Cookies decorados, faça e venda com a eduK

10 dicas essenciais para fotografar doces para a venda

Vender muitos doces e sobremesas exige, além de bons sabores, uma boa imagem. E, nesse sentido, as fotos bem tiradas levam o seu negócio além. Enquanto isso, imagens ruins, afastam os clientes! Por esse motivo, é essencial saber fotografar doces para a venda, aumentando as chances de vender e, claro, expondo o melhor de seus quitutes.

Hoje, ainda mais pós novo Coronavírus, a maior parte das vendas depende da internet. E o principal motivo de alguém dar um clique em um anúncio, é por causa de uma boa imagem. Pois, uma fotografia bem tirada realça o melhor do seu doce.

Então, para garantir fotos cada vez melhores e com qualidade profissional, mesmo com o seu celular e dentro da sua casa, aprenda neste post 10 dicas para fotografar doces para a venda!

fotografia-de-doces

 

1. Dedique um espaço pronto só para fotografar doces para a venda

Para começar, você deve preparar o cenário para fotografar os seus produtos. Então, que tal dedicar um espaço de sua casa ou apartamento só para isso, sem que atrapalhe o cotidiano de você e sua família?

Pode ser na cozinha, na sala ou em um quarto dedicado ao trabalho. Contanto que ninguém interrompa você, tenha uma boa iluminação (de preferência com porta ou janela) e o espaço fique sempre organizado, é o ideal. Separe uma mesa exclusiva também, para apoiar os sus produtos.

2. Teste vários ângulos para aproveitar os melhores

Uma boa foto depende muito do ângulo. Não há uma regra fixa para fotografar doces para a venda, mas, há dicas que garantem, sim, expor o melhor aspecto de um doce de cada tipo.

Por exemplo, bolo em pedaços deve ser fotografados a um ângulo em 45º — que pega tanto a parte de cima como a lateral. Isso vai evidenciar o recheio, a altura e a cobertura do pedaço, dando uma noção em 3 dimensões do produto.

Já para um bolo inteiro, você deve explorar diversas imagens. Fotografar de cima, mostrando a cobertura inteira, principalmente para os que tem o topo decorado. E, de frente, evidenciando a altura. Ou, quando for um em estilo naked, por exemplo, as suas camadas. Mas, ele também precisa de uma foto que capte em cima e as laterais.

Portanto, não pense em tirar apenas uma só foto de cada doce, mas, sim, várias de cada ângulo. Assim, você vai escolher as melhores para divulgar e fazer muitas vendas.

fotografia-de-bolos

3. Explore usar um carrossel de fotos

O carrossel de fotos é uma tática perfeita quando falamos em fotografar doces para a venda. Afinal, os clientes comem primeiro com os olhos e só depois, com a boca. Escolha a melhor foto para ser a primeira. Em geral, a dica é: aquela que gere mais vontade de comer!

Quanto mais eles puderem “degustar” as suas imagens, mais atiçados eles ficarão para comprar os seus produtos. Então, sempre dê preferência para trabalhar com várias imagens, reforçando a beleza, tamanho, cores e tudo o mais de suas guloseimas. Dessa forma, também, eles conseguirão ter uma noção muito melhor de como é, de fato, o seu doce. E se sentirão mais seguros para efetuar a compra de forma online.

Além disso, fotos de recheios e de detalhes também são super bem vindas para encantar ainda mais o cliente e comunicar melhor o seu produto.

Só não precisa exagerar! Três imagens já é o suficiente para convencer seus clientes de que eles devem pagar para experimentar. Claro, a quantidade vai variar conforme o produto e suas características.

foto-de-doce-detalhe

4. Use referências de marcas famosas e concorrentes

Para ter boas ideias de imagens, antes de colocar a mão no celular ou em sua câmera, explore fotos de marcas famosas de alimentos doces parecidos com os seus.

