patchwork para iniciantes

Patchwork para iniciantes: o que você precisa para trabalhar com isso

Fazer peças de artesanato é uma ótima ideia para relaxar e passar o tempo. Mas esse tipo de trabalho manual também pode ser um ofício bastante rentável. Que tal, então, tornar-se um profissional do ramo e ganhar dinheiro com sua arte?

Existem várias técnicas de patchwork para iniciantes para treinar e melhorar as suas habilidades. Basta você ter o tecido certo e os materiais adequados para conseguir criar um trabalho lindo e personalizado. Para isso, é necessário criatividade e deixar a imaginação fluir.

Quer saber mais sobre esse tipo de artesanato? Neste post, vamos abordar como fazer patchwork para iniciantes. Você vai entender as técnicas e os elementos básicos que todo profissional da área precisa conhecer. Acompanhe a leitura e se inspire!

Definição de patchwork

O patchwork é uma técnica artesanal em que peças são criadas a partir de recortes de tecidos contendo diversas padronagens e composição única. Ele é considerado um trabalho com retalhos que cria formas geométricas variadas, como pessoas, plantas, flores, animais, paisagens, objetos e composições abstratas.

Além de resultados lindos, é bastante popular. Por isso, esse tipo de artesanato costuma ter uma boa demanda no mercado, logo, é uma excelente alternativa para conseguir renda. Então, que tal começar essa atividade promissora para incluir no seu catálogo de vendas?

Uma ótima ideia é vender suas peças em um e-commerce. Você pode ir além e se tornar um MEI (microempreendedor individual). Para isso, é importante fazer um bom planejamento e conhecer quanto custa abrir uma empresa. Gostou da ideia? Vamos descobri mais sobre o assunto!

Camadas

Em geral, as peças feitas com patchwork costumam ser confeccionadas com três camadas: o tampo, o enchimento e o forro. Essas faixas de material ficam sobrepostas e reunidas, criando um só objeto.

O tampo é a parte superior da peça. Ele é feito com costura de retalhos, de modo a criar uma figura geométrica, dependendo do objetivo do artesão. Por sua vez, o enchimento é o material que traz volume e dimensão para a peça. Para tanto, o material utilizado costuma ser a manta acrílica.

Já o forro é o material feito de tecido, o qual é inserido na parte de baixo da peça e tem a finalidade de proporcionar um acabamento atrativo, ou seja, esteticamente mais agradável.

Caso essas camadas fiquem juntas por pontos, a técnica recebe o nome de quilting. Trata-se de um desenho continuado formado com pontos e que geralmente demanda o uso da máquina de costura.

Ideias de artesanato

A técnica de patchwork pode ser utilizada para criar vários tipos de objetos, conforme a imaginação e a criatividade do artesão. Listamos, abaixo, algumas opções:

  • bolsas;
  • sacolas;
  • almofadas;
  • agendas;
  • tapetes;
  • panos de prato;
  • cortinas;
  • capas de livros;
  • cadernos;
  • bonecas de pano;
  • álbuns de fotografia;
  • blusas;
  • camisas;
  • vestidos;
  • calças;
  • lençóis;
  • quadros de parede.

Ferramentas utilizadas

O patchwork requer o uso de ferramentas específicas. Mas não é necessário adquirir utensílios caros, principalmente se você ainda está iniciando nesse ramo, você verá que pode começar com materiais super acessíveis! Afinal, seu foco deve ser praticar até melhorar as habilidades.

Powered by Rock Convert

Com o tempo, você vai aperfeiçoando as técnicas e poderá investir em ferramentas mais elaboradas. Conheça, a seguir, os materiais comumente utilizados na técnica de patchwork:

  • base de corte;
  • retalhos de tecidos com variadas estampas;
  • cortador circular;
  • régua de medida ou fita métrica;;
  • alfinetes;
  • lápis 6B;
  • tesoura em formato circular;
  • ferro de passar;
  • máquina de costura;
  • agulha e linhas;
  • mantas;
  • enchimento;
  • cortadores redondos.

O ideal é comprar tecidos 100% algodão em sua composição. Além disso, a recomendação é lavá-los e higienizá-los adequadamente com água.

Tipos de tecidos

Geralmente, os trabalhos de patchwork são acolchoados e fofinhos. Isso acontece porque as três camadas, quando sobrepostas, deixam a peça bem levinha e estofada, lembrando o aspecto de um sanduíche. Lembrando que é preciso utilizar o tecido de algodão, colocar a camada da manta no meio e, por fim, pôr o tecido do forro por baixo.

Escolha os tecidos com cuidado, principalmente a manta, pois ela será a camada do meio que vai compor todo o enchimento do objeto. Há muitos modelos de mantas disponíveis no mercado, os mais comuns são as mantas do tipo R1 e R2. Já os tecidos para o tampo e o forro são facilmente encontrados em lojas especializadas.

Técnica utilizada no patchwork

O quilting é uma técnica de costura que reúne as três camadas da arte de patchwork, criando, assim, desenhos e formas próprias e fazendo com que a peça fique mais bonita e personalizada.

Mas ela deixa o trabalho com relevos, o que pode causar certo desconforto nas roupas e nos artigos de cama e banho. Portanto, nesses casos, o ideal é tentar reduzir as saliências e elevações. O segredo é treinar com frequência até pegar o jeito.

Essa técnica permite que o artesão costure em qualquer direção sem a necessidade de ficar rodando a peça. Sendo assim, é possível criar costuras de vários formatos como ondulada, tracejada e zigue-zague.

Para isso, é necessário ter um calcador especial para inserir na máquina de costura. O quilting reto utiliza um tipo de calcador específico, o qual é necessário para trazer mais precisão na hora da costura.

Criação da peça de artesanato

Se você deseja trabalhar com artesanato, o conselho é fazer cursos, visitar feiras e conhecer quais são os modelos e os acabamentos de maior tendência na atualidade. Assim, é possível ter inspirações na hora de produzir suas artes.

Ainda, compre todos os materiais necessários para o patchwork. No caso dos iniciantes, o recomendado é começar por itens simples, com acabamentos retos e sem dobras, como panos de prato e tapetes.

Escolha os tecidos que vão ser usados, meça o tamanho e faça os cortes retos, conforme a padronagem. Tenha destreza e capriche no corte. Você pode fazer cortes quadrados de tamanhos iguais e outros maiores e menores, para criar um mosaico.

O patchwork para iniciantes é uma técnica manual que pode ser aprendida por qualquer pessoa, desde que haja dedicação e força de vontade. Um profissional talentoso que atua nessa área consegue facilmente abrir uma empresa e vender pela internet suas peças de artesanato. Portanto, não perca tempo e comece já a aperfeiçoar suas habilidades. O mercado é bastante receptivo, logo, você pode alcançar ótimos ganhos.

Quer aprender as principais técnicas para fazer lindas peças de patchwork? Se sim, conheça os cursos de patchwork da eduK! Há opções tanto para iniciantes como para alunos de níveis avançados. Está esperando o que para tornar-se um expert nessa área?

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!