alongamento-de-cilios-3

Alongamento de cílios: tudo o que você precisa saber para ser uma lash designer de sucesso

Você, profissional da beleza, sabe como é importante sempre oferecer novidades para suas cliente. E isso implica aumentar seu portfólio de serviços. Então, já pensou em ser uma lash designer? Pois é: o alongamento de cílios veio para transformar o visual de quem deseja um olhar mais marcante, mas não quer ficar colocando cílios postiços ou rímel todos os dias.

Quando a profissional é boa, a cliente volta sempre! Pode reparar: a mulher que fez alongamento de cílios uma vez sempre volta para retocar. Independentemente da técnica, o visual é incrível! Mas, claro, a profissional precisa mostrar que domina o serviço.

Para você que sabe da importância de um visual marcante, o Blog da eduK trouxe um post completinho sobre alongamento de cílios. Aqui, você vai conhecer técnicas, materiais e até o passo a passo para começar o serviço. Então, pegue papel e caneta e boa leitura!

Por que o alongamento de cílios é uma tendência?

O alongamento de cílios se tornou uma tendência há alguns anos, com o surgimento da técnica fio a fio — a primeira do segmento. Ele traz praticidade para quem quer ter um olhar marcante, mas não tem paciência ou tempo para se maquiar, nem quer colar cílios postiços para ir ao trabalho. O resultado pode ser mais natural ou dramático, dependendo da preferência da cliente e da técnica escolhida.

O mais bacana é ter um efeito boneca, glamouroso ou sedutor o dia inteiro. A cliente economiza tempo e fica com a autoestima elevada.

Pandemia e valorização do olhar

Com a chegada da Covid-19, o uso de máscaras se tornou essencial à rotina. Muitas delas, para oferecer maior proteção, cobrem grande parte do rosto. Com isso, a maquiagem teve que se restringir aos olhos — mas quem gosta de uma boa make soube aproveitar para valorizar o olhar!

O mercado agora conta com sombras coloridas, pigmentos e muitos recursos para deixar os olhos mais marcantes. Mas nem todo mundo quer se maquiar para ficar em casa, não é verdade? E isso não significa se sentir desleixada.

Nisso, novamente o alongamento de cílios ganha força: além de necessitar de manutenção de 15 a 20 dias (o que evita que a cliente se exponha demais na rua), ele é uma solução prática. A mulher se sente bonita e valorizada sem precisar se maquiar para ficar em casa.

E caso precise sair, também não vai se preocupar com mil e uma maquiagens para valorizar o olhar. É só colocar a máscara e sair. Mais prático, impossível!

Quem é e o que faz a lash designer?

Lash (“cílios”, em inglês) design (“projeto”, nesse contexto) é a arte de valorizar o cílios. A lash designer é a profissional que coloca as técnicas em prática para deixar o olhar com a personalidade e o gosto da cliente.

A profissão é nova, mas tem mudado a vida de pessoas no mundo inteiro. Afinal, muitas sonham em ter fios mais cheios, mas não querem viver com cílios postiços. Além disso, diferentes técnicas valorizam diferentes olhares. Quem tem olhos puxados, grandes, pequenos, caídos ou redondos vai se beneficiar.

Mas uma lash designer não deve entender apenas de técnicas de cílios. É preciso saber sobre visagismo, tricologia, mapeamento do olhar, marketing e, claro, assepsia. Tudo para oferecer o melhor serviço a sua cliente.

Quais os tipos de alongamento de cílios que existem?

Veja quais as técnicas mais lucrativas e os procedimentos mais pedidos:

Unitários

São os fios um a um, dentro de um potinho. São usados única e exclusivamente para a técnica de fio a fio, a primeira de alongamento de cílios, que você pode conferir em um post específico sobre esta técnica clicando aqui.

Fans

O popular “tufinho” proporciona um visual mais longo, volumoso e dramático, dependendo da técnica. Mas a lash designer precisa usar o nome correto — “fan”. Falar “tufinho” não é bem-visto no meio.

