Glitter biodegradável para arrasar na make de carnaval

Glitter biodegradável: aprenda a fazer e arrase na make de carnaval!

Presença obrigatória nas festas de carnaval do Brasil, o glitter tradicional polui o meio ambiente. O bioglitter é uma alternativa sustentável, lucrativa e feita em casa! Aqui, você aprende todas as dicas pra fazer e vender a alegria do carnaval!

A importância e benefícios da maquiagem natural

A tendência de equilibrar a satisfação pessoal e a sustentabilidade tem aumentado o consumo consciente. E isso não é diferente quando falamos de beleza, setor que continua aquecido em meio à crise econômica do país. Uma das apostas do segmento é investir na diversificação de portfólio. Nesse cenário, se destacam os cosméticos naturais.

Quando falamos de maquiagem, precisamos entender que tudo que se aplica na pele traz efeitos ao nosso entorno e ao meio-ambiente, podendo fazer mal inclusive ao nosso organismo. Seguindo essa lógica, maquiagens convencionais representam riscos à saúde e podem causar reações alérgicas, como irritação nos olhos ou pele, ressecamento ou aumento da oleosidade, inchaço labial, etc.

A maquiagem natural, por outro lado, é composta por substâncias mais seguras e ganha destaque ao deixar de lado o excesso de ingredientes sintéticos ou metais pesados. Algumas características dos produtos, como textura ou perfume, podem demandar um período de adaptação, uma vez que costumam ser diferentes dos produtos industrializados. 

Engana-se quem pensa que a ausência desses ofensores impede que os resultados alcançados sejam igualmente satisfatórios. Mais do que isso: além de não fazerem mal aos seres humanos, a maquiagem natural também contribui para a preservação do meio ambiente, uma vez que gera menos resíduos.

Glitter biodegradável: como fazer

Em vez de plástico e alumínio, que tal… gelatina e beterraba?

Parece impossível, né? Fazer o bioglitter pode ser um pouco trabalhoso, mas é muito lucrativo e, como a sustentabilidade é um grande argumento de venda hoje em dia, pode abrir as portas para um mundo de cosméticos naturais feitos por você!

O glitter tradicional é feito de polímeros plásticos. Bobinas imensas de folhas de PVC ou PET recebem uma lâmina de papel metalizado, são coloridas e cortadas em formatos hexagonais de menos de 0,5 cm, para aumentar e otimizar seu brilho. Na pele, seu efeito é quase inofensivo, mas uma vez eliminado pelo banho ou pelo suor, faz muito mal ao meio ambiente – principalmente aos oceanos, onde são ingeridos pelas espécies marinhas. 

R$0
Curso gratuito!
Assista o curso gratuito na eduK até o dia 04/02/2020!

Para fazer produtos com bases naturais, é preciso aprender a trabalhar com óleos essenciais e cores contidas em diferentes produtos da natureza, como frutas e folhas. Um tópico digno de nota são as texturas que, quase eliminadas pela indústria da beleza, criaram gerações educadas a não confiar em cremes viscosos, texturizados por terra, com sementes ou muito emolientes, por exemplo. 

A fabricação caseira e natural de cosméticos pode exigir alguma capacitação e estudo, mas certamente o impacto ambiental é bem menor, o que aumenta o valor agregado do seu produto e, consequentemente, aumenta seu preço, gerando mais lucro. 

Separamos uma receita fácil para essa época do ano. Testar o glitter biodegradável no carnaval faz bem para você, para o seu bolso e para a natureza! 

Você vai precisar de:

  • 20 g de gelatina sem sabor (animal ou vegetal)
  • Cerca de 300 ml de água morna
  • 1 colher de farinha de beterraba
  • 1 g de pigmento branco brilhante
  • 1 folha de acetato
  • 1 pincel
  • 1 coador

Dica: é possível substituir a gelatina de origem animal pela vegetal. Apesar de ser mais difícil de encontrar e um pouco mais cara, com a segunda você ainda contribui um pouco mais com a causa animal, sua consistência é mais firme e não derrete em temperatura ambiente. O investimento maior também pode aumentar mais os lucros, pois dependendo do seu público-alvo, essa iniciativa é extremamente valorizada. 

Como fazer seu glitter biodegradável: 

  • No coador, acrescente a farinha de beterraba e coe a água.
  • Dilua a gelatina e acrescente o pigmento brilhante.
  • Mexa bem até ficar uma pasta bem molinha.
  • Com um pincel, passe essa mistura na folha de acetato e deixe descansar por 24 horas ou até secar bem.
  • Depois desse tempo, retire a folha brilhante, corte em pedaços com a tesoura e bata no liquidificador para ficar na textura e tamanho de um glitter industrializado.

Para aplicar, é só fazer como se faz com o industrializado: passar um creminho, alguma cola biodegradável ou água e brilhar muito no carnaval!
Já para vender, é só fazer propaganda em todos os bloquinhos com as mais variadas cores de glitter! 

Glitter biodegradável para arrasar na make de carnaval

As cores possíveis são tão ou mais intensas e diversas que as disponíveis hoje em dia. Para fazer essas cores, experimente usar outros insumos que não a beterraba da receita, por exemplo: 


Vermelho
Bata framboesas num liquidificador ou processador de alimentos. Não há tempo ideal mas, quanto mais líquido, melhor. Peneire o suco para remover fibras e sementes.

Amarelo
Bata pedaços de manga num liquidificador ou processador de alimentos. Não há tempo ideal mas, quanto mais líquido, melhor. Peneire o suco para remover fibras e sementes.

Roxo
Bata amoras num liquidificador ou processador de alimentos. Não há tempo ideal mas, quanto mais líquido, melhor. Peneire o suco para remover fibras e sementes.

Verde
Bata folhas de espinafre num liquidificador ou processador de alimentos. Não há tempo ideal mas, quanto mais líquido, melhor. Coe até obter um líquido homogêneo.

Laranja
Numa máquina de sucos, faça um suco de cenoura concentrado. Caso não tenha uma máquina de sucos, bata pedaços de cenoura no liquidificador com um copo de água e coe, num pano ou peneira, até obter um suco homogêneo.

Azul
Em uma panela, cozinhe metade de um repolho roxo com água suficiente para cobrir. Quando o suco do repolho atingir uma cor roxa intensa, separe o líquido das folhas e adicione meia colher de café de bicarbonato de sódio.
O suco de repolho roxo é indicador de pH e reage com outros ingredientes de pH diferente. O bicarbonato de sódio neutraliza o ácido e forma um azul incrível!

Tudo isso produzirá insumos de cores diferentes e em diferentes texturas! Se quiser, reduza seus pigmentos numa panela quente, mas cuidado para não queimar. 

Preço sugerido para venda: de R$ 10 a R$ 35

Brilho natural e sustentável

Pronto! Usando poucos ingredientes, agora você tem seu glitter biodegradável! E o melhor de tudo: livre de plásticos para curtir, pular e brilhar sem culpa no carnaval!

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitamente diretamente em seu e-mail!

2 Comentários

    Eu ameiii demais!!!

      Aí sim! Que bom que gostou, Selena <3
      Temos sempre conteúdos novos por aqui, além de cursos ao vivo no nosso site (aliás, já conhece? Clica aqui 😉)
      Volte sempre, tá bem?

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.