho sem volta, tanto para quem faz quanto para quem compra. Mas o que é que essas bonecas têm de tão especial?

É sobre isso que vamos falar no post de hoje.

Além de compartilhar aqui as principais características e origem da boneca russa, a gente separou dicas maravilhosas para quem quer fazer e ganhar dinheiro com essas belezinhas!

Pronta para conferir?

O que é uma boneca russa

Originalmente, a boneca russa é aquele tipo de boneca de pano rígida, feita para ficar em pé. Diferentemente das bonecas feitas para criança brincar, ela tem um propósito mais decorativo, sendo usada em quartos de bebê, festas de aniversário e outros ambientes que combinam com objetos que lembram “casa de vó”.

Para parar em pé, as bonecas russas precisam ser bem estruturadas e ter os pezinhos com formato quadrado. E costumam ser feitas com cabelos sintéticos, que dão um ar bem autêntico para elas.

Mas o que mais chama a atenção é o rostinho: sem boca, apenas com olhos simples pintados no tecido e bochechas coradas. Isso faz com que elas sejam ainda mais especiais, sabia?

Isso porque as bonecas russas se expressam por meio do olhar. Quando a gente olha para uma delas, são os nossos próprios sentimentos que estão lá, pois a expressão dos olhinhos da boneca tem a ver com a nossa percepção naquele exato momento.

Se você está feliz, a boneca russa parece estar com um rostinho feliz, apesar de não ter um sorrido estampado. Mas se você se sente triste, ela adquire uma aparência de tristeza também. Faça o teste!

De onde veio a boneca russa

“Boneca russa” é um termo pelo qual as bonecas de pano com essas características que acabamos de falar ficaram conhecidas no Brasil. Ou seja, é um nome meio abrasileirado, mas que pegou no universo do artesanato.

Mas é claro que existe uma explicação para isso: as russas realmente são grandes especialistas na confecção de bonecas de pano – entre outros tipos de artesanato.

Elas desenvolvem bonecas de diferentes estilos, com detalhes e acabamentos variados, que acabam servindo de inspiração para as artesãs brasileiras. Por isso, quanto se trata de boneca de pano, as produções russas são as primeiras a serem lembradas.

Ao fazer uma busca na internet, você provavelmente vai encontrar resultados sobre outro tipo de boneca russa, as “matrioskas”. São aquelas bonequinhas de tamanhos diferentes que podem ser guardadas uma dentro da outra. A matrioska é muito famosa no mundo inteiro, um símbolo da cultura da Rússia no olhar de quem é de fora. Além de simbolizar a família, essas bonequinhas guardam muitas histórias, significados e até lendas.

Apesar de não ser sobre elas que estamos falando aqui, se você vai trabalhar com a boneca russa de pano, é importante saber disso. Fica a dica.

6 dicas para fazer e vender boneca russa

1. Mergulhe no universo infantil

Como já foi comentado aqui, tanto a boneca russa quanto as demais bonecas de pano estão ligadas ao mundo infantil. Várias mamães ficam apaixonadas por elas principalmente na hora de compor a decoração dos quartos ou das festinhas de aniversário dos filhos.

Portanto, caso você ainda não trabalhe nesse nicho, vale a penha conhecer bem o universo infantil antes de começar a produzir as bonecas russas. Dessa forma, você vai entender melhor sobre as características, desejos e necessidades do seu público.

Busque, por exemplo, saber mais sobre artesanato para bebês, decoração de quarto, festa infantil, peças buscadas pelas mães, entre outros temas. Tudo o que gira em torno do mundo das bonecas, é bom você conhecer.

2. Faça um curso com quem entende do assunto

Geralmente quem começa a trabalhar com confecção de bonecas russas são artesãs que já têm uma certa bagagem. Afinal, são peças que exigem um pouco mais de domínio de técnicas de costura e modelagem.

Por isso, nossa primeira dica para qualquer pessoa que pretenda trabalhar com isso é investir em bons cursos de como fazer boneca russa. É o melhor jeito de aprender os principais truques para fazer bonecas de alta qualidade e com ótimo acabamento.

Você aprende o passo a passo completo de como montar e estruturar cada parte do corpo da boneca, conhece os diferentes estilos e desenvolve novas técnicas para fazer produtos únicos.

3. Siga uma trilha de aprendizagem

Não tem experiência, mas quer muito começar a fazer boneca russa? Embora os cursos sejam mais avançados, nada impede que você invista no desenvolvimento de habilidades que precisa para chegar lá.

Se é isso o que você quer, a gente tem algumas sugestões de cursos da eduK para você começar a se preparar:

Então, conforme você ganha familiaridade e evolui nas técnicas, fica mais fácil partir de vez para as bonecas mais sofisticadas.

boneca-russa-fadas-e-elfos

4. Aprenda a fazer diferentes roupas e sapatinhos

Já parou para pensar no que faz com que cada boneca russa se diferencie? Ou o que torna o trabalho de cada artesã único? Este é um daqueles casos em que o diferencial está nos detalhes.

Depois de aprender a fazer a estruturação das bonecas, você pode abusar da criatividade para desenvolver roupas e sapatos para as suas produções. Aproveite para colocar um pouco do seu estilo nelas. Quem sabe isso não ajuda na hora de encontrar um público específico?

Suas bonecas podem vestir peças de roupas, estampas e chapéus diferentes. Também podem usar tênis, botas, sapatinhos mais delicados, entre tantos outros. Vale apostar ainda em acessórios e até em bonecas temáticas.

boneca-russa-de-natal

5. Aprenda a rentabilizar o negócio

Além dos detalhes, um segredo para ganhar dinheiro em qualquer nicho de artesanato é oferecer algo que ajude a explorar uma nova fatia do mercado. Foi isso o que fez a expert Débora Campopiano quando criou a boneca russa articulada.

Em vez de ficar apenas em pé, na versão articulada a boneca pode se sentar sobre diferentes superfícies. Dessa forma, ela passa a ter um apelo comercial mais forte em relação ao modelo tradicional.

A Débora teve sucesso ao se inspirar no artesanato russo para fazer uma adaptação que agradasse ainda mais as mamães, já que muitas pediam peças articuladas.

6. Busque o público certo

Algo que a gente não pode deixar de dizer aqui é que a boneca russa tem alto valor agregado, como você já deve imaginar. Isso significa que o público que se interessa e está disposto a pagar por esse tipo de artesanato é bastante específico.

Ainda, tanto o material quanto a mão de obra são caros, o que faz com que o preço de venda seja alto. Sendo assim, tenha isso em mente na hora de começar a produzir suas bonecas russas.

Porém, se você conseguir encontrar o público certo, suas chances de sucesso podem ser muito boas. De qualquer forma, antes de investir nos materiais, faça esse trabalho de planejar o negócio para não correr o risco de ficar com peças paradas no seu ateliê.

Está esperando o que para começar a colocar todas as dicas em prática? Se você se sente pronta para trabalhar com isso, comece agora o curso de como fazer boneca russa articulada e arrase!

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!