festa na caixa bolo e brigadeiros

Festa na caixa: tudo que você precisa saber

Se antes da pandemia o que pegava bem nos negócios de alimentos era o buffet a domicílio, hoje o mercado se voltou para a festa na caixa. Você já deve ter visto alguns anúncios do tipo ou mesmo comprou para experimentar esse novo formato que está dando super certo durante o isolamento.

Festa todo mundo já sabe o que é, mas, agora, ela vem embalada em caixas. Isso mesmo: os docinhos, bolos, salgados, bebidas, demais quitutes e até a decoração de uma festança em casa vêm agora nesse formato que traz bons lucros nas vendas.

Mergulhe nesse universo de fazer o de sempre em um novo formato! Aproveite o que é conhecido e aprovado, e descubra o que você precisa saber para vender sua festa na caixa. Aprenda tudo aqui neste post e conquiste muitos clientes!

festa na caixa para dia dos namorados com doces biscoitos e bolo em caixa preta decorada com os dizeres eu te amo

Como se planejar para trabalhar com a festa na caixa

Como todo ingresso em um novo negócio, é preciso se planejar para fazer a sua festa na caixa dar muito certo e atrair gente em busca de bons pacotes.

Assim, é preciso pensar em vários pontos que farão parte do seu dia a dia de trabalho. Uma vez organizados e padronizados, pode ter certeza de que a sua produtividade e lucro vão ser cada vez maiores.

Veja os principais aspectos para planejar vender festa na caixa:

  • Caixas: defina tamanhos, cores, materiais, fornecedores e tudo o que envolve esse item. Elas vão ser apenas para guardar o item, ou vão virar parte da decoração? Defina o conceito da sua oferta antes de qualquer outra coisa;
  • Tipos de festa: você pode atender praticamente qualquer festa, desde casamento, namorados, crianças, aos aniversários de sempre;
  • Padrões de produtos: defina quais serão os tipos e os padrões dos produtos que irão ser enviados dentro das caixas;
  • Público: conheça o seu público alvo e alinhe o valor, produto e tudo o mais, de acordo com o que ele espera da festinha na caixa;
  • Embalagem: pense em embalagens bonitas e que chamem bastante atenção dos clientes;
  • Valores: defina de acordo com sua região, público, meta de renda mensal e, claro, seus custos;
  • Entrega: a festa na caixa será entregue com um carro, moto, ou você vai entregar pessoalmente pela região? Definir isso é extremamente importante para saber como acomodar perfeitamente os itens lá dentro.
  • Sua marca: crie a sua marca ou personalize a que já existe, com o acréscimo de que esses produtos são de festa na caixa.

O que oferecer nas caixas

Não há um padrão fixo do que oferecer na festa na caixa, uma vez que você vai definir isso de acordo com cada tipo de festa que vai atender.

Por exemplo, uma festa de criança não vai levar bebidas alcoólicas, enquanto uma comemoração de aniversário de adulto ou dia dos namorados, podem ter. Portanto, tenha sempre em mente que é preciso alinhar os produtos ao evento.

De maneira geral, suas festas na caixa se tornam mais completas quando têm um mix básico de itens, com:

  • Salgado: amendoins, salgadinhos, coxinhas, esfihas, entre outros que podem ser feitos por você, comprados prontos ou de uma parceira de negócio;
  • Doces: bolos, beijinhos, brigadeiros, barras de chocolate, etc.
  • Bebidas: cerveja, vinho, refrigerante, suco, chá gelado — sempre de acordo com o perfil do cliente.
  • Decoração: Velas, chapéu de aniversariante, mini balões, a própria caixa etc.

Lembre-se de não exagerar na quantidade de cada item. Isso vale mesmo que a venda for para uma grande família. Pois, o excesso de produtos pode deixar o visual da festa na caixa desagradável aos olhos dos clientes. A exceção a isso são aquelas caixas que se abrem formando uma mesa de festas toda organizada. Nesse caso, a quantidade vai depender do tamanho da caixa. E, já vimos que existem umas enormes!

Festas na caixa personalizáveis costumam fazer bastante sucesso, mas tome alguns cuidados ao escolher esse modelo de negócios. Pense em docinhos variados que tenham a mesma base de receita – assim, o fluxo de produção na cozinha fica mais organizado. Também não se empolgue na hora da oferta: crie um menu enxuto, com poucas opções.

interior da caixa com itens da festa como doces bolo cerveja e decoracoes

Como fechar negócio com bons parceiros

Tanto a caixa quanto os produtos que vão preenchê-la precisam ser de boa qualidade. Então, você deve sempre trabalhar com bons fornecedores, para que o seu padrão de qualidade seja muito bom e à altura do que os seus clientes querem.