Como os fans são utilizados em diferentes técnicas, a quantidade utilizada varia. Em algumas técnicas, a lash designer monta os fans manualmente; em outras, compra-os prontos.

Quais os tipos de cílios para fazer alongamento?

alongamento de cilios

Veja quais modelos de fios você vai encontrar no mercado:

Fio sintético

Os mais comuns são de náilon, mas também podem ser de seda (mais caros) ou mink (pelo de visom). A primeira opção é a que oferece o melhor custo-benefício, além de não causar sofrimento a nenhum bichinho.

Dependendo da marca, o corpo do fio pode ser mais brilhante ou mais opaco. Já os tamanhos variam de 7 a 15 mm.

Fio natural

Embora num primeiro momento possa parecer uma escolha óbvia usar fios naturais, de cabelo, eles praticamente não são utilizados, já que não é possível saber a procedência e como, de fato, a tosa foi feita. Além disso, perde a curvatura facilmente.

É possível usar cílios postiços em alongamentos?

Não! Os fios para o alongamento de cílios são feitos exclusivamente para o procedimento. Usar postiços não dará certo.

Extensão X alongamento: existe diferença?

Não. Alongamento ou extensão referem-se ao mesmo conjunto de técnicas.

Muita gente acredita que alongamento de cílios refere-se apenas ao fio a fio, enquanto extensão é uma versão “atualizada”, com volume russo, brasileiro e megavolume. No entanto, as palavras têm o mesmo significado e objetivo: deixar os fios maiores.

Tipos de olhos e mapping

Mapping é, basicamente, um mapa que direciona o alongamento. Existem diversos tipos — um até mesmo para a Kim Kardashian! Além de não existir um padrão específico, as tendências influenciam na criação de diferentes mappings.

Aqui, vamos falar de 3 bem básicos:

  • boneca: abre o olhar;
  • gatinho: deixa os olhos com formato mais puxado;
  • esquilo: é um híbrido de boneca e gatinho.

A decisão do mapping deve ser em conjunto. Por exemplo: pessoas com olhos caídos não ficam bem com o mapping gatinho; já o esquilo e o boneca “abrem” o olhar e favorecem esse formato.  Você pode até sugerir, mas a definição final é dela, certo? O importante é que ela saia satisfeita com o seu trabalho.

Então, vamos entender agora um pouco mais de formatos de olho, mapping e formatos de cílios:

  • puxados: pessoas com esse tipo de formato preferem “abrir” o olhar. Portanto, opte pelo boneca ou esquilo;
  • amendoados: como já são mais arredondados, o ideal é evitar o boneca, que vai dar a impressão de olhos arregalados. Sugira à cliente os formatos gatinho e esquilo;
  • fundos: evite cílios muito curvados, pois podem entrar nas pálpebras. Já sobre o mapping, observe o formato dos olhos;
  • olhos arregalados: da mesma forma que os amendoados, precisam evitar o formato boneca.

Divisão de mapping

O mapping precisa ter divisórias para guiar você sobre cantos interno e externo, além das espessuras de fios utilizadas no meio dos olhos.

Tente deixar 4 quadrantes para o corpo de cada olho, mas não fique apenas neles. Quanto mais divisões e tamanhos você colocar, mais bonito será o resultado.

Outro fator importante é o tempo. Tente administrar a seguinte minutagem para cada espaço:

  • 15 minutos para o primeiro quadrante;
  • 10 minutos para o segundo quadrante;
  • 10 minutos para o terceiro quadrante;
  • 15 minutos para o quarto quadrante.

Você pode conferir com mais detalhes no vídeo:

O que é preciso para fazer alongamento de cílios?

Antes de conhecer e aprender as técnicas, veja tudo o que você vai precisar:

Materiais para o ambiente de atendimento

O ambiente da lash designer precisa ter uma estrutura preparada para o alongamento de cílios. Portanto, não abra mão de:

  • higrômetro (instrumento para medir o grau de umidade do ar);
  • ar-condicionado;
  • cadeira/mocho;
  • maca/poltrona;
  • umidificador;
  • ventilador.

