Bolos de pasta americana: guia completo de como fazer!

Já iniciou os seus estudos e prática com a massa famosa por ter um aspecto de perfeição? Pois, então, agora é a sua hora de aprender a como criar bolos de pasta americana incríveis, usando as melhores técnicas e dicas de experts nesse mercado de confeitaria. Você certamente vai subir vários níveis e faturar mais depois de ler este artigo!

Massa, pasta americana ou aquela cobertura tão perfeita que parece de mentira. O fato é que essa categoria de coberturas exige conhecimentos prévios de confeitaria. Assim, ela fica prática de trabalhar, linda e, claro, muito saborosa. A combinação ideal que vai atrair muitos clientes, e eles vão virar fãs das suas guloseimas.

Ainda não trabalhou com pasta americana? Vem conferir o curso para iniciantes, com a expert Ana Elisa Salinas!

Para festas infantis, casamentos, festa na caixa e muito mais. Você aprenderá tudo sobre como fazer bolos de pasta americana, neste post com um guia completo sobre essa arte da confeitaria!

bolos-em-pasta-americana

Como preparar bolos de pasta americana

Para começar nessa arte que já conquistou as festas infantis – e que tem os bolos decorados como seu carro-chefe – existem vários passos de preparo. Vamos ver?

Preparar a bancada

Tudo tem o seu começo e, para garantir que tudo vai ser feito com facilidade e segurança de que vai dar certo, você deve começar preparando a sua bancada.

Dê preferência para fazer as suas massas doces em uma bancada de mármore, granito, ou em cima de uma placa antiaderente. Ao escolher usar uma dessas bases de apoio, que devem ser bem sólidas, sempre a limpe com álcool, para esterilizar a área.

Passar gordura nas mãos

A expert Ana Elisa Salinas dá a dica para trabalhar com bolos de pasta americana de forma fácil. “Trabalhe com as mãos com gordura vegetal, e sempre que a mão começar a secar, passe mais gordura, para facilitar a manipulação da massa.”

Polvilhar a bancada

Com a bancada e as mãos prontas, é hora de começar. Antes de colocar a massa à mesa, faça uma trouxinha com um paninho ou tecido bem poroso, e coloque amido de milho ou açúcar impalpável dentro. Você deve polvilhar a superfície para que a massa não grude.

Veja abaixo o vídeo com a expert Ana Salinas mostrando na prática as melhores formas de preparar a pasta americana:

Sovar até o ponto ideal

A pasta americana é feita de gordura, açúcar vegetal e gelatina. Uma mistura que exige de você sovar bastante para que ela fique homogênea e com a textura ideal.

Com um bom pedaço de massa separada, é preciso sová-la bastante. E, assim que ganhar o formato de bola e a textura da pasta finalizada em cima do bolo, é hora de abri-la.

Passar o rolo na massa inteira

Aqui, quando mais pesado for o rolo usado, melhor. A dica da Ana Elisa para abrir a massa é fazer uma ida e uma volta com o rolo, virar a massa em sentido horário, e passar o rolo de novo. Isso deve ser feito metodicamente até a pasta ficar toda aberta.

Não há padrão de espessura para a massa. Mas, entre 4mm e 5mm está ideal para que ela não se rompa porque está fina, e nem fique pesada e grosseira.

“Cuidado com massas muito finas. Ela dá o efeito de “filmar o bolo”, que faz aparecer a camada, o recheio e defeitos, e não é legal”, fala Salinas.

Alisar a pasta americana no bolo

Depois de aberta, a massa deve cobrir o bolo, e isso deve se feito com as suas mãos primeiramente.

Porém, para acomodar a pasta e dar o aspecto perfeito, use uma espátula alisadora. Ela deve ser passada em toda a superfície de cima do bolo, em movimentos circulares.

Nas laterais, faça movimentos na vertical. Depois que der esse acabamento, é só passar uma faquinha de lâmina bem fina, para remover o excesso.

Dicas para trabalhar com bolos de pasta americana

Trabalhar com bolos de pasta americana é exigente quanto a você ter que seguir várias dicas e truques, para não cometer erros que acabam com a qualidade da sua massa. E você vai descobrir vários desses segredos agora!

