panetone-de-chocolate-para-ceia-de-natal

Comidas para o Natal: 12 ideias para investir

O bom velhinho está chegando em breve e, se é ele quem traz os presentes, é você quem deve se encarregar de fazer boas comidas para o Natal, e lucrar nesse final de ano. Afinal de contas, sempre é tempo de investir em boas comidas e fazer a data de muitas famílias mais saborosa. Use o seu talento e boas ideias!

Ainda que o período seja de isolamento, o Natal é aquela época que reforça a união familiar, e a gente tem certeza que Vai Ter Natal! E, nesse sentido, boas comidas não podem faltar para dar o sabor e o espírito de comunhão à mesa. Assim, esse é um momento de oportunidade para você ganhar dinheiro com cestas, salgados e doces personalizados.

Portanto, não perca este post por nada, pois você vai conhecer 12 comidas para o Natal que serão um sucesso de vendas e de sabor!

ceia-de-natal

1. Aposte em comidas para o Natal com ceias completas

Para fazer o Natal de seus clientes mais feliz e aprender de vez como encantá-los com seus dotes culinários, a ceia de Natal é o prato literalmente cheio para isso.

Então, pode anotar que vamos te dar a composição básica de uma ceia de Natal bem servida:

  • uma entrada;
  • salada;
  • acompanhamentos — pode ser arroz branco com uva passa, farofa etc;
  • uma carne;
  • uma sobremesa.

Dentro desse padrão básico, a escolha de alimentos fica por sua conta. Mas, vamos dar várias dicas para que você possa fazer pratos muito bons, sem perder tempo.

Dicas de entradas, carnes e sobremesas

A entrada pode ser algo mais simples, composta de torradas e patês. Assim, não tem segredo! Você pode ir do patê básico de azeitonas, passando pelo de atum e incluindo um de frango ou de alho.

Natal é época de cores e comemoração, então, a sua salada deve ser bem colorida, com folhas verdes, cenoura, beterraba e outros legumes e vegetais.

Na carne, temos uma bela dica de receita de rocambole de frango, que é simplesmente um arraso para comidas para o Natal completas.

A sobremesa? Aposte em mousses, que são geladinhos e ajudam a refrescar o clima da época. Além disso, bolos gelados também são uma excelente opção, e podem ser tanto no pote quanto inteiros.

2. Faça panetones doces e salgados

Panetones são peças-chave das comidas para o Natal, principalmente para quem quer ganhar uma boa renda extra! Clássicos da cozinha natalina, eles são um atrativo que toda casa adora ter do começo ao fim da festa, para cada parente beliscar um pedaço.

Panetones doces

Então, arregace as mangas e aprenda a fazer receitas maravilhosas de panetones doces, como o de frutas com marzipã — a pasta de amêndoas que ninguém aguenta ficar sem provar.

Outro panetone doce que deve ser incluso nas suas comidas para o Natal, é o de frutas, que leva abacaxi e nozes na medida exata para ninguém colocar defeito.

Para aprender a fazer, você pode conferir uma aula inteira da eduK com o Estefano Zaquini, do curso “Panetones Práticos para vender no Natal”. Confira:

https://www.youtube.com/watch?v=OL86OZAym7g

Essas versões deliciosas de panetones doces que vão além do tradicional, você também pode aprender com outro expert da eduK super reconhecido, o Roberto Augusto, neste curso imperdível!

panetone-de-chocolate-para-ceia-de-natal

Panetones salgados

Já na ala de panetones salgados, Augusto dá a dica – no mesmo curso – , para versões de frios. Tipo muito requintado e que vai trazer mais prestígio para o seu trabalho, é o de calabresa e queijo gorgonzola — sabores acentuados e perfeitos para vender muito.

Além disso, o chef ensina um panetone muito diferente, com carne seca, catupiry e recheado de azeitonas, tomates e outros sabores que incrementam muito esse ícone da mesa de Natal.

3. Produza ceias de natal personalizadas

Personalização é o que há quando o assunto são comidas para o Natal para investir. E isso vale desde os pratos à embalagem e extras que fazem parte da ceia.

Desde fazer os pratos do jeito que o seu cliente gosta, seja uma carne bem passada, uma calda doce mais generosa, a enviar mimos manuscritos por você, fazem parte dessa jogada de vendas.

Na embalagem, invista em cartõezinhos natalinos escritos à mão e desejando votos de prosperidade e união. Também, vale fazer algum extra de comida, como petiscos, como um brinde para superar as expectativas do seu público!

