Microblading profissional: como trabalhar nessa área?

Ser uma designer de sobrancelhas de sucesso é o sonho de muitas profissionais da beleza. Ao deixar as sobrancelhas mais bonitas, você também ajuda a cliente a se sentir mais confiante com a própria imagem. Afinal, as sobrancelhas funcionam como uma “moldura” do rosto, deixando a cliente com uma expressão mais serena, rígida ou jovial.

Há muitas clientes, no entanto, que têm receio de que um procedimento na região fique com aspecto artificial. Isso, de fato, pode acontecer, mas depende mais do gosto da cliente e da experiência da profissional. Mas para quem deseja ter sobrancelhas mais cheias, mas não quer arriscar muito, existe uma técnica perfeita: o microblading profissional.

Feita para clientes de todos os tipos e idades, que mal mexem na sobrancelha ou já fizeram de tudo no rosto, o microblading profissional traz um aspecto natural e pode aumentar sua cartela de clientes. Neste texto, você vai entender tudo o que precisa para trabalhar profissionalmente com a técnica. Confira!

Afinal, o que é microblading?

Conhecido popularmente como fio a fio, o microblading profissional é uma técnica em que a designer desenha fios bem finos misturados aos naturais. Com isso, há uma impressão de sobrancelhas mais cheias e preenchidas, mas sem deixar de lado a naturalidade.

A técnica é ótima para quem nunca fez um procedimento na região e deseja experimentar algo mais natural. Mas ela se adapta a todos os tipos de público e, além disso, respeita o formato do rosto da sua cliente.

Como trabalhar com microblading profissional?

Veja tudo o que você precisa para ser uma designer especialista em microblading:

Providencie o material

O material de microblading profissional varia um pouco com relação à micropigmentação, por exemplo. Aqui, falamos de um trabalho 100% manual, em que todo o resultado depende da precisão da designer.

Pegue papel e caneta para anotar:

  • tebori: uma espécie de caneta com agulhas responsáveis por desenhar os fios e colocar o pigmento na pele da cliente;
  • lápis para demarcar;
  • pigmentos;
  • agulhas;
  • pinças.

Sobre as agulhas: você precisa investir em tamanhos diferentes, pois vai receber clientes de todos os tipos e com diversas espessuras de sobrancelhas. Então antes de começar a atender, invista em agulhas do tipo:

  • flex: lâminas flexíveis e envolvidas por um material plástico, que permitem o desenho de fios mais curvados;
  • hard: de metal bem firme, são indicadas para peles mais grossas, pois ajudam a ter mais precisão no desenho do fio;
  • U: as agulhas desse tipo têm o formato da letra U. Indicadas para desenhar fios mais redondos e são as mais fáceis de manusear;
  • flat e round: usadas para desenhar com batidinhas, essas lâminas servem para esfumar entre os fios ou contornar as sobrancelhas.

Mas antes de treinar em uma pessoa real, você precisa praticar bastante — uma espécie de “pré-treinamento”, digamos assim. Ele vai deixar você e sua modelo mais segura. Para isso, vai precisar de:

  • lápis dermatográfico;
  • borracha EVA;
  • pele artificial;
  • papel sulfite;
  • tebori.

Com tudo isso em mãos, vamos ao próximo passo!

Estude mapeamento geométrico

O microblading profissional deixa as sobrancelhas simétricas, mas respeitando o rosto da cliente. Para isso, a designer faz um mapeamento geométrico — uma série de marcações que servem como guia para a colocação do pigmento. Ele também serve para que a remoção dos pelos na hora da limpeza seja mais bem-feita.

A eduK conta com um curso de mapeamento geométrico com a especialista Eva Morais. É exclusivo e está imperdível!

    Invista em (ótimos) cursos

    O microblading profissional exige treinamento, mas também muito estudo. Embora uma profissional possa desenvolver seu próprio estilo, a base da técnica deve ser passada por profissionais qualificados, com anos no mercado e sempre atentos às novidades no segmento de beleza.

    Bons cursos de microblading profissional vão ensinar desde a técnica-base até assepsia, atendimento e dicas estratégicas para atrair e reter seu público. Portanto, não deixe de estudar: você vai se tornar uma expert com mais rapidez e ainda poderá cobrar mais com base no seu investimento profissional!

