tipos de fotografia

8 tipos de fotografia para se profissionalizar. Saiba qual escolher

Para algumas pessoas, a fotografia é muito mais que um hobby — é uma paixão que traz oportunidade de profissionalização. No caso do fotógrafo que está começando, a parte empolgante é ser livre para se aventurar nos diferentes tipos de fotografia do mercado.

Quem deseja aperfeiçoar seu trabalho no ramo pode fotografar grandes eventos (como casamentos) ou investir na fotografia social ou infantil. Há ainda a possibilidade de trabalhar com ensaios de gestantes, mais uma opção dentro do grande universo da fotografia de família. Outra oportunidade de mercado são os ensaios no estilo bourdoir.

Caso seu interesse seja a fotografia de produtos, pode se envolver mais a fundo na produção com foco em publicidade, direcionando as imagens para redes sociais, catálogos e revistas — ou até mesmo apostando na fotografia gastronômica, mercado com boa demanda por parte dos restaurantes.

Pode ser que você ainda não tenha decidido o caminho a seguir. Então continue neste artigo: vamos mostrar os tipos de fotografia e ajudar a direcionar melhor o seu trabalho!

1. Celebrando a união com a fotografia de casamento

É preciso ter em mente que esse tipo de fotografia aborda um dos dias mais felizes na vida de um casal. Para não desapontar os pombinhos, o fotógrafo terá que tirar fotos incríveis que expressem bem a conexão amorosa de duas pessoas, bem como toda a atmosfera que envolve a cerimônia.

Para isso, você deve estar por dentro de todas as etapas da celebração e saber de antemão a programação da festa (discursos, brincadeiras, hora do buquê etc.). Caso se sinta muito inseguro, vale começar prestando assistência a um fotógrafo mais experiente!

Sendo a fotografia de casamento quase um documento de família, há muita gente importante que não pode deixar de protagonizar a cobertura do dia: pais, avós, tios, amigos e, claro, aqueles que são destaque na cerimônia.

A ideia aqui é fazer com que a data fique marcada na memória — e que o casal sempre possa usar as fotografias do casamento para relembrar e reviver cada emoção sentida.

2. A celebração da mulher e da vida na fotografia de gestante

As sessões com gestantes são uma opção dentro do grande universo da fotografia de família. Elas ressaltam a beleza da mulher em um momento único da vida e costumam ser realizadas no final do 7 ° mês de gestação, entre a 30ª e 32ª semana da gravidez.

Nesse período, a mulher está com a barriga do tamanho ideal para fazer fotos de gestante incríveis! Algumas grávidas vão querer fotografias externas, ao ar livre, já outras se sentirão mais confortáveis em sua própria casa — o chamado lifestyle.

Também é muito comum que as gestantes prefiram posar em um estúdio, dando um ar ainda mais profissional e elegante ao ensaio.

Porém, apesar de a barriga ser um elemento em destaque na composição das imagens, o protagonismo das fotos está na criança que se desenvolve ali dentro e nas vidas de quem se prepara para esse nascimento.

3. Os primeiros dias captados com a fotografia newborn

Há um estilo específico que aborda os primeiros 15 dias de vida da criança. Esse tipo de fotografia é chamada newborn (em português, recém-nascido) e pode ser uma série temática de registros — por exemplo, inspirada no filme ou seriado de TV preferido dos pais.

Vale destacar a importância de se preparar tecnicamente para esse tipo de ensaio, que é muito delicado. O fotógrafo deve ter em mente o bem-estar do bebê durante todo o processo: cuidado no manuseio, segurança ao aplicar “truques”, climatização do ambiente etc.

4. Acompanhando o desenvolvimento na fotografia infantil

Os pais adoram registrar cada fase do desenvolvimento das crianças. Novamente, é preciso paciência e cuidado para entender a hora em que o pequeno está confortável com a câmera e conseguir os melhores cliques.

A fotografia infantil se estende a aniversários, batizados e sessões temáticas — como as de cartões de Natal e Smash the Cake, um tipo de fotografia de origem norte-americana que visa à celebração do primeiro ano de vida do bebê (nela, a criança é fotografada literalmente esmagando um bolo!).

5. Intimidade registrada na fotografia sensual ou bourdoir

Essa é a sessão fotográfica que tem a intenção de valorizar, com delicadeza, a beleza única e a intimidade feminina. Boudoir é uma palavra francesa que significa “quarto feminino”. Devido ao conceito francês, a sessão fotográfica geralmente é feita em um cenário inspirado na França.

Algumas pessoas usam o ensaio boudoir para presentear alguém, mas há também aquelas mulheres que querem guardar o momento de bem-estar com o corpo. Esse tipo de fotografia exige profissionais sérios e responsáveis, que saibam respeitar os limites e a intimidade de cada mulher.

6. A realidade do fotojornalismo

O fotojornalismo é responsável pelos registros que vemos todos os dias ilustrando as matérias de jornais. O ramo engloba política, economia e “fatos gerais”, sempre com foco nas pessoas e no impacto dos acontecimentos em suas vidas.

Um dos nomes brasileiros mais notáveis na área é o do mineiro Sebastião Salgado, que tem um estilo único de fotografar. Salgado é autor de uma série de crônicas sobre a vida das pessoas excluídas — são mais dez livros e várias exposições pelo mundo.

7. A publicidade da fotografia de produto

Eis um nicho que tem tudo a ver com o boom das redes sociais e dos e-commerces. Hoje, as empresas procuram cada vez mais conquistar o público por meio de fotos na internet, e o crescimento das demandas têm atraído muitos fotógrafos para a área.

Guarde esta dica: é crucial se manter por dentro das novidades desse meio! Para quem procurar dominar as técnicas necessárias, oportunidades não vão faltar.

8. Comida é o foco da fotografia de gastronomia

Quem não admira um belo prato de comida? No que diz respeito a refeições, não basta encantar o paladar: é preciso também conquistar pelo aroma e, claro, pela apresentação! Luz, ângulo, paleta de cores… cada detalhe é essencial!

As redes sociais são um mercado em ascensão para a fotografia gastronômica — como as marcas, os restaurantes também têm apostado nisso! No Instagram, todos adoram fotografar um belo jantar, não é? Mas o trabalho de um profissional deve ir além e mostrar a essência da comida e o esforço do chef.

Se especializar é o segredo do bom fotógrafo

Esses são apenas alguns tipos de fotografia que podem ajudar você a se profissionalizar, mas existem muitas outras possibilidades nesse universo.

Independentemente do que optar fazer, o fotógrafo não precisa ter medo de arriscar em um tipo de fotografia; apenas é fundamental que se especialize. Não deixe de procurar cursos qualificados para dominar as melhores técnicas do mercado e construir sua identidade profissional.

Gostou deste artigo sobre tipos de fotografia? Então dê uma olhadinha no nosso site e conheça os mais de 400 cursos que oferecemos sobre o assunto!

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitamente diretamente em seu e-mail!

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.