4. Invista em receitas de carne para o Natal

Carnes para ceia de Natal não devem se limitar a um peru recheado ou fatiado, com batatas. Por isso, vá fundo e inove com pratos de carnes mais incrementados, para atrair mais clientes e vender melhor nesse final de ano.

Para começar, você pode aproveitar o tradicional peru, e dar um toque totalmente novo ao seu recheio. A farofa de frutas, que leva banana, damasco e figos secos, é uma ótima harmonização com o sabor do corte.

Por exemplo, você pode também fazer uma ceia farta apostando naquele que será seu prato de Natal para vender para grandes famílias! Isso pede um prato como o leitão assado, o que acha? Não é difícil de ser temperado e tem o diferencial de ser uma carne que sempre fica macia e suculenta.

No acompanhamento, vá de cuscuz marroquino, uma massa típica do Oriente Médio que é bem suave e acompanha brilhantemente a carne suína.

5. Foque em combinar temperos com carnes

Cada carne expressa o seu melhor sabor quando é temperada com os ingredientes certos. E essa harmonização de sabores deve ser um dos seus principais destaques das comidas de Natal.

Se você vai fazer peru, a expert Estela Whitaker ensina a usar vinho branco, suco de laranja, alho, algumas folhas de tomilho e um pouquinho de pimenta-do-reino.

Já para o leitão, a chef faz um preparo de salsa picada, suco de 2 limões, cebolas picadas e sal.

Você aprende a fazer esses pratos de leitão assado e peru, neste curso dedicado a temperar diferentes tipos de carnes!

Se você pretende acrescentar alguns pratos de carne bovina em suas comidas para o Natal, como um contrafilé ou um filé mignon, pode usar molhos à parte. O chimichurri é bastante saboroso e agrada aos paladares que gostam de comidas picantes.

Para frango, por exemplo, você pode usar temperos de colorau, alho picado, mostarda e mesmo suco de laranja. A dica aqui é deixar essa carne marinar por 1h, para pegar bem o sabor e o caldo, já que aves são carnes magras.

6. Aproveite as sobras para fazer pratos incrementados

Em seu negócio de vender comidas para o Natal, é inevitável que sobrem algumas porções, por mais que você saiba calcular a quantidade de alimentos para a quantia de pessoas.

Assim, você deve ter algumas receitas que são truques na manga, que além de aproveitar as sobras dos alimentos, vão garantir novos pratos na ceia para venda.

Veja abaixo os pratos que podem ser feitos com vários dos ingredientes das mais tradicionais receitas que indicamos nesse post:

  • arroz: faça bolinhos de arroz, eles rendem muito bem e são um sucesso à mesa;
  • frango: desfie a ave, acrescente cebola picada e leve-a à frigideira para refogar, por fim, acrescente salsinha;
  • leitão: aproveite as sobras de carne suína, desfie e frite-as com azeite e cebola em rodelas. Você pode ainda fazer lanches com esse prato que rende bastante e é uma ótima entrada;
  • verduras: se você usar rúcula ou espinafre em algum preparo de salada, e sobrarem folhas, pode usá-las para recheios de massas com panquecas e lasanhas. Adicione queijo e isso renderá boas vendas com o público vegetariano.

7. Ofereça sobremesas diferentes e geladas

As sobremesas têm espaço reservado nas comidas para o Natal, e você deve investir nelas para faturar bem, durante o final de ano.

Bolos de frutas não podem faltar para vender. Então, que tal fazer um bolo de frutas cristalizadas e que leva rum, que tem um ar de requinte primordial para o seu negócio de final de ano?

Além dessa versão de luxo de um dos bolos mais famosos da época, faça também sobremesas geladas, que agradam ao momento com gostinho de quero mais. O naked cake de frutas vermelhas é uma perdição nesse aspecto e vai fazer muitos clientes pedirem mais quando provarem.

Nesse curso da expert Edivânia Reis, você aprende esses e outros bolos e tortas como o bolo de chocolate com champagne.

Além de aprender as melhores técnicas desses doces, a profissional ainda ensina como conservar os seus alimentos e a precificar e calcular o preço de venda de receitas. Demais, não?

8. Sempre prepare saladas agridoces e diferentes

Para trazer todos à mesa e começar a ceia, você deve investir em saladas que vão conquistar os seus clientes log na primeira garfada.

Seguindo as comidas para o Natal, o melhor para uma época em que o calor é de lei, é fazer pratos geladinhos. E se você juntar isso com um sabor agridoce, que é bem propício ao momento, fica ainda melhor.