    A eduK tem um curso completo e essencial de microblading profissional com a expert Camila Paiva.

    Dê uma chance aos cursos online

    Se você trabalha em horário integral, sabe como é complicado comparecer em um curso. Os técnicos, então, exigem presença constante em sala de aula — algo que o tempo e o cansaço podem atrapalhar. Mas isso não deve ser empecilho para a sua carreira de sucesso.

    Os cursos online permitem que a futura designer tenha acesso aos melhores profissionais do Brasil nos dias e horários que quiser. Imagine estudar todos os dias com aquela designer que  te inspira? Tudo isso pagando um valor mais em conta e sem gastar com transporte. Basta ter um dispositivo (computador, celular ou tablet) e conexão à internet.

    Muita gente pensa que há uma queda na qualidade quando se fala em curso online. Ledo engano: você pode estudar nos horários que quiser e assistir uma mesma aula diversas vezes. Na hora da prática, por exemplo, você pode voltar, ver detalhadamente e fazer junto com o professor. Está achando a aula rápida ou devagar demais? É só mudar a velocidade do vídeo!

    Outro fator muito importante é que o curso online ensina a ter compromisso com os próprios sonhos. Afinal, você vai criar disciplina para separar um horário do dia, conferir todas as dicas do professor, anotar, praticar e repetir. Nem que sejam apenas 15 minutos diários, não importa: o essencial é estudar no tempo que puder.

    Mostre seu trabalho nas redes sociais

    Sendo uma designer de sobrancelhas, você pode trabalhar em um salão, abrir uma sala própria, trabalhar em casa ou atender na casa da cliente. A escolha é sua, mas um fator é fundamental para que a cliente opte por você, e não outra pessoa: ela precisa conhecer o seu trabalho.

    Antes, profissionais da beleza e criatividade trabalhavam com um portfólio físico: uma pasta enorme e pesada com seus principais trabalhos. Funcionava como um currículo, em que ele mostrava o que era capaz de fazer. Hoje, as coisas ficaram muito mais fáceis: você pode pagar por um site próprio e/ou investir nas redes sociais.

    O Instagram é uma das redes sociais mais usadas no Brasil: são 110 milhões de usuários apenas aqui. Isso significa um público imenso que você pode explorar e mostrar seu trabalho.

    Ok, você pode pensar que, por ser um trabalho presencial, explorar todo esse público pode parecer inútil. Na verdade, é o contrário: quando você consegue atrair seguidores pela qualidade do seu trabalho e por dar dicas no segmento de beleza, acaba se tornando uma espécie de “autoridade” no ramo — o que atrai potenciais clientes, que começam a te enxergar como uma profissional de confiança.

    Não deixe de postar fotos, pequenos vídeos (ambos com autorização por escrito da cliente) e textos com dicas para seus seguidores. Inspire-se nas profissionais do ramo: veja o que elas fazem, como exploram as próprias redes e como se comunicam com seu grupo. Você vai aprender os pontos fortes e fracos de cada uma delas e, de quebra, criar suas próprias estratégias de atração e retenção.

    Pratique!

    Muitas vezes, a profissional tem pouco tempo de mercado, mas muita experiência e técnica. Isso só ocorre depois de muito treino em peles artificiais, manequins, amigas e familiares. Procure por modelos em todo lugar!

      Sabe aquele momento em que você acha que já praticou o suficiente? Pois pratique mais! Quando falamos de design de sobrancelhas, todo treino é válido, pois mexe com o rosto e, consequentemente, com a autoestima (e uma cliente feliz volta mais vezes, não é verdade?).

      Há um fator muito importante no microblading profissional: se a designer não colocar o pigmento a exatos 90 graus em relação à pele, ele pode ficar com um aspecto esfumado e, consequentemente, mais grosso. Então, quanto mais treinada você estiver, mais segurança terá em manter a mão no posicionamento exato.

      Pronta para investir em microblading profissional? Mas antes de colocar todas essas dicas em prática, entenda um pouco mais sobre a técnica.

      Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!




        Fale o que você pensa

        O seu endereço de e-mail não será publicado.