Micropigmentação labial masculina: os segredos para trabalhar com essa técnica

Menos tabu, mais autoestima: o interesse dos homens pelos cuidados pessoais só tem crescido. Para se ter uma ideia, o mercado global de beleza masculina projeta ganho de US$ 78,6 bilhões em 2023. Da mesma forma que a micropigmentação de sobrancelhas, um dos segmentos que tem se destacado é o de micropigmentação labial masculina, por oferecer um resultado natural e que faz toda a diferença no visual.

Ficou curiosa e interessada em investir nesse mercado? Neste post, você vai saber um pouco mais sobre micropigmentação labial masculina. Confira!

Em qual resultado apostar com a micropigmentação labial masculina?

Quer começar conferindo o conteúdo em vídeo? Veja as dicas da especialista em micropigmentação Camila Paiva para pigmentar lábios masculinos:

Quem está interessado em micropigmentação labial masculina está interessado em um resultado mais natural — aquele “nasci assim”, com lábios bem coradinhos e de aparência saudável. Sim, pode ser que você encontre clientes homens mais interessados no efeito batom. Porém, serão minoria.

Muitos desses homens sofrem com lábios pálidos ou com diferença de cor entre o superior e o inferior. Por isso, eles desejam apenas igualar o tom e deixá-los levemente corados.

A micropigmentação labial masculina é uma ótima alternativa para fumantes, pois o cigarro costuma deixar a boca com um tom pálido e acinzentado. E o mais bacana é que, quando se deixa os lábios mais vívidos, o rosto todo parece ganhar cor!

É possível usar a técnica para esconder alguma cicatriz ou deformidade na boca?

rosto de homem com lábios após micropigmentação labial masculina. Os olhos não aparecem na imagem

Sim, é possível, mas é preciso se lembrar sempre de que a pele da boca é diferente da do rosto. Na micropigmentação labial masculina e feminina, a expert procura trabalhar sempre dentro da lâmina labial, mantendo seu tamanho original. Se o pigmento entrar em contato com a pele do rosto, o resultado ficará meio borrado, dando a impressão de lábios sujos. Além disso, a cor fica diferente e o contorno evidenciado.

E como chegamos à cicatriz? Ela pode sofrer do mesmo problema de mudanças na pigmentação, já que é uma pele com textura e cor diferentes do restante dos lábios. Portanto, para fazer essa micropigmentação, a expert precisa fazer um estudo bem detalhado dos lábios do cliente.

O cliente, aliás, também precisa ficar ciente de que essa mudança de cor pode acontecer, pois muitas vezes aquela cicatriz pode incomodá-lo mais do que o tom dos lábios em si.

Por fim, as técnicas de correção são um poucos diferentes da revitalização labial. Portanto, procure um especialista antes de oferecer esse tipo de serviço aos clientes. Há experts com anos de experiência nesse tipo de micropigmentação, inclusive em lábio leporino.

Na micropigmentação labial masculina, o contorno é feito da mesma forma que nas técnicas femininas?

Para homem, o ideal é que o design não seja muito marcado — a não ser quando um dos lábios não tenha muita definição. Nesse caso, é necessário fazer um pouco de contorno antes de começar o procedimento para facilitar o trabalho de coloração da lâmina labial.

O anestésico usado em micropigmentação labial tem epinefrina, um composto vasopressor que tira a circulação do sangue do local. Com isso, os lábios ficam totalmente brancos, e a profissional não tem como se guiar. Portanto, é preciso fazer esse contorno para que o pigmento não invada a pele fora da lâmina labial.

Tirou suas dúvidas sobre a técnica? Mas não pare por aí! Que tal virar uma expert em micropigmentação labial masculina?

Pensando nisso, a eduK preparou um curso exclusivo sobre o tema. Confira agora Micropigmentação labial: método, técnicas e pigmentos, com a expert Camila Paiva!

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!




    Fale o que você pensa

    O seu endereço de e-mail não será publicado.