Assim, você vai aprender com a observação, como são as melhores imagens de grandes empresas. E com isso, vai conseguir aplicar para os seus produtos, ao seu jeito. Afinal, ter um negócio exige ficar de olho na concorrência.

Também, a rede social perfeita para pegar muitas ideias, é o Pinterest. Então, crie a sua conta lá e salve tudo o que for interessante para usar de referência de foto.

O que você deve prestar atenção ao pesquisar essas fotos? Primeiro, repare onde estão as sombras. As sombras são essenciais para dar textura e volume ao produto fotografado. Repare também na combinação de cores, elementos além doces (louça, tábuas, flores, mesas, mãos, etc) e nos ângulos usados, conforme falamos acima. Treine, assim, seu olhar.

5. Invista no cenário para destacar o produto

Um dos principais aspectos que faz muita diferença nas fotografias é o cenário. Lembra que falamos para reservar um espaço apenas para tiras as suas fotos? Então, agora é a hora de organizá-lo para a luz, câmera e a sua ação.

Confira os pontos fundamentais para ajeitar o melhor cenário, para fotografar doces para a venda:

  • evite poluição visual: objetos e coisas demais devem ser eliminados do campo de visão;
  • capriche na mesa: um prato ou base brancos, e uma toalha em cor neutra, por exemplo, vão garantir que os doces fiquem bem nas fotos;
  • atente-se às cores: você pode usar cores e cenário, nem que seja apenas uma toalhinha, do mesmo tom da sua marca, reforçando assim sua identidade visual;
  • cuidado com os contrastes: se o doce for de tom escuro, então, vale usar um fundo claro, já se o produto for em tons claros, não use fundos em cores tão escuras, pois eles não vão aparecer do melhor jeito.

Precisa aprender como fazer o melhor uso de cores? Veja este post completo sobre o tema, que ensina como acertar em cheio nos tons, combinando-os na medida certa, de acordo com o seu estilo!

6. Experimente usar um mini estúdio

Um aparato que funciona bem para fotografar doces para a venda é um mini estúdio. Com uma ou duas luzes.

O melhor é que há modelos de tamanhos do pequeno ao médio, que cabem em vários lugares (e em vários orçamentos!), sem atrapalhar. Assim, você poderá tirar fotos até quando a sua cozinha estiver uma baderna, que ninguém vai saber, pois, ele esconde o cenário.

Esses “estúdios portáteis” são excelentes para aquelas pessoas que não têm boa iluminação natural em casa, ou que costumam trabalhar à noite. Também, é uma ótima opção para quem procura padronizar as fotos. Por exemplo, para um site de comércio eletrônico. Da mesma forma, para quem gosta dos seus produtos fotografados com fundo branco, essa alternativa pode ser muito prática e trazer um resultado super satisfatório. 

Você encontra um mini estúdio na internet, em marketplaces, como Mercado Livre e Magazine Luiza, com preços atrativos.

Para quem gosta de colocar a mão na massa, há diversos tutorias na internet ensinando a fazer esses estúdios de forma caseira, com traquitanas. E, sim, o resultado fica muito bom!

7. Explore todo o potencial da luz natural

A luz natural deve ser aproveitada ao máximo para você fotografar doces para a venda. Porém, se você não tiver uma boa finte de luz para explorar, concentre-se nas soluções apontadas no tópico anterior. 

Assim, na hora em que escolher o local para fazer as suas fotos dos bolos e demais doces, dê preferência por usar uma área que receba bastante luz do sol. Ela vai ajudar a iluminar mais os seus produtos, e será sua “fonte principal” de luz.

Por isso, a dica aqui é usar essa fonte de luz na lateral, e não de frente. Por exemplo, tem gente que vai do lado de fora da casa para fotografar o produto de frente, pela janela. Não faça isso! Monte sua mesa ou suporte ao lado da janela. Se a sombra ficar muito forte, rebata essa luz com uma folha branca ou papel alumínio posicionado do lado oposto ao da janela. 

traquitana-para-fotografar-doce

O único problema de usar a luz natural é que a iluminação varia de acordo com o tempo e com os horários. Por isso, o seu controle acaba sendo menor. E, à noite, ela simplesmente não existe. Então, sempre tire as suas fotos de manhã até a tarde, quanto o sol dá as caras.