Sovar bastante

Basicamente, para ter um resultado excelente de bolos de pasta americana, você deve sovar muito a massa. O motivo é que o calor da sua mão vai fazer com que a gordura da pasta aqueça e fique mais elástica — essencial para manipulá-la.

Trabalhar com pasta americana pronta

Sempre melhor trabalhar com uma pasta americana pronta, ao invés de fazer a sua em casa.

Dividir a massa

Fracione a pasta em pedaços menores, para facilitar a sua manipulação. Pedaços muito grandes são mais pesados e vão dificultar tanto sovar quanto abrir com o rolo.

Seguir proporções

Um bolo de pasta americana com aro de 20cm, precisa de 750g de pasta americana, em média. Ou seja, cada diâmetro deve ter a sua proporção para ser coberta, sem faltar ou desperdiçar massa. Afinal, você tem seus custos e deve lucrar.

Não exagerar no açúcar impalpável

Não exagere na hora de colocar açúcar impalpável na mesa, para abrir a massa, pensando que vai ajudar. Ele só vai tornar a sua pasta mais seca.

Veja aqui mais um monte de dicas espertas para trabalhar com bolos de pasta americana!

Passar o rolo sempre por toda a massa

Nunca passe o rolo só ao meio da pasta. A peça deve ir e voltar com força, para que a massa se estenda e fique na mesma espessura em toda a sua área, e não comas bordas “gordas”.

Impedir bolhas de ar na massa

Se caso algumas bolhas se formarem na massa durante a abertura na mesa, fure-as com um alfinete e passe o rolo de novo. Durante a aplicação no bolo, também estoure as bolhinhas de ar e, em seguida, passe a empenadeira bem rápido.

Ter muita agilidade

Se você não trabalhar rápido, na hora de abrir e cobrir o bolo, a pasta americana racha. Então, tem que ter agilidade, paciência e, ao mesmo tempo, muita delicadeza.

Na hora em que você finalizar a sua cobertura, é preciso alisar as laterais do bolo. Esse momento é considerado delicado dos bolos de pasta americana. Por isso, se ela rachar, não se desespere!

Essa é a sua primeira de muitas tentativas, e isso é um aprendizado. Com a prática, você vai melhorar cada vez mais e vai fazer bolos de pasta americana muito lindos e gostosos.

Não apertar a massa com os dedos

Não aperte a massa com os dedos, como se fosse uma massa de pão. A pasta americana é homogênea e deve ficar o mais lisa possível, para garantir aquela aparência linda quando montada no bolo.

Além disso, sovar e manipular sem apertar com os dedos, e sim com as mãos, evita bolhas na massa, que podem acabar com a textura da pasta, e rompê-la depois de pronta no bolo.

Moderar o recheio do bolo

A especialista em bolos de pasta americana, Ana Elisa Salinas, dá a dica sobre a quantidade ideal de recheio do bolo, que fica entre a massa e a pasta americana.

“Quanto mais cola, menos cola. Ou seja, quanto maior a quantidade de cola (recheio), menos vai colar. O excesso de recheio do bolo vai virar uma “pista de patinação” para a sua pasta americana, e ela vai deslizar. Então, essa camada tem que ser finíssima.”

Como modelar a pasta americana em vários formatos

Há vários tipos de modelagens de formatos inusitados que os bolos de pasta americana aceitam. Um diferencial de trabalhar com um produto que vai trazer ainda mais versatilidade e possibilidades ao seu negócio.

Botão de flores

Para fazer flores de pasta americana, você vai precisar de massa verde para flor, que é um pouco mais seca e dura do que a pasta americana para a cobertura do bolo. Se preferir, pode usar massa branca, mas, ela deve ser tingida no tom verde, com corante líquido.

Também vai precisar usar um arame número 22, para servir de apoio e dar a rigidez a sua flor de pasta americana.

Para fazer o botão, basta fazer uma bolinha de pasta verde, e sovar bem. Para colar o arame na pasta, lembre-se de passa-lo na água, ou usar um pincel molhado e pincelá-lo.