Um fator importante: o que seca a cola é umidade. Quanto mais úmido for o seu local de trabalho, mais rápido a cola vai secar.

Materiais para o alongamento de cílios

Agora vamos ver o que não pode faltar para colocar a técnica em prática:

  • pinça curvada (para o alongamento em si) e pinça reta (para o isolamento do cílio). Você pode usar também 2 pinças tipo agulha;
  • lupa para cabeça (opcional), para ajudar a enxergar todos os fios com mais nitidez;
  • acetona (para limpar a cola da base de vidro após o uso);
  • higienizador para as mãos ou álcool gel 70 volumes;
  • touca de TNT (para proteger o cabelo da cliente).
  • base de vidro (onde você vai pingar a cola);
  • bases flutuantes (esponjas de maquiagem);
  • gel patch, micropore ou foam tape;
  • pincel para sobrancelhas;
  • shampoo para cílios;
  • lenço umedecido;
  • lenço de papel;
  • demaquliante;
  • cola/adesivo;
  • tônico facial;
  • microbrush;
  • nanomister;
  • removedor;
  • cotonete;
  • algodão;
  • primer;
  • água.

Dica: Não utilize demaquilantes bifásicos, à base de óleo ou silicone. Eles podem tirar o poder adesivo da cola.

Informações importantes sobre a cola de cílios

O mais importante a se saber sobre a cola é que você JAMAIS deve jamais deixá-la ter contato com a pele da cliente! A cola tem uma aderência muito forte, portanto precisa ficar longe da pálpebra, ou seja, afastada da raiz (mas não muito, para deixar um efeito bonito). A colagem é feita em cima do cílio.

Você viu ali em cima que a umidade faz a cola secar mais rápido. Então, leve isso em consideração na hora de escolher o produto. Se o ambiente tiver um ar muito úmido, a cola de secagem rápida vai ser ainda mais veloz. Resumidamente, ela pode secar antes mesmo de você colocar o fio no cílio.

Geralmente, quem está começando utiliza o adesivo com secagem mais lenta, pois ainda não tem agilidade para trabalhar com secagem rápida.

Além disso, a cola deve ser mantida sobre refrigeração, mas não no congelador. Por isso, quando for atender a cliente na casa dela, leve o produto em uma bolsa térmica ou caixinha de isopor.

Equipamentos de proteção individual (EPI)

EPIs são fundamentais para garantir a segurança tanto da profissional quanto da cliente. Portanto, não abra mão de:

  • proteção acrílica/face shield;
  • máscara cirúrgica ou PPF2;
  • touca;
  • propé;
  • luvas.

Orientações à cliente

Explicar como o procedimento funciona e o que é preciso  fazer antes de começar é fundamental para fidelizar a cliente. Demonstra profissionalismo e, ao mesmo tempo, carinho com o seu público. Portanto, não se esqueça destas regrinhas:

  • peça para ela ir sem maquiagem. Mesmo que você tenha todos os produtos de limpeza, podem sobrar microrresíduos que vão atrapalhar a aderência da cola;
  • explique que a técnica demora. O volume russo, por exemplo, exige que a cliente fique deitada por 2h, em média. Portanto, ela deve ir com tempo livre e estar ciente de que a impaciência vai atrapalhar o resultado;
  • pergunte o que ela deseja! Se ela quer um resultado natural, por exemplo, o volume russo não é o mais indicado. Além disso, uma mesma técnica pode proporcionar resultados diferentes;
  • peça para ela chegar no horário e dê um tempo de tolerância de 15 minutos. Assim, você garante pontualidade e não atrasa outros procedimentos marcados para o mesmo dia;
  • diga que cancelamentos devem ser avisados com pelo menos 24h de antecedência. Dessa forma você consegue remanejar sua agenda;
  • não dê um prazo específico de duração para a técnica. Ela pode durar até 3 semanas, mas inúmeros fatores podem fazer com que os cílios caiam bem antes ou tenha a durabilidade estendida.