Nessa linha você pode apostar em saladas de folhas verdes com alface, com pedaços de manga, que ficam uma delícia e garantem muitas vendas.

Aproveitando a mesma fruta e com um toque mais requintado, o chef Jurandyr Afonso ensina em um curso completo de ceia de Natal, como fazer uma bela salada tropical.

O prato leva manga, pedacinhos de peito de chester e batatas, simplesmente vai vender muito.

9. Inclua receitas saudáveis no cardápio de comidas para o Natal

Uma tendência de mercado que continua crescendo é a de alimentação saudável, e você deve aproveitá-la para incluir pratos assim em suas comidas para o Natal.

Já pensou em servir um salmão com molho de maracujá? E um peito de peru com farofa de banana? Pois bem, esses pratos farão sucesso pela criatividade e pelo colorido, além de claro, do sabor muito fresco.

Inclua esses e outros pratos da entrada à sobremesa, para vender em suas comidas para o Natal.

Venha aprender a fazer esses e outros pratos saudáveis na ceia de Natal, com a chef Carla Elage!

Além de caprichar nos pratos de linha saudável, você deve também oferecer uma linha de ceia para quem tem restrições alimentares. Diabéticos vão se deliciar à vontade com biscoitos sem açúcar.

10. Crie biscoitos decorados

Bonecos de neve, estrelas, guirlandas, árvores de Natal. Todos esses e muitos outros símbolos da data comemorativa podem ser oferecidos em biscoitos e doces personalizados.

biscoitos-decorados-de-natal

Esse trabalho de cake design é perfeito para dar uma marca original e de muita qualidade para as suas comidas para o Natal. As receitas são simples e o toque final fica por conta das decorações, que acrescentam uma cara colorida e muito sabor às guloseimas.

Além disso, os biscoitos decorados são uma excelente opção para você oferecer como lembrancinhas!

No curso da cake designer Claudia Thomaz, você aprende a fazer um monte de doces que vão compor bons e bonitos pacotes de vendas para o Natal.

biscoitos-decorados-de-natal

11. Entradinhas e petiscos devem ser parte essencial de sua ceia para venda

Aquele momento em que todos se espalham pela casa para beliscar quitutes é sagrado. Sendo assim, faz todo o sentido preparar entradinhas e petiscos para vender nessa época.

Portanto, pratinhos quentes e frios são essenciais. Então, brusquetas e torradas caseiras e temperadas são algumas opções. Além delas, mini pratos como o escondidinho de bacalhau é perfeito, além de pedacinhos de pernil no palito.

“Para nós termos um produto final com qualidade e muito sabor, nós precisamos dar prioridade para os alimentos na sua sazonalidade. Assim, nós teremos banquetes incríveis”, dá a dica a expert em petiscos Gil Gondim.

Aprenda a fazer muitas entradas para a ceia de Natal, com a chef especializada Gil Gondim, que ensina muitos pratinhos frios e quentes para o deleite de seus clientes!

12. Dicas extras para arrasar nas suas vendas

Como dicas extras para você vender muitas comidas para o Natal e lucrar bastante, atente-se para o peso dos alimentos. Ou seja, calcular quanto é preciso pesar de cada produto em média, pensando no consumo “por cabeça”.

Veja uma calculadora digital para calcular quanto você deve calcular de cada alimento pensando na quantidade de pessoas que vão participar da ceia de Natal!

Com fazer os seus pratos quentes e gelados, doces e salgados continuem com a mesma qualidade até chegarem à mesa dos seus clientes? É imprescindível entender regras básicas para armazenagem, congelamento e descongelamento.

Uma ideia extra para as suas comidas de Natal venderem bem, é fazer algum tipo de artesanato e incluir com diferencial. Cestas de madeira, vime, toalhinhas e embalagens personalizadas, escolhidas a dedo e montadas por você, garantem aquela primeira impressão perfeita aos seus clientes.

Fazer tudo isso vai agregar mais valor às suas comidas para o Natal, e cada investimento de tempo e dinheiro nessas receitas serão muito bem revertidos em lucro. O melhor? Você vai ser a primeira opção de ceias de Natal no próximo ano.

Gostou desse conteúdo e gostaria de ampliar seu conhecimento no mercado de alimentos? Conheça nosso portfólio completo de cursos na área da gastronomia! Por meio da nossa plataforma, você terá acesso a uma grade completíssima para se especializar ainda mais e tornar seu negócio ainda mais lucrativo.

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!