Portanto, busque atacadistas, para conseguir bons valores nos produtos que irão compor suas festas na caixa. Comprando em maiores quantidades, você terá ainda a vantagem de conseguir um preço mais atrativo para os clientes, e lucrativo para o seu negócio.

Como divulgar a sua festa na caixa

A festa na caixa também deve ser tão divulgada quanto outros produtos em suas melhores épocas de venda. E o momento indica que esse formato veio para ficar em alta por muito tempo.

Fotos bem tiradas (aqui damos 10 dicas essenciais), em ângulos que reforçam os produtos e os detalhes da caixa, vão destacar esse formato para vendê-lo com mais facilidade.

Também, se você quer se aprofundar mais no uso de mídias digitais, a eduK tem um curso com a expert Júlia Soares para vender mais na internet, que traz todo o passo a passo para você saber exatamente o que deve fazer.

Como acertar na embalagem da festa na caixa

A embalagem é a alma do negócio da festa na caixa, portanto, invista muito nessa parte do produto, que os seus clientes irão adorar.

Para caixas mais imponentes, use vime ou madeira rústica, que dá um ar bem chamativo ao produto. Já se quiser ir por um caminho mais delicado, pode ir de caixas de materiais revestidos com papéis tipo contact, coloridos ou mais neutros.

Amarrar a caixa com fitas de cetim, corda de sisal, entre outras, são também jeitos de fazer produtos bem bonitos e que vão impressionar.

Siga todas essas dicas, pois, esse produto permite que você cobre um alto valor agregado por causa de uma boa embalagem, aumentando em até 3 ou 4 vezes o seu lucro.

Por fim, invista sempre na organização dos produtos dentro da caixa, colocando sempre os maiores por baixo e os menores por cima, sem exagerar. Com tudo em ordem, os itens vão chegar em segurança.

Acetato para envolver e preservar os bolos e muito cuidado na disposição dos elementos, para não amassar os itens mais sensíveis. Usar elementos pra proteger os conteúdos como divisórias, “gavetas” ou pedaços de papel cortado também são úteis.

Cada tipo de produto vai demandar uma dessas soluções. Repare em como a expert Juliana Wielken colocou os doces na mesma caixa que o bolo:

festa na caixa com bolo e brigadeiros

Aproveite bem as datas comemorativas com festa na caixa!

Uma das melhores vantagens da festa na caixa é que ela pode ser vendida em qualquer data comemorativa e até fora delas.

Ou seja, é um produto para faturar a qualquer momento do ano, principalmente para faturar em um período em que muita gente está em casa na maior parte do tempo.

Nas datas comemorativas, capriche na personalização da caixa de:

  • Natal: faça uma ceia e personalize com uma embalagem de velinhas vermelhas, árvore de natal, renas e tudo o que compõe esse dia;
  • Ano Novo: tema de vida nova com melhorias, sucesso e novos aprendizados. Taças para um brinde especial deixarão essa caixa um charme puro;
  • Dia das Crianças: que tal levar alegria aos pequenos nesse dia especial para eles? É super legal fazer uma festa na caixa com tema infantil! No site da eduK, você encontra cursos de doces especialmente pensados para as crianças, como o curso de biscoitos decorados para festas;
  • Dia das Mães e Dia dos Pais: uma festa na caixa para a mães e pais é um presente super criativo! Principalmente, claro, para os pais glutões. Além de docinhos e salgados, a caixa pode incluir flores, cervejas, vinhos e cartões com mensagens carinhosas;
  • Festa junina: já pensou em levar um arraial na caixa até a casa do cliente? Capriche na canjica, no bolo de milho, no pé de moleque, na maçã do amor…
  • Dia dos Namorados: aprenda como aproveitar o dia que bomba em vendas no ano, com este curso da expert Juliana Wilken.
  • Aniversários: temas com a idade ou algum hobby do aniversariante;
  • Festas de crianças: personalize com embalagens de super-heróis e desenhos animados que a criança gosta;

Nas datas comuns, você pode aproveitar um filme ou série do momento, um meme que está em alta na web, fazer com uma do pet do cliente etc. Inove sempre que o sucesso é certo.

festa junina na caixa de madeira com comidas temáticas e decoração colorida

Como garantir segurança na caixa para conservar os alimentos

A caixa deve ser resistente, suportando tanto o peso dos produtos quanto ser rígida para não deformar durante o transporte até a casa do cliente.