Depois, como se estivesse fazendo um cotonete, pressione a massa no arame, e espere secar. O expert em modelagens em pasta americana, Ramon Serpa, diz que “é preciso uma média de 48h para secar totalmente”.

Como é um tempo longo, o ideal é que você separe um dia da semana apenas para fazer essas modelagens de botão e flor para bolo de pasta americana. Assim terá muito mais produtividade.

Em seguida, com uma faquinha, faça marcações de cima para baixo aleatórias, no botão. Isso vai simular uma planta de verdade com mais realismo.

Pétalas

Para modelar pétalas, separe massa rosa e sove-a bastante. Com o rolo, você deve abri-la, mas não muito fina. Assim, você consegue dar uma boa textura a ela, tanto para estética como principalmente para trabalhar, que é melhor.

Ramon Serpa dá a dica sobre um erro comum na hora de fazer pétalas de massa. Ele indica não as cortar em cima de uma placa antiaderente, porque a massa começa a grudar nessa superfície. Portanto, corte em cima direto da bancada.

Para fazer o formato de pétalas, use cortadores com molde tipo “gotinha de chuva”, um de cada tamanho.

Depois que a massa estiver aberta com o rolo, corte-a sempre em números iguais, tipo 6 ou 8, um de cada tamanho. Isso vai simular uma flor de verdade, tal como ela é cheia de camadas de pétalas.

Basta prender o botão em um palito, que deve ser de preferência, de bambu, e ir colocando as pétalas, uma a uma. “Quanto mais pétalas, mais volume você dá para a florzinha”, explica Ramon.

A cor mais expressiva das pétalas fica por conta de corante, que deve ser aplicado com um pincel bem macio, apenas nas pontas de cada pétala.

Braços de cactos

Os bracinhos de cactos são usados em bolos de pasta americana com o formato da famosa planta originária de regiões desertas.

Apoios para fixar

Para fazê-los, o bolo precisa ter apoios nas laterais, de parafusos de diâmetro grosso, entortados e fixos em bases de madeira. A direção deles deve ser a mesma do braço pronto, ou seja, para cima.

Com massa para flor tingida de verde, é preciso colocar um pouco de CMC, que é um secante específico para bolos de pasta americana. Com um pincel, passe só um pouco na pasta.

“Coloque o CMC de pouquinho em pouquinho, porque uma hora ele vai começar a endurecer a massa e você não vai mais conseguir mexer nele”, fala Ramon Serpa.

Faça um formato de “coxinha” com a massa, mas alongado. Sempre coloque ao lado do parafuso, para ver se ela o preenche sem muita sobra ou se falta espaço para cobrir.

Para colar o bracinho no parafuso, basta passar o pincel com água nele, fazer um furo na massa, com uma esteca redonda, e encaixar até o final. Depois, para dar o acabamento, passe-a no bracinho, para fazer que ele pareça mais real.

Boneco

Para fazer um boneco, uma das modelagens mais detalhistas de bolos de pasta americana, é preciso ter um molde. Você pode baixar o seu na internet, de acordo com o personagem que quer fazer.

É interessante que você comece com figuras mais simples, para pegar a prática com a modelagem desse padrão.

A massa para esse formato deve ser dividida em 50% de pasta em cor de pele branca e 50% de massa para flores, sem cor.

Braços e pernas

Essas partes do boneco devem ser divididas em tamanhos iguais, então, depois que fizer a bolinha de massa, basta cortá-la exatamente ao meio, com uma faquinha.

Enrolando a massa com as mãos, para dar um formato cilíndrico, sempre coloque a massa em cima do molde, para ver se ela fica do mesmo tamanho. Não tem problema se uma perna ficar mais fina do que a outra.

Pés

Para fazer os pezinhos, dê pequenas “beliscadas” no final da perna, até chegar ao formato mais próximo de um pé. Aproveite e faça os joelhos, apertando um pouco, o meio das pernas, e dando mais volume ao centro.

