trabalhar com pasta americana

Aprenda agora a trabalhar com pasta americana

Trabalhar com pasta americana é uma oportunidade para aplicar uma das técnicas mais populares da confeitaria. E, com o mercado mais competitivo, é indispensável para trazer um diferencial aos seus produtos. Afinal, cada vez mais os empreendedores do setor estão inovando e apresentando receitas únicas com acabamentos sofisticados e artísticos.

Pode parecer complicado fazer bolos refinados e com um visual incrível. Mas está muito enganado quem pensa dessa maneira. Com alguns conhecimentos básicos, até os confeiteiros iniciantes podem trabalhar com pasta americana e alcançar resultados excelentes.

Não está conseguindo atingir os objetivos almejados ou ainda não trabalha com a pasta americana? Então, este artigo é ideal para você. Vamos apresentar dicas imperdíveis para que possa arrasar na decoração de bolos. Acompanhe!

Pasta industrializada ou pasta caseira?

Tudo depende do seu grau de conhecimento e tempo disponível para preparar o bolo. Trabalhar com pasta industrializada é mais recomendado para confeiteiras iniciantes, já que ela vem pronta e com a coloração desejada, sem precisar se preocupar com o tingimento e o preparo. A escolha da marca deve ser feita com cuidado, algumas oferecidas no mercado são difíceis de preparar e obter uma espessura boa e lisa.

Trabalhar com pasta americana caseira é melhor para conseguir a espessura e a flexibilidade desejadas, bem como obter uma coloração específica. No entanto, é preciso produzir a massa com os ingredientes na medida certa e acertar no tingimento. Outro fator importante é que ela precisa de um dia de descanso para alcançar a textura ideal.

Pasta americana colorida ou pasta branca?

A pasta americana, tanto a caseira quanto a industrializada, é usada em diversas colorações para a decoração de bolos. Tudo depende do uso que você pretende fazer dela. No entanto, a massa colorida é mais sensível à temperatura e à iluminação, o que torna o seu preparo mais trabalhoso.

Já a pasta branca não necessita de adicionar corantes, minimizando o trabalho para sua produção. Além disso, é mais fácil para armazená-la, pois é menos sensível à luz e não sofre tanto com as mudanças de temperatura, mantendo o seu estado e formato intacto.

Qual a melhor superfície para trabalhar a pasta americana?

O ideal é que seja uma superfície firme e fresca. Para confeiteiras que têm mais utensílios culinários, o tapete de silicone ou a tábua profissional de polietileno é perfeito. Já para quem não dispõe de tais instrumentos, utilize uma superfície de mármore ou granito e cubra com plástico ou amido de milho para evitar que a massa grude.

É fundamental que a espessura da massa fique uniforme e sem a formação de bolhas. Para que isso aconteça, use um rolo que você tiver disponível na sua cozinha e a alise bem. Ao trabalhar a massa, priorize esticá-la para que fique com um formato redondo e com comprimento maior do que o tamanho do bolo que será coberto, facilitando a cobertura com a pasta americana.

Como sovar a pasta americana?

O processo de sovar a massa é ótimo para que ela atinja a maciez correta e fique flexível para cobrir o bolo. Utilize a palma das mãos e o peso do corpo para apertá-la e alcançar o resultado esperado. Nuca use os dedos, isso evita que ela forme bolhas e altere a estrutura do bolo.

Caso haja o surgimento de pequenas bolhas, algumas vezes inevitáveis, use uma agulha bem fina para estourá-las. A quantidade de pasta vai depender do tamanho do bolo que se pretende fazer.

Como tingir a pasta da forma correta?

Para a pasta caseira, depois de atingir a espessura e a elasticidade certas, é preciso adicionar o corante para ter a coloração desejada. Isso pode dar um toque especial no seu bolo. Existe uma diversidade de cores disponível, e é preciso saber usá-las.

O ideal é usar o corante em pó ou o gel próprio — com certeza você vai ter melhores resultados. A quantidade de corante vai depender da tonalidade e intensidade que você deseja alcançar. Não se esqueça de usar luvas para não manchar as mãos. Acrescente o corante escolhido na massa e comece a apertar suavemente, usando as mãos, até que fique com uma cor uniforme.

Qual a melhor forma para alisar a pasta americana?

Além de alisar com a palma das mãos, o uso de uma espátula é bem útil. Assim, você vai garantir uma superfície lisa e bem esticada. Inicie esse processo quando a pasta ainda estiver na bancada, é bem mais fácil de corrigir as pequenas bolhas e imperfeições. É importante lembrar que a pasta americana não vai reparar as falhas que estiverem no bolo.

Comece alisando a parte de cima do bolo, após colocar a pasta cuidadosamente com um rolo. Depois alise as laterais até que fique com um único formato. Tenha bastante atenção ao fazer isso, um bolo com superfície impecável tem uma aparência profissional, e é mais fácil de decorar, se preciso.

Como atingir os melhores resultados com a pasta americana?

Somente a prática é capaz de levar aos resultados mais surpreendentes e alcançar a excelência. E, vamos combinar, preparar um bolo toda vez que a pasta americana não der certo pode ser caro e trabalhoso, não é mesmo? Por isso, pratique bastante com um bolo falso. Pode ser de isopor mesmo, mas tenha certeza de que é do mesmo tamanho dos bolos verdadeiros que você pretende fazer.

Aplique na superfície falsa uma camada de gordura vegetal, pratique todo o processo quantas vezes forem necessárias. Colocar a pasta em cima do bolo, alisar e deixar uniforme são tarefas que exigem cuidados e podem ser aperfeiçoadas com a prática. Quando você já estiver preparada para usar a pasta, é hora de preparar bolos verdadeiros e inovar com boas técnicas.

Trabalhar com pasta americana não é nenhum mistério. Claro que, como tudo, exige algumas técnicas, instrumentos e boas práticas. Prepare ou compre a pasta correta, pense na coloração e faça o preparo na superfície indicada, com boas técnicas e utensílios certos. Com dedicação, os resultados vão aparecer.

Pesquisar por boas técnicas e praticar bastante vai ser um diferencial nos seus bolos, e com certeza vai melhorar o visual dos seus produtos de confeiteira. Quer ficar por dentro das nossas dicas e artigos sobre confeitaria e gastronomia? É fácil! Assine nossa newsletter e receba conteúdos incríveis na sua caixa de e-mail.

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!




    Fale o que você pensa

    O seu endereço de e-mail não será publicado.