Para a proteção interna, principalmente para alimentos que podem se quebrar com facilidade, como bolos, biscoitos e chocolates em barra, use uma fita de acetato – assim, os doces não entram em contato com os outros itens da caixa. Ela garante firmeza no interior da caixa e evita que, com o movimento, algo se quebre.

E lembre-se: os doces devem estar fresquinhos – eles podem ser preparados no dia anterior – e precisam estar frios. Nada de colocar massa ou recheio morno na caixa! Isso prejudica a conservação dos doces.

Quanto às bebidas, você deve protegê-las bem. Prefira garrafas de plástico ou acrílico. Mas, se optar pelas garrafas de vidro, tente preservá-las bem. Vale usar plástico bolha para acomodá-las melhor e garantir que não se quebrem na viagem.

Quais os cuidados que a festa na caixa exige?

Além de garantir a segurança e conservação dos alimentos, é importante tomar outros cuidados ao planejar e montar a festa na caixa.

A higienização sempre foi um tema importante na gastronomia. Mas, em tempos de pandemia, ele está ainda mais em pauta. Com a festa na caixa, não é diferente: certifique-se de que todas as embalagens e produtos estão devidamente higienizados antes de fechá-los na caixa.

Além disso, é preciso pensar em cada item dentro da caixa: eles vão conviver bem juntos ali dentro? Por exemplo, não é uma boa ideia colocar flores junto com a comida em um ambiente fechado como a caixa, pois o aroma das flores pode influenciar no sabor dos doces. Por isso, a melhor opção é decorar a caixa com as flores, pelo lado de fora.

Como manter um estoque de produtos e garantir a validade

O estoque de uma festa na caixa deve funcionar em harmonia com as vendas, ou seja, ter o mínimo possível armazenado, para ser vendido rapidamente.

Ponto positivo desse formato de produto é que você pode montar o seu negócio com boa parte dos alimentos industrializados. Dessa forma, pode ficar com a cabeça tranquila quanto à validade. Mas, sempre fique de olho e não acumule muitos produtos em casa. Controlar o estoque é fundamental para evitar desperdício de material e de dinheiro.

Outra dica que também é muito importante é que você deve ter com antecedência os seus produtos, para montar a festa na caixa. Assim, você garante uma montagem rápida e pedidos entregues logo que fizerem a encomenda.

Já se você incluir produtos do tipo artesanais e caseiros nas suas festas na caixa, eles devem ser feitos pouco antes de serem entregues. Afinal, sejam gelados ou quentes, eles vão sofrer um pouquinho no transporte, por isso devem ser preservados ao máximo. Claro, à exceção daqueles que podem ser preparados com antecedência e congelados. Mas, só indicamos fazer isso quem já conhece a fundo seus produtos e os processos de congelamento de doces e salgados, ok?

Extra: como cativar seus clientes com mimos

Festa na caixa, chuva de amor

No mais, não esqueça que esse tipo de produto pede por mimos e um toque original. Então, carimbos, decoração artesanal, bilhetes escritos à mão e mensagens positivas, sempre com o nome do cliente em evidência, vão fazer a sua festa na caixa vender muito mais.

Se você curte colocar a mão na massa também para fazer decorações, a eduK tem um curso de artesanato todo para festas na caixa, com a expert Gabi Rowlands, que ensina como decorar sua festa na caixa com toques de arte originais!

Mas, se você não é dessas, calma! Você não precisa fazer tudo sozinho. Por exemplo, nos grupos do Facebook de Artesanato da eduK e de Confeitaria da eduK você pode encontrar excelentes fornecedores ou parceiros para o seu negócio de festa na caixa. Além disso, nos materiais complementares aos cursos da eduK, os experts fornecem os contatos dos seus fornecedores. Assim fica mais fácil, né?

Conclusão e dicas de especialização

Fazer uma festa na caixa não é um bicho de 7 cabeças, já que esse formato traz o que normalmente tem em uma festa em buffet. O seu trabalho será apenas compactar essa tradição em um espaço menor, oferecendo uma solução completa para pequenas comemorações. Com essas dicas, temos certeza que você terá muito sucesso. Então, foco nas vendas!

E, para quem quer aprender tudo sobre este modelo de negócio, vamos passar uma lista dos nossos cursos incríveis com esse conteúdo. Seja um especialista no assunto agora mesmo:

Bons estudos, boas vendas e sucesso!

 

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!