cobertura cremosa

  Aprenda agora mesmo a fazer uma cobertura cremosa perfeita!

As confeitarias estão cheias dela e as pessoas se deliciam com as imagens e vídeos que os profissionais postam nas redes sociais. Estamos falando da cobertura cremosa, a nova “cereja do bolo” adotada pelos confeiteiros mundo afora.

Para que você conheça melhor essa técnica e prepare receitas incríveis, conversamos com a chef Dani Barreto. A seguir estão as dicas passadas por ela sobre as coberturas cremosas, em especial o chantininho. Confira!

Como a cobertura cremosa virou tendência na confeitaria brasileira?

Antes eram as pastas americanas e o famoso glacê mármore que reinavam nas confeitarias, porém, agora é o momento das coberturas cremosas. De acordo com Dani Barreto, elas vieram com força e para ficar, pois são fáceis de preparar e não exigem tanta técnica de aplicação.

Ela também faz sucesso por deixar qualquer bolo, ou outra sobremesa, com uma apresentação bonita e com aquele aspecto chamativo para todo mundo desejar um pedaço! Esse tipo de cobertura garante o charme necessário para dialogar com todos os momentos, desde um simples café da tarde até uma ocasião mais especial.

Quais são os tipos de cobertura cremosa?

Outro fator positivo em relação à cobertura cremosa é que existem inúmeras possibilidades para prepará-la. Nesse sentido, o confeiteiro pode usar a sua criatividade e inovar não só nos ingredientes, mas também na apresentação final dos bolos e das tortas. A seguir, citamos alguns dos tipos mais utilizados.

Cobertura cremosa para bolo de limão

Essa é uma cobertura que ajuda a equilibrar os sabores e dar mais elegância ao bolo de limão. Você só precisa de leite condensado, creme de leite e suco de limão! Além disso, vale a pena levar à geladeira para deixar a consistência mais firme.

Cobertura cremosa para bolo de cenoura

O famoso bolo de cenoura com cobertura de chocolate é o preferido de muitas pessoas — especialmente quando é um bolo caseiro. Para um resultado perfeito, basta utilizar açúcar, achocolatado em pó, leite e manteiga. A cobertura cremosa estará pronta para fazer todo mundo lamber os dedos!

Cobertura cremosa branca

Sem segredos, essa é uma opção versátil e simplesmente feita com brigadeiro branco caseiro. A margarina, o açúcar e o leite condensado, quando batidos juntos, dão uma textura diferenciada à cobertura, com a firmeza necessária para enfeitar o bolo de seu interesse.

Cobertura cremosa de coco

Outra cobertura famosa é a de coco, feita com ingredientes simples — leite, coco ralado e leite condensado. Além de deixar a textura bonita e com aquele toque caseiro, também adiciona um sabor especial às receitas.

Ganache de chocolate

Quem é que não ama um bolo com cobertura de ganache? O chocolate é um sabor que encanta a maioria das pessoas, portanto, vale a pena investir nesse tipo de cobertura cremosa para não errar. A fim de incrementar o sabor, utilize o chocolate meio amargo e, até mesmo, outros ingredientes, como mel ou rum.

Cobertura cremosa de brigadeiro com café

Mais um tipo de cobertura cremosa que faz sucesso por despertar o paladar: a mistura do brigadeiro com o leve toque do café. A receita é a mesma do brigadeiro comum, mas, além dos ingredientes tradicionais, adiciona-se uma pitada de café para deixar um gostinho marcante.

Qual é a relevância da técnica para os negócios de confeitaria?

A cobertura cremosa tem chamado muito a atenção do público e das confeitarias devido a sua praticidade e sabor. De acordo com Dani Barreto, ela agrada à maioria, principalmente quando comparada ao sabor e à textura da pasta americana, por exemplo. Afinal, muita gente não gosta tanto de comer essa cobertura, que é mais firme e menos saborosa.

A especialista ainda aponta outro fator positivo em relação às coberturas cremosas, que é o menor grau de dificuldade tanto no preparo quanto no manuseio. Dependendo do estilo do bolo, é possível deixá-las mais jogadas e assimétricas, de um jeito despojado. Além de soar naturalidade, aplica mais sofisticação e elegância às receitas, sem abrir mão da simplicidade.

Quais são as novidades do mercado de coberturas cremosas?

Se você gosta de vender bolo e quer apostar ainda mais em confeitaria, saiba que gastronomia e fonte de renda andam hoje de mãos dadas! Além de todas as alternativas citadas, também é interessante conferir as novidades do mercado, como o chantininho, que divide espaço com o buttercream, o ganache e o brigadeiro gourmet ao ponto para cobertura.

Em todas as opções, o maior segredo é respeitar a temperatura pedida em cada receita, bem como as quantidades exatas dos ingredientes e a ordem correta de preparo. Dani Barreto ainda ressalta que é melhor medir tudo em gramas, para evitar equívocos na hora de fazer as suas coberturas cremosas.

Como bater um chantininho perfeito?

Já que o chantininho é a tendência do momento, resolvemos elegê-lo como o principal tipo de cobertura cremosa para você apostar em seus confeitos. O creme é feito de chantilly e leite ninho, por isso tem agradado tanta gente — unindo a consistência ideal da cobertura e o sabor incomparável proporcionado pelo leite em pó à receita.

Geralmente, pode ser usado creme vegetal, leite condensado e leite ninho, contudo, ainda é possível produzir uma cobertura vegana, para ampliar ainda mais as chances de conquistar novos públicos. Para isso, basta substituir o leite condensado pelo próprio creme vegetal e o leite ninho por leite em pó vegetal.

Para conseguir a textura perfeita do chantininho, Dabi Barreto ensina que é preciso respeitar a temperatura, mantendo o creme vegetal bem gelado. Por isso, é importante cuidar de seu armazenamento desde a compra até o momento de produção da cobertura.

Já nas receitas com finalidades diferentes, como bolos ou cupcakes, que vão ficar por mais tempo em temperatura ambiente, pode ser acrescentada a gelatina sem sabor. Assim, ela seca depois de pronta e deixa a cobertura cremosa mais resistente e durinha. Se quiser deixá-la colorida, é só adicionar corante alimentício em pó ou em gel.

Independentemente da cobertura cremosa escolhida, é importante se profissionalizar e buscar especializações constantes. Dessa forma, você aprimora a prática e descobre mais técnicas e tendências para aplicar em suas receitas. Esse cuidado, junto à organização e outros aspectos essenciais, complementa a qualidade de seus trabalhos e favorece mais ideias para ganhar dinheiro!

Já conhecia o chantininho? Quer colocar o que aprendeu em prática com as dicas da Dani Barreto? Não deixe de nos seguir nas redes socais para ter mais dicas assim: estamos no Facebook, no Instagram, no Pinterest e no YouTube!

Receba nossas dicas e conteúdos gratuitamente diretamente em seu e-mail!

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.