Antes de começar

  • limpe os olhos umedecendo um tufo de algodão com adstringentes e loções de limpeza específicos para a região;
  • isole os cílios inferiores com os adesivos indicados acima. Nunca use esparadrapo ou outra fita adesiva, que são muito aderente e podem arrancar os fios ou machucar a pele.

Veja com mais detalhes no vídeo:

Como montar os fans?

Tirando a fio a fio, todas as técnicas de alongamento de cílios envolvem o uso de fans. Por isso, a lash designer precisa montá-los antes de fazer os procedimentos.

Para montar seus fans, você vai precisar de:

  • fita com os fios para alongamento;
  • escova para cílios;
  • pinça curvada;
  • base flutuante;
  • base de vidro;
  • cola de cílios.

Antes de tudo, passe a escova nos fios para separá-los. Depois, leve a pinça até a fita e descole a quantidade de fios que achar necessários para a montagem do fan. Ajuste-os para que fiquem abertos como um buquê. Molhe a base dos fios na cola e acople na base flutuante, de pé, ou diretamente nos cílios da cliente, caso deseje montá-los na hora do alongamento de cílios.

Tenha atenção para que a pontinha fique bonita. Se ficar desigual, será preciso jogar fora. Para isso, treine bastante!

Mas e os populares “tufos” vendidos no mercado? Eles são um tipo de cílios postiços, que podem até ser colados na pálpebra. Portanto, não são feitos para o alongamento de cílios — eles acabam atrapalhando o trabalho da profissional já que, mesmo que ela faça o procedimento corretamente, o resultado não será bom.

Quais são as técnicas de alongamento de cílios?

alongamento-de-cilios-3Veja o que uma boa profissional de cílios precisa oferecer aos clientes:

Fio a fio

Nesta técnica, a lash designer cola um fio sintético em cada cílio natural da cliente. Os cílios devem ter diferentes tamanhos e espessuras para trazer um resultado mais natural — mesmo que a intenção seja um olhar bem dramático! Atualmente, são utilizados cílios com as espessuras 10, 15 e 18 mm.

O alongamento de cílios fio a fio exige paciência, já que a designer precisa colar fio por fio em todo o olho — o que é bom, pois ensina a profissional a ser mais calma e detalhista. Mas se você for mais apressada, não se preocupe: o poder de aderência e secagem da cola é alto!

Agora é hora de seguir o passo a passo:

  • coloque uma boa quantidade de cílios em cima da base flutuante;
  • com a pinça, segure o cílio pela ponta fina. Pegue sempre de lado, para a parte mais grossa do fio ficar virada para você;
  • e como segura na pinça? Sua mão deve ficar mais próxima à base do que dos ganchos. Assim, faz menos pressão no cílio sintético;
  • pingue duas gotas de cola na base de vidro;
  • pegue o cílio de lado e com a ponta mais grossa (base) virada para você. Molhe-a na cola da metade para a base;
  • com a outra pinça, você vai separar os cílios daquele onde deseja colar a extensão;
  • o cílio sintético deve “pousar” no natural. Não há necessidade de força;
  • sempre cole próximo à raiz do cílio natural, mas não muito. É preciso evitar ao máximo o risco de que a cola entre em contato com a pele;
  • não demore muito na hora de colar. Assim que você colocar a cola no cílio, já faça a extensão;
  • caso o cílio fique torto, tire-o imediatamente. Senão, a cola vai aderir;
  • não deixe formar bolinhas de cola nos cílios da cliente. Caso apareçam, limpe imediatamente.

Quer ficar super craque no alongamento de cílios fio a fio? Então, confira o curso da técnica fio a fio site da eduK!

Volume brasileiro

É uma técnica de alongamento de cílios em que os pelos são colados em todos o olho, como na técnica fio a fio. Para executá-la, a lash designer utiliza um fan com 4 fios, que são prensados na máquina em formato de Y. O resultado é mais glamouroso, de cílios cheios e mais longos, mas sem exageros.

Portanto, o passo a passo é o mesmo do fio a fio:

  • primeiramente, molhe a base do fan na cola;
  • com uma pinça, segure o fan; com a outra, separe o fio que receberá a colagem;
  • no fim, use a escovinha para separar e arrumar.