Cabeça

A cabeça sempre deve ser feita por último. Você deve sovar a massa e fazer uma bolinha, e então, passar o dedo no meio dela, fazendo tipo um feijão, assim você dá a forma da testa e bochecha.

Olhos

Com as pontas dos dedos indicadores, você vai fazer as cavidades dos olhos, e com a esteca arredondada, o nariz. Não precisa colocar muita força nessa parte.

Depois, deve fazer uma bolinha de massa branca e cortar ao meio, esses serão os olhos. Eles também devem receber massinha marrom, preta e branca, ficando em 4 níveis. Essa última bolinha branca, bem minúscula, é o “brilho do olhar”.

Boca

A boca deve ser feita com uma esteca de ponta, bastado passa-la com um pouco de força. A expressão é você quem decide: pode fazer de feliz, assustado, com a boca para o lado, entre outras.

Se você quiser fazer personagem mulher, deve preparar uma “serpentina fina” com a massa, e coloca-la nos lábios, para dar mais expressão.

Sobrancelha

Fazer como se fosse um lábio, ou seja, sovar uma bolinha bem pequena e bolear para fazer uma “serpentinha”.

Orelhas

As orelhas do seu bolo de pasta americana devem ser na altura da linha do nariz, para dar equilíbrio visual. Assim com os olhos, depois de sovar uma bolinha, você deve cortá-la ao meio e fazer duas bolinhas de novo.

Para dar a forma de orelha, basta usar a esteca de ponta e passar suavemente na massa já colada à cabeça.

topo-de-bolo-em-pasta-americana

Boas práticas para ter sucesso com a pasta americana

Para fazer com que os seus bolos e pasta americana tenham ainda mais sucesso, é preciso seguir algumas dicas desde a confecção, até suas vendas.

Olhe as dicas para ter sucesso garantido na fabricação dos seus bolos:

  • por ser feita com gordura e açúcar vegetal, a pasta americana deve ser usada na hora. Portanto, evite levá-la à geladeira ou freezer, pois, vai perder sua estrutura original, afetando sua textura, sabor e aparência;
  • sê preferência para usar pincéis de silicone para aplicar a água e corantes em pó, nos seus bolos de pasta americana. Esse material não solta pelos e é mais macio, o que não vai prejudicar a textura e aparência da sua massa;
  • tenha vários saquinhos de plásticos que garantam ótima vedação, para caso tenha que guardar a sua pasta americana na geladeira por um tempinho;
  • use uma espátula de silicone para espalhar a ganache de chocolate em volta do bolo, e dar aquela textura super lisa, que vai garantir maior aderência da sua pasta americana;
  • dica de ouro: sele o bolo com chocolate meio amargo, e espere que ele seque, assim, ele vai ter ainda mais firmeza na hora de cortar, garantindo aquele pedaço lindo e perfeito aos olhos dos seus clientes;
  • atente-se à superfície do bolo, para que ele não tenha furinhos ou bolhas — elas prejudicam na hora de colar a pasta americana;
  • sovar a pasta americana nunca é demais, portanto, não tenha medo de fazer isso, pois quanto mais, melhor ela ficará;
  • prefira sempre sovar e preparar a sua massa, em uma mesa ou superfície de granito, mármore, ou mesmo madeira revestida de fórmica. Evite usar bancadas de inox, pois o material interfere na cor da pasta;
  • coloque bastante força na hora de sovar, pois, essa é uma etapa crucial para que a sua massa fique homogênea e linda.

Veja aqui mais uma série de dicas para trazer o melhor aos seus bolos de pasta americana!

Confira as melhores dicas para montar e alavancar o seu negócio de vendas de bolos:

  • o seu negócio precisa ser online mais do que nunca, então, faça as redes sociais do seu comércio, tire boa fotos e anuncie. Não se esqueça de distribuir suas ofertas, para a sua rede de amigos e familiares, no WhatsApp;
  • trabalhe o delivery, investindo em cadastros em apps de entregas, ou mesmo, tenha o seu próprio serviço, seja entregando de automóvel ou motocicleta;
  • ofereça várias formas de pagamento, como débito, crédito e o tradicional pagamento em dinheiro ou por transferência;
  • higienize sempre os seus produtos e divulgue isso constantemente, e mostre que você trabalha seguindo as melhores práticas de higiene de trabalho, que isso vai te ajudar a vender mais bolos de pasta americana.