8. Apoie o seu celular ou câmera em um tripé

Imagens tremidas acabam com a qualidade da foto, prejudicando muito as suas vendas. Por isso, você deve usar um tripé para garantir tudo fixo quando fotografar doces para a venda.

O tripé é um item de fotografia amadora e profissional, que serve para apoiar a câmera ou celular e garantir a estabilidade de imagem. Assim, nada vai sair tremido e ruim, mantendo a beleza dos seus doces. Além disso, permite que você escolha o ângulo desejado, posicione o celular ou câmera, e então ajeite com calma todos os elementos nas fotos. Além de permitir pequenas variações para escolher depois, com calma, qual foto ficou melhor.

E pode ficar com a cabeça relaxada quanto a ter um suporte para celular, pois essa parte do tripé pode ser trocada. Então, se você vai usar o seu smartphone, pode comprar um apoio para celular e, se for usar uma câmera, use um apoio para ela.

9. Domine as funções do celular e da câmera

De nada adianta ajeitar todo o cenário e a luz se você não souber usar os recursos adequados do seu equipamento, para fotografar doces para a venda. Então, é hora de aprender a usar as funções de fotografia do seu celular ou câmera, para garantir as melhores imagens.

Alguns modelos de smartphones têm a função de ajuste de foco. Assim, você pode dar ênfase ao doce e desfocar o cenário de fundo. Isso garante mais beleza às imagens.

Em uma câmera, isso é feito de forma manual ou automaticamente, com o desfoque da lente, em modelos de lente removível e lente fixa.

Essa dica é apenas uma das funções “escondidas” dos equipamentos. Então, dedique algumas horas ou mesmo um dia todo, só para destrinchar as funcionalidades do seu aparelho, porque vale muito e vai melhorar as suas vendas.

10. Faça uma pequena edição

Para dar aquele acabamento legal nas suas fotografias de doces e sobremesas, nada melhor do que fazer uma edição básica. Na hora de editar as fotos dos doces para a venda, você dá mais destaque para algumas cores, volumes e texturas, com o filtro certo. Além de fazer os cortes – novos enquadramentos – nessa etapa, aproximando o doce ou então consertando o horizonte, pra ficar bem retinho. 

Nas redes sociais, especialmente no Instagram, os filtros são parte da plataforma, então, antes de apertar “publicar”, teste vários filtros e veja os melhores. Já se você quiser editar no celular, alguns apps de edição gratuitos fazem um bom serviço.

O Adobe Photoshop Express e o Snapseed são aplicativos que garantem bons resultados em luz, cor e contraste, e não exigem altos conhecimentos técnicos para usar. Tanto um quanto o outro tem suas versões gratuitas para Android e iOS.

Seja no filtro ou na edição em apps, só tome cuidado para não exagerar, porque o essencial é mostrar a originalidade dos seus doces.

Uma dica extra que vale se você prepara os doces em casa, e vive com a família, é organizar a rotina para garantir mais produtividade. Assim, fale com as pessoas, que você precisa de um espaço para fotografar doces para a venda. Eles vão entender que é preciso respeitar esse local, e você vai ter mais tranquilidade para fotografar à vontade.

Já está com o celular ou a câmera na mão e não vê a hora de fazer boas imagens? Se você quer elevar o seu conhecimento ao nível profissional, não perca a chance de assistir a esse curso incrível de fotografia de confeitaria. Mas, se você ainda tá começando e quer entender melhor sobre dicas simples, a super confeiteira Dani Barreto tem um curso só falando e mostrando dicas super práticas de fotografia para doces! E, o melhor? É gratuito! Corre lá agora =)

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!




    pascoa