Volume russo

É uma técnica de alongamento de cílios em que são colados fans com fios de 6 e 7 mm em formato de leque. É uma técnica que proporciona tanto alongamento quanto volume, por isso o resultado costuma ser bem mais dramático que as duas anteriores.

O mais interessante é que a lash designer monta os fans na hora em que vai fazer o alongamento de cílios na cliente. Dependendo da estrutura do cílio natural, cada fan pode ter de 3 a 8 fios. Algumas lash designers podem colocar até 10 fios, mas o resultado será um pouco mais exagerado e pode pesar no cílio. Fios mais grossinhos aguentam uma extensão mais volumosa, por exemplo.

A técnica é a mesma: monte os fans, passe na cola de cílios e cole no corpo do fio da cliente. É importante que a mão com a pinça reta esteja firme, para que o cílio permaneça isolado. Também obedeça ao tamanho dos fios: fans menores pedem cílios menores.

Se você deseja virar uma especialista em volume russo, conheça o curso Alongamento de cílios: volume russo!

Megavolume

É parecido com o volume russo, mas com fios de menor espessura. Afinal a intenção aqui é trazer muito volume, mas não necessariamente deixá-los maiores.

Enquanto o alongamento de cílios com volume russo traz fios de 6 e 7 mm em fans de 3 a 8 fios, o megavolume conta com fios de 3 mm em fans de até 16 fios! Portanto, é para quem gosta de um efeito beeeeem dramático.

Gostou da técnica e quer aprender mais? Conheça o curso Alongamento de cílios com megavolume!

Lash lifting

Também chamado de lifting de cílios, o lash lifting é uma técnica que corrige a curvatura natural, além de encorpar e colorir os fios desde a raiz. Portanto, não é um alongamento de cílios, mas não deixa de ser uma ótima técnica para a lash designer oferecer à cliente.

Para isso, você vai precisar de:

  • condicionador Styling gel Cuidado & Proteção;
  • pás auxiliares ou palitos de unha descartáveis;
  • creme protetor e hidratante;
  • kit para lash lifting;
  • solução salina;
  • água micelar.

O ideal é que você adquira os produtos da marca RefectoCil, que é reconhecida pela Anvisa para o procedimento de lash lifting.

Mas não vamos nos esquecer dos produtos de apoio! Faça seu checklist:

  • álcool 70 %, para higienizar as mãos;
  • máscara protetora;
  • touca para cliente;
  • folhas protetoras;
  • silicon pads;
  • cotonetes;
  • algodão;
  • paleta;
  • água;
  • soro.

Agora, vamos ao passo a passo:

alongamento-de-cilios-lash-lifting

  • limpe a pele com água micelar e solução salina. Depois, isole os fios inferiores da mesma forma que faz com o alongamento de cílios;
  • coloque os pads protetores. É importante escolher um que tenha o tamanho adequado para o olho da sua cliente;
  • passe a cola no pad e inicie a colagem dos fios. É só ir usando o palito ou pá para levantar e separar os cílios. Quando acabar, deixe descansando e passe para o outro olho;
  • é importante lembrar que lash lifting e pressa não combinam. Portanto, faça o procedimento com bastante paciência;
  • aplique a solução lash perm. Ele não deve ser aplicado nas pontas, nem perto da raiz. Cubra com plástico-filme e e deixe agir por 8 min. Retire com cotonete seco;
  • aplique o neutralizador e deixe agir por 5 min. Retire com cotonete seco;
  • Por fim, passe algodão com água para limpar e retire os pads.

Quer aprender tudo sobre a técnica? Confira o curso Lifting de cílios: dê um up no olhar!

Viu como é possível ser uma lash designer de sucesso? Apesar de muitas informações, é só ir dando um passo de cada vez: primeiro com a técnica-base (fio a fio), depois com as mais avançadas. 

E para começar a carreira como lash designer com tudo, confira o curso Alongamento de cílios: técnicas e indicações! Queremos fazer parte do seu sucesso =)

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!