Como desafiar a gravidade com bolos de pasta americana

Bolos de pasta americana são um mundo à parte na confeitaria. Eles podem ir muito além de apenas serem feitos no tradicional formato redondinho, desafiando a gravidade em formatos e estruturas inusitadas.

Veja abaixo como a especialista Ana Salinas transforma bolos em obras de arte que flutuam:

Para fazer maravilhas na confeitaria de bolos de pasta americana, com a Ana, você deve caprichar além do bolo, meu uma base bem sólida.

Montar a estrutura

Feita com tarugos de madeira em diâmetros muito parecidos com cabos de vassoura, são eles que sustentam os bolos pendurados em posições que desafiam a gravidade.

O segredo do reforço na base que segura os bolos, é que essas madeiras cilíndricas têm um parafuso ao meio, que é rosqueado para garantir a firmeza à peça. Portanto, não tenha medo de colocar bolos pesados, pois eles aguentam bastante.

Investir nas proporções da madeira

A madeira que vai sustentar o bolo de pasta americana pendurado, tem que ter altura igual à do seu bolo. Isso vai te garantir transportar o doce aonde quiser, com segurança, sem o risco de ele cair, ou mesmo escorregar e sair da posição.

Começar com bolos menores

Para se aventurar nessa arte de ir contra a gravidade, o ideal é começar com bolos de pasta americana mais leves e de tamanhos menores, para treinar. Conforme você pegar mais prática, pode adotar medidas e pesos maiores.

Decorações especiais para bolos de pasta americana

Além dos bolos de pasta americana, a composição desse tipo de doce também pede decorações especiais à altura.

E, como a massa é bastante versátil, ela abre possibilidades de você fazer praticamente qualquer decoração para o bolo, seja para colocar encima dele ou ao seu redor.

Rosas

Para fazer a decoração em formato de rosas, só é preciso da pasta americana na cor que desejar, mas, se quiser, você pode misturar massa para flor.

Ana Salinas dá a dica nessa hora: “Não use a massa de flor, pura, porque ela tem uma elasticidade muito grande, e atrapalha a sua manipulação.”

Nessa decoração de bolos de pasta americana, a expert trabalha com uma proporção de massas meio e meio ou a massa pura. Então, fica ao seu critério usar uma dessas bases.

Para fazer a rosa, é bem simples, basta fazer uma “coxinha” com a massa e, com as pontas dos dedos, puxar um bico. Essa parte deve ser afinada e ficar em formato de pétala aberta.

Essa parte mais fina será a pétala que vai fechar o bico da massa, sem que ele apareça. Então, você deve fazer as outras pétalas com o mesmo método. Sempre molhando a sua mão com gordura, para não grudar.

Flores

Para outras flores, mais trabalhadas, use massa branca apenas, pois, ao final, você dará o efeito de cor, com o corante pincelado. Assim, a sua produtividade aumenta.

Comece por fazer uma bolinha e faça-a em formato de gota depois. Corte-a no centro, mas só um pedaço, e não inteira. E, assim por diante, com cada pedaço que vai se abrindo, você deve cortar essas metades. A cada corte, todas as pétalas serão feitas.

Quanto mais cortes você fizer, mais pétalas se abrirão. Terminadas, para fazer o botão da flor, pode usar uma massa amarela ou de outra cor. Basta sovar uma bolinha pequena e encaixá-la, passando o pincel com água, ao meio.

Pirulitos decorados de borboletas

Perfeitos para festas infantis e aniversários, os pirulitos decorados com borboletas em pasta americana são simples de fazer.

O que você deve ter pronto antes de começar nesse formato, são biscoitos prontos em formato de borboleta, espetados no palito. Eles serão a base para aplicar a pasta.

Então, com uma pasta americana tingida de rosa, já aberta, basta fazer as forminhas de borboleta, com os cortadores nesse molde. Você deve ter dois deles, um de tamanho maior e outro menor, pois essa decoração será feita em relevo.

“Para não desbotar, use o corante em pó, ao invés do líquido”, fala o professor Pedro Saulo, em seu curso de pirulitos decorados, na eduK.

O destaque desse decorado para acompanhar os bolos de pasta americana, é que as asas aplicadas em cima da borboleta apoiada no biscoito, parece que bate.

Já o corpo da borboleta deve ser feito em glacê, e aplicado com uma bisnaga própria de confeitaria, bem devagar.

Cupcake de suculenta

Essa decoração traz a beleza dessas plantinhas para a festa dos seus clientes, e pode tanto ser usada em cima de bolos de pasta americana quanto espalhada pela mesa.

Para fazer as suculentas você deve usar pasta americana verde. Já para dar uma aparência roxa à elas — algumas suculentas ficam com esse tom ao sol — pode pincelar corante marrom, bem de leve, nas pontas.

As suculentas para bolos de pasta americana são como as borboletas, ou seja, precisam de forminhas para ficarem no molde certo. A dica do Ramon Serpa em sua aula de cupcake de suculenta, é de usar um cortador de flor de 5 pétalas.

Mais uma dica do expert, é usar um cortador ejetor, que ajuda muito na hora de soltar a sua pasta americana no formato ideal, sem o risco de quebrá-la.

Novos formatos, diversas texturas e possibilidades com a pasta americana

Como a pasta americana é muito versátil, você ainda poderá fazer logo depois que aprender a manipular esse alimento, outros formatos, texturas e possibilidades. Algumas inclusive, criadas por você.

Textura de madeira

A pasta americana com textura de madeira é uma das casadas que a mestre Ana Elisa ensina em seu curso exclusivo sobre a decoração para bolos de pasta americana.

Nas aulas, ela mostra como você pode dar a aparência de uma madeira crua e rústica, aos seus bolos. O interessante é que nessa versão, a massa vai além das texturas lisas coloridas ou neutras, que mostramos neste post.

Decorações vintage

Esse estilo de decoração é ensinado pela especialista Susana Martínez Zepeda, que traz em 3 módulos rápidos, técnicas para elevar a sua pasta americana a um estilo fino.

Bolos em estilo de mesa de chá, com xícaras decoradas lembrando porcelana, bolo de pássaros e bolos vintage, que parecem ter saído de um conto de fadas, compõem as aulas.

Decoração em ponto cruz

O tradicional ponto cruz, ícone da costura de mesa, é reproduzido em decoração para bolos de pasta americana, pelas mãos do professor Weslley Benvenuto. O profissional ensina como unir o glacê à massa, em criações que vão além.

Novas tendências e mercados de pasta americana

O mercado de alimentação saudável está em alta. Só no Brasil, ele cresceu mais de 90% de 2009 a 2014, de acordo com uma pesquisa da Euromonitor. O que abriu portas para muita gente, como você, começar a investir nesse segmento, com produtos artesanais, doces e salgados.

E, os bolos de pasta americana também têm seu espaço dento desse mercado, e você deve aproveitar as tendências da área.

Algumas outras tendências em modelagem e decoração para bolos incluem o uso do papel de açúcar ou de arroz, que atende aos públicos vegano e vegetariano.

Outra tendência que está em pleno crescimento na área de decoração para bolos, são as feitas em pasta de feijão, também conhecida como bean paste.

Aprenda a fazer lindas rosas com esse produto, nas aulas na expert Amélia Lino, pioneira no Brasil, nesse estilo.

Também, seguindo a alimentação saudável e aproveitando a maior demanda de festas infantis na caixa, que nesse período de pandemia subiram, você deve investir em papel de arroz.

Essa técnica alia o melhor dos bolos de pasta americana, com a versatilidade de usar qualquer tema infantil em aplicações com o papel comestível.

Saiba como aplicar o papel de arroz sem complicação, com a chef Silvia Branconaro, nesse curso que une os bolos infantis à técnica de sucesso em vendas!

E aí, gostou desse guia completo? Então, veja todos os cursos que a eduK tem sobre pasta americana e se torne um expert também!

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail!